30 out 2017

Tupi confirma Alexandre Barroso, ex-Villa, Uberlândia e CRAC, como novo treinador



  Não demorou muito desde a saída de Aílton Ferraz para que o Tupi anunciasse um substituto. Alexandre Barroso será o comandante do Carijó para a temporada de 2018. A informação foi confirmada pelo diretor de futebol do clube, Nicanor Pires.

  A assessoria do clube anunciou uma entrevista coletiva para esta terça-feira, 31, às 14h, no Espaço Torcedor, sede social, para a apresentação oficial do novo treinador.

  A segunda-feira foi movimentada também pelo anúncio da nova forma de disputa da competição estadual. Clique aqui para saber qual é a novidade.

   Trajetória

Alexandre Barroso, como se esperava, é anunciado como técnico do Tupi para o Campeonato Mineiro 2018

Natural de Belo Horizonte, o técnico de 54 anos acumula passagens por Villa Nova-MG, Ipatinga, CRB, Cabofriense, Uberlândia e Crac-GO. Entre 2005 e 2006 trabalhou também no Al Hilal da Arábia Saudita.

Seu último clube foi o Crac-GO, pelo estadual em 2017. Chegou durante a competição, mas não conseguiu evitar a queda do time para a segunda divisão. No ano passado esteve à frente do Uberlândia no Campeonato Mineiro e terminou em décimo.

Alexandre teve boa passagem pelo Villa Nova em 2013, quando ficou em terceiro lugar no Campeonato Mineiro, atrás apenas de Cruzeiro e Atlético e foi campeão Mineiro do Interior. Com isso a equipe garantiu classificação para a Série D naquele ano e para a Copa do Brasil de 2014. No comando da Cabofriense em 2014, dirigiu o time que chegou às semifinais do Carioca, deixando para trás o Botafogo. Porém acabou sendo derrotado pelo Flamengo, que acabaria sendo o campeão estadual.

  Recomeço

   O comandante chegará com a missão de remontar todo o elenco, já que poucos jogadores presentes na campanha da série C permanecem. Em meio a essa indefinição, certo mesmo são as renovações já anunciadas dos goleiros Ginçalves e Villar, além do volante Kalu.

  Outros atletas ainda estão em pauta, como é o caso dos volantes Marcel e Leandro Brasília e do meia Diego Luis. “Estamos negociando ainda, não chegamos a uma definição com eles”, afirmou o diretor de futebol do Tupi.

  Como já havia anunciado publicamente há algumas semanas, o meia Luiz Fernando fazia parte dos planos da diretoria para que ficasse, e o clube já apresentou uma proposta para o jogador. Porém o Carijó já encontra concorrentes. De acordo com o site globoesporte.com, o meia interessa também a Tombense, clube no qual o atleta tem vinculo até o fim de 2017. Segundo Nicanor “fica a critério do jogador decidir” onde irá jogar na próxima temporada.

  Titulares de saída

  A “debandada” foi quase geral no elenco. A começar pelo técnico Aílton Ferraz, que não chegou a um acordo com o Carijó. Dos titulares, o arqueiro Paulo Henrique retorna ao Goiás e o zagueiro Edmário, um dos destaques do time na campanha, também não permanecerá.

  Na última semana surgiu a notícia de que o capitão Bruno Santos e o centroavante Ítalo dificilmente continuam em Santa Terezinha para 2018. Com a valorização pela boa campanha feita na série C, era praticamente certo que receberiam propostas maiores do outros clubes.

   Além destes, o zagueiro Fernando, o lateral direito Lucas, o meia Andrey e o atacante Romarinho também não devem renovar contrato com o clube juiz-forano.

 

Texto: Toque de Bola

Foto: Correio de Uberlândia – globoesporte.com


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 fev 2018
JF Vôlei tem semana de desafios seguidos em busca da reação na Superliga

17 fev 2018
Baeta perde na estreia do Módulo 2

17 fev 2018
Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa

16 fev 2018
Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse