08 mar 2013

Vencer o “clássico indígena” para voltar ao G-4



Atualmente na quinta colocação do Campeonato Mineiro, o Tupi entra em campo neste sábado, 9, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, precisando vencer o Guarani para voltar ao G-4. O chamado “clássico indígena” é válido pela quinta rodada do Estadual. O técnico Felipe Surian ainda não definiu a equipe que entra em campo, o que deve ocorrer somente momentos antes de a bola rolar. As dúvidas para escalar o time titular cresceram depois do empate contra o América-MG. Sem poder contar com o goleiro Jordan e o meia Ygor por questões contratuais, e o volante Maguinho, que cumpriu suspensão, ele escalou Tadeu, Vinícius e Maicon Douglas, respectivamente. E quem entrou deu conta do recado, deixando o treinador com uma “boa dor de cabeça”.

A partida terá transmissão ao vivo da rádio web do Toque de Bola. Para ouvir, basta clicar no link: http://www.toquedebola.esp.br/wp-content/themes/portal-toque/nas-ondas-do-toque.html

“Isso é bom porque mostra que o grupo está bastante competitivo. Quem saiu do time, treinou ao longo da semana buscando novamente os devidos espaços dentro do time principal. Ainda não defini a equipe, tenho ainda algumas dúvidas, boas dúvidas devido ao último jogo. Somente amanhã [sábado] irei definir a equipe, momentos antes da partida”, expõe Surian.

Leia também:
Galo joga bem e busca empate aos 45 do segundo tempo

Outra indefinição está na zaga. Com dores no tornozelo esquerdo, o zagueiro Adriano ainda é dúvida para a partida. O jogador não treinou ao longo da semana e vai fazer um teste no vestiário do Tupi. Caso não tenha condições, Arthur, Thales e Ciro são os candidatos à vaga.

Ygor é um dos destaques da equipe na competição. Sua escalação é quase certa, com Vinícius, Paulinho e Assuério disputando a outra vaga na criação de jogadas do meio campo carijó. Apesar de saber que suas atuações têm agradado, ele não se considera titular, deixando a decisão para o técnico Felipe Surian.

Guarani com zaga desfigurada

O técnico Leston Júnior encontra dificuldades para armar o Guarani, principalmente o setor defensivo. Ele não poderá contar com a dupla de zaga titular, já que Asprilla e Adalberto estão suspensos, o mesmo ocorrendo com o lateral direito Henrique. Ygor acredita que o Tupi poderá explorar a possível falta de ritmo dos jogadores que entrarem.

“Nos quatro jogos, o Guarani usou a mesma equipe. Uma sequência de jogos. Quem vai entrar vai estar sem ritmo. Isso pesa demais e atrapalha o atleta. Lógico que quem entrar vai tentar fazer o melhor. Temos que aproveitar a falta de condição de jogo que eles vão ter. Dar intensidade à partida para usar isso em nosso benefício”, observa o jogador.

Histórico de poucos gols

Tupi e Guarani já se enfrentaram ao longo da história, pelo Campeonato Mineiro, 21 vezes, em confrontos marcados pelo equilíbrio e poucos gols, 15 do Galo e 17 do Bugre. Os Carijós venceram oito partidas, empataram quatro e perderam nove – e defendem uma invencibilidade de quatro jogos, quatro triunfos, desde 2008. Em jogos disputados em Juiz de Fora, a história é proporcionalmente a mesma: dez jogos, quatro vitórias do Tupi, um empate e cinco vitórias do Guarani. Em casa, o Galo marcou oito gols e levou dez.

A relação completa do confronto entre o Galo e o Bugre de Divinópolis:
04/04/76 – GUARANI 1 x 0 TUPI
23/05/76 – GUARANI 1 x 0 TUPI
26/06/76 – TUPI 0 x 2 GUARANI
05/10/80 – TUPI0 x 2 GUARANI
12/07/81- GUARANI 0 x 0 TUPI
07/10/81- TUPI 1 x 0 GUARANI
01/08/82- TUPI 0 x 1 GUARANI
22/09/82- GUARANI 2 x 0 TUPI
15/07/84 – GUARANI0 x 0 TUPI
14/10/84 – TUPI0 x 1 GUARANI
07/07/85 – GUARANI1 X 2 TUPI
27/10/85 – TUPI0 X 0 GUARANI
09/03/86 – TUPI1 x 0 GUARANI
07/05/86 – GUARANI0 x 0 TUPI
30/01/03- GUARANI 1 X 2 TUPI
10/03/04– TUPI 0 X 1 GUARANI
11/02/07– GUARANI 1 X 0 TUPI
01/02/08– TUPI 3 X 2 GUARANI
07/02/09– GUARANI 0 X 1 TUPI
20/03/11- GUARANI 0 X 2 TUPI
24/03/12– TUPI 3 X 1 GUARANI

Fonte:Almanaque do Tupi (do jornalista Ailton Alves, publicado no jornal DiárioRegional-Juiz de Fora, em maio de 2012), com base nos dados do historiadorHenrique Ribeiro (pesquisador da História do Campeonato Mineiro)

Equipe PG J V E D GP GC SG
1 Cruzeiro Esporte Clube  Cruzeiro Esporte Clube 31 11 10 1 0 31 9 22
2 Clube Atlético Mineiro  Clube Atlético Mineiro 27 11 9 0 2 30 11 19
3 Tombense Futebol Clube  Tombense Futebol Clube 19 11 6 1 4 16 12 4
4 Villa Nova Atlético Clube  Villa Nova Atlético Clube 18 11 5 3 3 15 11 4
5 Tupi Foot Ball Club  Tupi Foot Ball Club 15 11 4 3 4 13 16 -3
6 Associação Atlética Caldense  Associação Atlética Caldense 15 11 3 6 2 12 10 2
7 Guarani Esporte Clube  Guarani Esporte Clube 14 11 4 2 5 16 19 -3
8 América Futebol Clube  América Futebol Clube 12 11 3 3 5 14 18 -4
9 Nacional Esporte Clube  Nacional Esporte Clube 11 11 3 2 6 13 18 -5
10 Boa Esporte Clube  Boa Esporte Clube 11 11 3 2 6 12 19 -7
11 América Futebol Clube de Teófilo Otoni  América Futebol Clube de Teófilo Otoni 7 11 2 1 8 8 24 -16
12 Araxá Esporte Clube  Araxá Esporte Clube 6 11 2 0 9 10 23 -13

Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

18 set 2017
Emoção marca abertura da Semana Paralímpica em Juiz de Fora

18 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

16 set 2017
Diretoria do Tupi estuda manter preços promocionais para o jogo de volta

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.