25 fev 2018

Atlético relaciona titulares, mas não anuncia escalação contra o Tupi



O Atlético Mineiro não anunciou se jogará com todos os titulares diante do Tupi no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, neste domingo, dia 25, às 17h, pela oitava rodada do Campeonato Mineiro.

 

Atletas relacionados pelo Atlético para enfrentar o Tupi

O auxiliar técnico Thiago Larghi relacionou 22 atletas e incluiu todos eles. Ocorre que no treino tático de sexta-feira a equipe que foi a campo tinha uma formação bastante “alternativa”.

  Copa do Brasil

O confronto mais recente envolvendo o Galo da capital foi contra o Botafogo-PB, pela Copa do Brasil, e o placar de 4 a 0  ressaltou a qualidade dos homens de frente da equipe atleticana, além de mais uma atuação brilhante do venezuelano Otero, que deu três assistências.

A última partida do clube belo-horizontino no Campeonato Mineiro foi contra o América, que reclamou muito das decisões da arbitragem. Vitória alvinegra por 3 a 0.

Otero tem sido o principal jogador neste início de temporada

Questionamentos não faltam no início de temporada do Atlético. A equipe da capital já vinha pressionada por não ter conseguido vaga sequer na pré-Libertadores de 2018, e o desempenho no início do Campeonato Mineiro, com apenas quatro pontos conquistados nas quatro primeiras rodadas, deixou o clima ainda mais pesado no alvinegro. 

Pouco mais de um mês após o início do Estadual, algumas mudanças aconteceram, e parecem trazer mais paz ao torcedor do Galo.

Entrevero e demissão

O dia 7 de fevereiro foi um divisor de águas. A data marcou o duelo entre Atléticos, o do Acre, que jogava em casa, e o Mineiro, que no papel era considerado favorito no duelo válido pela Copa do Brasil. Um empate bastava para que a equipe de Belo Horizonte passasse de fase de acordo com o regulamento, mas o que se viu em campo foi um time perdido, jogando contra um adversário dedicado, que chegou muito próximo de uma classificação histórica no estádio Arena da Floresta, em Rio Branco, capital acreana.

O placar de 1 a 1 foi suficiente para classificação do alvinegro, mas também fundamental para que o então treinador Oswaldo de Oliveira perdesse a compostura após a pergunta feita pelo repórter Leo Gomide, da Rádio Inconfidência de Belo Horizonte. O jornalista questionava o comandante atleticano sobre o desempenho de seu time na partida, gerando o incômodo de Oliveira, que perdeu a cabeça, partindo para cima do repórter com agressões verbais, alegando ter sido xingado por Gomide.

No dia seguinte ao jogo, Oswaldo divulgou uma nota através de sua assessoria se desculpando pelo fato, enquanto o Atlético Mineiro anunciou o desligamento do treinador, afirmando que o motivo era o desempenho da equipe, e não a confusão entre o técnico e o repórter.

O auxiliar técnico do Galo Thiago Larghi assumiu de forma interina e enfrentou seu primeiro desafio contra a Caldense, no Horto. A equipe abatida pelo mal desempenho não deu um retorno imediato aos comandos do jovem treinador de 37 anos e acabou sendo derrotada por 2 a 1. 

Ricardo Oliveira veio do Santos para ocupar a vaga deixada por Fred

Mas a semana de trabalho entre a derrota em casa e o duelo contra o América, disputado no dia 18 de fevereiro acabou dando resultado, refletido na vitória alvinegra por 3 a 0 no clássico mineiro, que deixou torcedores empolgados com o desempenho do time.

O desafio seguinte foi a partida disputada na última quarta-feira, dia 21, contra o Botafogo-PB, em João Pessoa. 

O triunfo por 4 a 0 trouxe mais um questionamento ao torcedor atleticano: efetivar Thiago Larghi seria a melhor opção para a sequência da temporada? A diretoria ainda não se pronunciou sobre uma possível efetivação do interino, que comandou as duas melhores partidas de sua equipe no ano de 2018, mas caso o bom desempenho continue, o nome de Larghi certamente ganhará força. 

Confira as palavras do comandante atleticano após a goleada: “O time se aplicou, se comportou bem e conseguiu a vitória. O principal é o grupo de jogadores comprometido e a fim de vencer, de trabalhar. Eles trabalharam bem na semana passada e acho que a aplicação deles é o segredo do resultado”

Ficha técnica 

Data: 21/2/2018
Hora: 21h45
Estádio: Almeidão
Cidade: João Pessoa (PB)
Gols: Róger Guedes, aos 27 minutos do primeiro tempo, Cazares, aos 15 minutos do segundo tempo, Ricardo Oliveira aos 21 minutos do segundo tempo, e Luan aos 36 minutos do segundo tempo.
Árbitro: Rafael Traci (CBF-PR) Auxiliares: Ivan Carlos Bohn (CBF-PR) e Pedro Martinelli Christino (CBF-PR)
Cartões amarelos: Allan Dias, Rafael Jataí, Nando (Botafogo-PB), Adilson, Patric (Atlético)

Botafogo-PB
Edson Barreto; Felipe Cordeiro, Gladstone, Lula e Fábio Alves; Rafael Jataí, Allan Dias (Humberto), Marcos Aurélio e Carlos Renato (Hiroshi); Dico (Marlon) e Nando. Técnico: Leston Jr.

Atlético
Victor; Patric, Leonardo Silva, Gabriel, Fábio Santos; Adilson (Arouca), Elias; Otero, Erik (Cazares), Róger Guedes (Luan) e Ricardo Oliveira. Técnico: Thiago Larghi.

 

Texto: Toque de Bola

Fotos: Bruno Cantini – Atlético

Ficha técnica e transcrição Thiago Larghi: Site oficial do CAM

Edição: Toque de Bola

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


21 abr 2018
Gol de Adê, 43 anos, aos 43 minutos! Baeta vence e sobe

19 abr 2018
Baeta confiante para buscar o “combo”: vitória, acesso e vaga na final

19 abr 2018
Futsal: Léo Aleixo vibra com títulos e adaptação da família na Bélgica

19 abr 2018
Copa Prefeitura Bahamas de Futsal: resultados do Boletim 6

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.