10 out 2017

Fortaleza e CSA abrem as finais da Série C no sábado



Finalistas, Fortaleza e CSA já se enfrentaram na fase de classificação

  A Diretoria de Competições da CBF divulgou, nesta segunda-feira, dia 9, a tabela detalhada da final do Campeonato Brasileiro Série C. A bola começa rolar para os primeiros 90 minutos da decisão entre Fortaleza e CSA no sábado, 14 de outubro.

   O jogo de volta está inicialmente marcado para o dia 21 do mesmo mês. Confira os horários e locais das partidas: 

Jogo de ida
14/10 – 19h – Fortaleza/CE x CSA/AL – Castelão, Fortaleza (CE)

Jogo de volta
21/10 – 19h – CSA/AL x Fortaleza/CE – Rei Pelé, Maceió (AL)

 Jogos de volta

 No sábado, dia 7, o Fortaleza/CE enfrentou o Sampaio Corrêa/MA e garantiu sua vaga com um empate por 2 a 2. Já o CSA/AL recebeu o São Bento/SP e eliminou os paulistas nos pênaltis, depois de perder por 1 a 0 no tempo regulamentar.

 Sampaio 2 x 2 Fortaleza

No primeiro jogo do dia, o Fortaleza viajou até São Luís para o confronto com o Sampaio. Com a vitória por 1 a 0 na capital cearense, o Leão tinha a vantagem do empate fora de casa. E as coisas só melhoraram para o Fortaleza quando Bruno Melo abriu o placar, aos 26 minutos do primeiro tempo.

Precisando de três gols, o Sampaio não desistiu e tentou pressionar o Tricolor de Aço. Aos 24 minutos, Marlon deixou tudo igual em cobrança de pênalti. O jogo continuou aberto e a Bolívia Querida contou com a força de sua torcida para virar a partida. Após escanteio, Maracaz fez o segundo.

Nos minutos finais de duelo, o Sampaio partiu para cima em busca de um gol salvador, mas deixou espaços, que foram aproveitados pelos visitantes. Aos 49 minutos, o Fortaleza empatou o jogo e definiu sua classificação, com Bruno Melo novamente, de pênalti.

Sampaio Corrêa-MA: Alex Alves;  Pedro Costa, Maracás e Odair; Valderrama, Esquerdinha, Diego Silva e Marlon; Uilliam (Felipe Marques), Reginaldo (Wellington Rato) Júnior e Hiltinho (Isac). Técnico: Francisco Diá.

Fortaleza-CE: Marcelo Boeck; Felipe, Edimar, Ligger e Bruno Mello; Anderson Uchôa, Pablo, Leandro Lima (Adenilson) e Everton (Jô);  Hiago e Leandro Cearense (Lúcio Flávio). Técnico: Antônio Carlos Zago.

  CSA 0 x 1 São Bento (CSA 4 a 2 nos pênaltis)

Depois de vencer por 1 a 0 fora de casa, o CSA recebeu o São Bento em Maceió tendo a vantagem do empate. O jogo começou muito movimentado. Dono da casa, o CSA se lançou mais à frente, tentando definir cedo sua classificação. Nervosas, as equipes não conseguiram ter precisão na hora de balançar as redes. A partida pareceu ficar mais tranquila para o CSA com a expulsão de Anderson Cavalo, aos 20 minutos do segundo tempo. Mas os sorocabanos não desistiram e foram recompensados. Aos 45 minutos, Branquinho invadiu a área e sofreu pênalti. Everaldo converteu com categoria e levou a disputa para a decisão por penalidades máximas.

  Pênaltis

Os dois times começaram convertendo suas penalidades: Daniel Costa, Maicon Souza, Edinho, Rennan Oliveira e Boquita não desperdiçaram da marca fatal. Melhor jogador durante o tempo normal, Branquinho foi o primeiro a perder e já deixou o São Bento em desvantagem. Logo depois foi a vez de Dahwan desperdiçar para o CSA e Everaldo, autor do gol, também jogar nas mãos de Pedro Mota. Maxuel, que entrou no último minuto dos acréscimos, bateu o último pênalti e encerrou a disputa.

 Na final, Fortaleza e CSA reeditam um duelo da primeira fase da Série C. Na ocasião, o CSA venceu por 1 a 0 dentro de casa e os dois ficaram em um empate por 1 a 1 no Ceará.

CSA-AL:Mota; Celsinho, Rodrigo Lobão, Jorge Fellipe (Cristiano) e Raul Diogo; Dawhan, Boquita, Marcos Antonio (Didira) e Edinho; Daniel Costa e Michel (Maxuel). Técnico: Flávio Araújo.

São Bento-SP: Rodrigo Viana; Muriel, João Paulo, Rogério e Marcelo Cordeiro (Edu Pina); Fabio Bahia, Maicon Souza, Eder (Branquinho) e Cassinho (Rennan Oliveira); Anderson Cavalo e Everaldo. Técnico: Paulo Roberto.

  Confira como foram as partidas de ida:

São Bento 0 x 1 CSA-AL

O CSA-AL surpreendeu e derrotou o São Bento fora de casa por 1 a 0, pelo jogo de ida das semifinais da série C. Com gol de Michel Douglas, o time alagoano fez o placar mínimo no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba. 

O jogo

Apesar do equilíbrio no primeiro tempo, o CSA conseguiu manter a posse de bola e esfriar as investidas do São Bento. Em uma das boas chances do Azulão, a bola sobrou para Dawhan na marca do pênalti, que soltou uma bomba, mas o goleiro Rodrigo Viana fez a defesa.

Na volta do intervalo, o Bentão pressionou e teve boa chance logo aos oito minutos, na finalização de Caio Cézar – defendida por Mota. Depois o jogo seguiu equilibrado até o CSA conseguir o gol, aos 34 minutos. Após cruzamento de Edinho, a bola sobrou para Michel Douglas balançar as redes, fazendo 1 a 0 para os visitantes. O São Bento buscou o empate em boas chegadas de Leandro Love, Everaldo e Cassinho, mas não conseguiu o gol.

Repercussão

“Foi um jogo difícil, sabíamos que o São Bento joga forte dentro de casa, ia jogar desde o início procurando o gol. Começou o jogo tendo o domínio, mas depois, aos 20 minutos, a gente já entrou no jogo, teve posse de bola, a marcação já encaixou melhor e terminou o primeiro tempo com o jogo equilibrado. Teve uma chance, mas o goleiro deles fez grande defesa. Depois, no segundo tempo, praticamente a mesma coisa: eles procurando mais o jogo e a gente se fechando bem. Eles tiveram duas chances, no começo, mas encaixamos a marcação, eles tiveram posse de bola, mas dentro daquilo que tínhamos programado e treinado. Enfim, a estratégia de marcar do meio pra trás, fechar o espaço e buscar o contra-ataque, graças a Deus deu certo”, disse Flávio Araújo, treinador do CSA.

“Não é irreversível. Sabíamos que seria um jogo que teríamos de ter paciência, rodar a bola e buscar furar uma defesa forte. Tínhamos a noção que daríamos espaço para eles, isso aconteceu a partir da metade do segundo tempo. O gol nosso não saiu, e em uma bola batida de lateral eles usaram a velocidade e marcaram o gol da vitória”, afirma Paulo Roberto, treinador do São Bento.

Fortaleza 1 x 0 Sampaio Corrêa

O Fortaleza fez o dever de casa e venceu o Sampaio Corrêa por 1 a 0 no Castelão. Com isso o time cearense sai em vantagem do primeiro confronto da semifinal da Série C. Invicto em casa em 2017, o Tricolor de Aço fez valer o mando de campo diante do Sampaio, e com gol de Leandro Cearense, vai para o Maranhão podendo empatar por qualquer placar.

O jogo

Apesar de poucas emoções no primeiro tempo, o Leão foi quem chegou mais perto de abrir o placar. Em uma das boas chances, Adalberto arriscou chute de fora de área, mas a bola passou à direita do goleiro Alex. Depois, o zagueiro quase marcou novamente, mas cabeceou por cima do travessão após cobrança de escanteio.

Aos oito minutos do segundo tempo, o Sampaio Corrêa teve sua primeira oportunidade na partida. Felipe Marques chutou de fora da área e goleiro Marcelo Boeck defendeu. No lance seguinte, o Fortaleza quase marcou com Hiago, que acertou a trave. Mais incisivo, o Leão abriu o placar aos 14 minutos. Leandro Cearense girou bem e chutou de direita para fazer 1 a 0. Sem poder ofensivo, a Bolívia Querida chegou a ter outra boa chance, aos 44 minutos, mas Reginaldo Jr. chutou à direita do gol de Boeck e desperdiçou a oportunidade do empate. Administrando o resultado e pressionando, o time cearense segurou o placar até o apito final.

Repercussão

“Saímos com o pé direito”, garantiu o comandante Antônio Carlos Zago. “Não fluiu por causa da movimentação do Fortaleza e alguns jogadores não renderam. A comemoração atrapalhou um pouco. Não fizemos um grande primeiro tempo. Queria uma equipe com a marcação mais forte para sair em velocidade no contra-ataque. A mudança de postura do Fortaleza nos incomodou. Alguns jogadores não estiveram no seu melhor dia”, revelou o treinador do Sampaio, Francisco Diá.

 

Texto com informações da CBF, Futebol Interior, globoesporte.com e “O povo”

Fotos: Sandro Roberto – Fortaleza e Pei Fon / Portal TNH1

Artes: Toque de Bola (clique sobre a imagem que deseja ampliar)

Edição: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse