03 mar 2017

Adversário do JF Vôlei sábado, Montes Claros sufoca Sada e perde por 3 a 2



O duelo mineiro entre Sada Cruzeiro e o próximo adversário do JF Vôlei, Montes Claros Vôlei (MG), foi de grande equilíbrio e, na noite desta quinta-feira, 2, melhor para o time cruzeirense, que venceu pela oitava rodada da Superliga masculina de vôlei 2016/2017. Em casa e com o apoio de sua torcida, a equipe dirigida pelo técnico Marcelo Mendez venceu por 3 sets a 2, de virada, com parciais de 22/25, 22/25, 25/21, 25/16 e 15/11, em 2h11 de partida, e seguiu invicta na competição.

A partida contou com destaque do ponteiro Leal, que começou no banco de reservas, mas entrou e ajudou o Sada Cruzeiro. Com grande atuação, o jogador foi o mais votado no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e recebeu o Troféu VivaVôlei. Outro destaque ficou por conta do oposto Evandro, maior pontuador em quadra, com 22 acertos.

Já com o prêmio em mãos, Leal falou sobre a importância deste resultado para o grupo cruzeirense. “Hoje foi um jogo muito difícil para nós. Montes Claros jogou muito forte no saque, no ataque e nós sofremos um pouco. Mas aí começamos a melhorar nosso jogo, baixar o nosso erro e, na raça, conseguimos ganhar estes dois pontos, com essa importante vitória”, avaliou o ponteiro.

Com a vitória desta noite, a 19ª seguida, o Sada Cruzeiro passou a tomar 55 pontos, passando a vantagem a nove sobre o segundo colocado na tabela de classificação da Superliga masculina, Sesi-SP.

Na nona rodada do returno, o Sada Cruzeiro segue em casa e receberá o Sesi-SP em um dos principais clássicos do vôlei masculino. A partida será já neste sábado (04.03), às 20h30, com transmissão ao vivo do SporTV. O Montes Claros Vôlei terá mais um duelo mineiro, desta vez contra o JF Vôlei (MG), no mesmo dia, às 18h, em Juiz de Fora (MG).

Sada Cruzeiro reagiu e venceu Montes Claros por 3 sets a 2

O JOGO

O Sada Cruzeiro saiu na frente no placar, com um erro do Montes Claros Vôlei e ainda fez 3/0.  O time visitante buscou e assumiu o comando do placar em 6/5. O grupo de Montes Claros abriu 10/7 e Marcelo Mendez pediu tempo. O Sada correu atrás do placar e, com Simón, encostou em 12/13. No erro do adversário, o time da casa chegou ao ponto de empate: 15/15. Foi a vez de Marcelinho Ramos parar o jogo. O Montes Claros Vôlei voltou a abrir em 18/15. O time dirigido por Ramos ainda aumentou a vantagem para 20/16, forçando o adversário a pedir mais um tempo. O Montes Claros fez 23/21 na reta final do set e fechou em 25/22.

O segundo set começou equilibrado, com o empate em 2/2. Tudo igual novamente em 5/5. No bloqueiod e Isac, o Sada Cruzeiro colocou dois de vantagem: 9/7. No erro do adversário, o time da casa abriu 12/8. No bloqueio duplo, o Montes Claros reduziu a diferença para 11/13. Com mais um ponto de bloqueio, dessa vez com Murilo, o time visitante encostou em 14/15. O Sada Cruzeiro voltou a abrir vantagem em 18/15. Com Reffatti pontuando para o Montes Claros, o placar voltou a ficar igual em 20/20. Evandro colocou o Sada em vantagem em 22/21. Mas, com Bob, o Montes Claros fechou a segunda parcial em 25/22.

O terceiro set teve um início favorável ao Sada Cruzeiro, que fez 5/2. O Montes Claros encostou em 5/6 e, com dois pontos de saque de Murilo Radke, virou o placar para 7/6. No erro do adversário, o Montes Claros Vôlei abriu dois de vantagem em 9/7. No erro do adversário, a equipe de Marcelinho Ramos ainda chegou a 12/9. Neste momento, o Sada pediu tempo. Os donos da casa buscaram o ponto de empate em 14/14. Com Simón no bloqueio, o time cruzeirense voltou a abrir dois: 18/16. Com Alan, 19/17. Na reta final, o Sada teve vantagem de 22/19 e depois fechou em 25/21.

O Montes Claros Vôlei saiu na frente e o Sada Cruzeiro empatou. O time visitante seguiu bem no set e abriu 4/1. A equipe da casa reagiu e quando virou o placar para 7/6, Marcelinho Ramos pediu tempo. O placar seguiu equilibrado, com o Sada em vantagem de um ponto (9/8). O set ficou igual em 10/10. Mas, com Evandro, o time cruzeirense abriu boa vantagem em 14/10, levando o adversário a pedir tempo. No ace de Rodriguinho, 16/10. Com Leal pontuando bem, o Sada Cruzeiro abriu enorme vantagem em 21/12. Melhor em quadra, o time da casa fechou em 25/16 e levou a decisão para o quinto set.

O Montes Claros Vôlei abriu o placar do set decisivo no erro do adversário. O jogo ficou empatado em 2/2 e com ponto de saque de Salsa, os visitantes fizeram 3/2. O Sada Cruzeiro reagiu e, com Leal pontuando bem, chegou a 4/3. Então foi a vez do Montes Claros empatar com Wanderson: 5/5. No bom saque de Murilo Radke, o time visitante marcou 7/5. Na troca de quadra, vantagem do Montes Claros (8/6). Com ace de Bob, 9/6. O Sada Cruzeiro buscou e, com Rodriguinho, empatou em 9/9. Quando o adversário chegou a 10/9, Marcelinho Ramos pediu tempo. Com Simón bem no ataque, o Sada Cruzeiro chegou a 13/11. E, no bloqueio, o Sada Cruzeiro fechou em 15/11.

EQUIPES

SADA CRUZEIRO – William, Evandro, Isac, Simón, Rodriguinho e Filipe. Líbero – Serginho. Entraram: Alan, Fernando, Leal, Éder Levi. Técnico: Marcelo Mendez.

MONTES CLAROS VÔLEI – Murilo Radke, Luan Weber, Salsa, Rafael, Bob e Alê. Líbero – Gian. Entraram: Wanderson, Índio, Reffatti, Dianini. Técnico: Marcelinho Ramos.

MOC em boa fase

O Montes Claros, que será o próximo adversário da equipe de Juiz de Fora, no sábado, 4, às 18h, no ginásio da Faefid (UFJF), tem a quinta melhor campanha da Superliga 2016/2017, com 33 pontos, cinco pontos a mais que o JF Vôlei.

   O MOC disputou recentemente o Sul-Americano, perdendo para o Personal Bolivar, da Argentina, na semifinal, despedindo-se do campeonato com o quarto lugar.  

O Pequi Atômico se destaca como uma das melhores defesas, na estatística divulgada pela Confederação Brasileira de Voleibol. O time montesclarense tem no apoio e comparecimento do torcedor uma marca registrada. A meta do MOC é  poder entrar nos playoffs na melhor posição possível.

Na Superliga2015/2016, a equipe do norte do estado encerrou o campeonato com a quinta colocação, a mesma que ocupa até o momento nessa edição. Foi terceira colocada no Campeonato Mineiro 2017.

Confronto mais recente

A última partida entre JF vôlei e Montes Claros Vôlei ocorreu em dezembro de 2016, pelo turno da Superliga, no ginásio Tancredo Neves, e os anfitriões levaram a melhor por 3 sets a 1, com parciais de  25/22, 25/15, 18/25 e 25/20. Empurrado pela torcida o MOC quebrou então a boa sequência de vitorias do JF Vôlei – vinha de seis triunfos consecutivos.

O ponteiro Jonatas Weslei, do time do norte do estado, foi o maior pontuador do jogo, com 21 acertos. Pelo lado do JF Vôlei, o oposto Renan Buatti anotou 15 pontos. O troféu Viva Vôlei, entregue para o melhor jogador em quadra, ficou com o levantador Murilo Radke, do Montes Claros.

   Além da rivalidade estadual, a partida confrontou o maior pontuador da Superliga 2016/2017, o oposto juizforano Renan, e o forte sistema defensivo de Montes Claros.

Ranking

Os quatro maiores pontuadores do MOC na Superliga 2016/2017 até o jogo contra o Sada são: Luan Weber na quarta posição, com 259 pontos, Robinson Dvoranen, com 183 pontos na 18ª posição, Jonatas Weslei com 148 pontos na 35ª, e Robson Gomes com 141 pontos na 37ª posição.

  Um dos destaques da equipe montesclarense é o central Salsa, um dos lideres do time que está a várias temporadas na equipe.

Ingressos 

Já classificado para as quartas-de-final da Superliga, o JF Vôlei tem clássico mineiro pela frente neste sábado, diante de seu torcedor. Os juiz-foranos enfrentam o Montes Claros Vôlei, às 18h, no ginásio da UFJF.

Os ingressos para a partida já estão à venda. Valores antecipados: R$10,00 (meia) e R$20,00 (inteira). Valores na bilheteria do ginásio, na hora do jogo: R$15,00 (meia) e R$30,00 (inteira)

Pontos de venda:

– Ingresso mg – ingressomg.com.br
– Shape Suplementos (Rua Braz Bernardino, 129, e Independência Shopping)
– Shopping dos Clubes (Galeria Bruno Barbosa – Rua Halfeld, 622)
– Sorveteria Sol e Neve (Shopping Jardim Norte)
– Ginásio da UFJF (a partir das 17h de sábado

Sem Manaus

O JF Vôlei informou esta semana que a partida contra o Funvic Taubaté, válida pela última rodada da fase classificatória da Superliga 2016/17, teve seu local alterado.

Previamente marcado para a cidade de Manaus (AM), o jogo ocorrerá em Juiz de Fora, no Ginásio da UFJF. A data e o horário estão mantidos: 11 de março, sábado, às 21h30.

  De acordo com a direção do JF Vôlei, a decisão partiu dos anfitriões, em função de outro evento na mesma data. A equipe local perde no aspecto financeiro mas no aspecto técnico e emocional pode levar vantagem, por atuar em casa na rodada anterior à estreia nos playoffs.

SUPERLIGA MASCULINA 16/17 – NONA RODADA DO RETURNO

 

Texto: Toque de Bola, com informações do site da Confederação Brasileira de Voleibol

Artes: Toque de Bola

Foto: Renato Araújo – Sada Cruzeiro – Divulgação

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


16 out 2017
Longa hegemonia: ADJF conquista 16º título masculino nos Jogos do Interior de Minas. Feminino é vice

12 out 2017
Especial Toque de Bola! Ex-Tupi e Baeta, Hudson mostra personalidade e brilha no Cruzeiro

09 out 2017
Com defesa inspirada, JF Imperadores passa por cima do Macaé Oilers e se aproxima do acesso

09 out 2017
Intercolegiais: escolas estaduais Clorindo Burnier e Ali Halfeld superam obstáculos e são campeãs na queimada

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.