06 fev 2017

De volta, inteiro e titular, Diego aposta no JF Vôlei: “Iremos surpreender muito mais”



   A vitória do JF Vôlei sobre o Caramuru Castro na noite de sábado, 4, fora de casa, teve um significado especial para Diego Henrique Zacanela de Almeida. O central do JF Vôlei começou  jogando e mostrou sua importância para a equipe no momento em que se define a sonhada classificação aos playoffs da Superliga 2016/17. Marcou 11 pontos nos  3 sets a 1 que asseguraram a sexta  colocação – os oito primeiros colocados, ao final do returno, seguirão para  a segunda fase, e restam sete rodadas no segundo turno.

  Recuperado de uma cirurgia no ombro, sua volta foi gradativa, entrando em momentos dos jogos e agora recuperando a posição, na vaga de  Rômulo. Disposto, sentindo-se cem por cento fisicamente, Diego conversou com o Toque de Bola, falou sobre a sua volta em definitivo, elogiou a atitude que vem sendo mostrada em quadra nesta temporada – “nossa filosofia é encarar de igual para  igual qualquer equipe” – e disse estar convicto que os bons resultados irão surpreender mais ainda na sequência da competição.

  O atleta ficou seis meses sem jogar: três por conta da cirurgia e três para readquirir o condicionamento físico.

 

Jogo diante do Caramuru Castro marca a recuperação completa do central Diego, do JF Vôlei

e disse ter certeza que os bons resultados irão surpreender mais ainda na competição.

Toque de Bola: Como foi sua participação no jogo em Castro, voltando a atuar desde o início? Fale sobre a recuperação da cirurgia, a volta aos poucos e agora de novo titular, com boas atuações?

Diego: Muito bom voltar a começar uma partida como titular. Minha cirurgia foi ótima, mas a recuperação foi demorada. Pouco a pouco fui recuperando minha forma física, confiança, só tenho a agradecer a estrutura e o apoio do JF Vôlei. O Henrique (treinador Henrique Furtado) acreditou na minha volta, foi me colocando para ganhar ritmo nos últimos jogos. Sábado foi uma partida especial porque foi minha primeira partida como titular na temporada. Foi muito bom, tive um desempenho legal, com algumas coisas ainda para melhorar, mas espero continuar crescendo e ajudando meus companheiros em quadra. Jogar em Castro foi um pouco difícil, muito calor, mas no fim deu tudo certo. Temos que seguir trabalhando forte porque temos uma sequência de jogos importantes de confronto direto, e quarta-feira já temos outro jogo e contamos com a presença da nossa torcida.

Toque de Bola: Está bem condicionado fisicamente? Cansou um pouco por entrar desde o início ou suportou legal e está “zerado”?

Diego: Fisicamente estou 100%! Preciso de mais minutos em quadra pra ganhar ritmo de jogo. Foi um jogo um pouco desgastante por conta do calor. A Comissão Técnica sabe dosar bem essa carga e quarta vamos chegar bem preparados.

Toque de  Bola: Você já participou de outras temporadas em Juiz de Fora. Como está vendo esse trabalho, a parceria com o Sada Cruzeiro? O grupo ficou mais forte, até com mais personalidade em relação a outras temporadas que você esteve?

Diego: Os meninos que vieram do Sada são jovens e com muito potencial. Nós, os mais experientes, temos a responsabilidade de dar tranquilidade pros mais jovens, junto com a Comissão Técnica. Estamos fazendo um trabalho muito interessante, surpreendendo muitas pessoas, e tenho certeza que iremos surpreender muito mais. Nesse período de trabalho criamos uma identidade, uma forma de jogar e estamos crescendo jogo a jogo. Quem já passou por grandes equipes tem um pensamento um pouco diferente. Nós temos uma filosofia que o Henrique trouxe do Sada, um time multi campeão, e jogadores que já “rodaram” em times do Brasil e da Europa. E essa filosofia é de entrar em quadra e enfrentar qualquer equipe de igual pra igual, buscando sempre a vitória. Nós temos um grupo trabalhador. Se quisermos chegar longe, temos que seguir trabalhando forte.

 

Diego tem 30 anos e 2,05m

 

 Na quarta, no Toque

  O JF Vôlei joga quarta-feira, 8, 19h30, diante do torcedor, na UFJF, contra o Maringá, com cobertura nas redes sociais do Toque de Bola.

 

 

Cobertura

 Siga também as nossas redes sociais, com vídeos dos pontos finais dos sets, entrevistas e bastidores do esporte local.Apoio: Plasc

 Acesse aqui a nossa fanpage

Acesse aqui o nosso Instagram

Acesse aqui o nosso Twitter

 

Texto: Ivan Elias – Toque de Bola

Fotos: Márcia Ferraz e arquivo JF Vôlei – CBV

Arte: Toque de Bola

Edição:Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


21 maio 2017
Aílton lamenta “primeiro tempo para apagar” e admite mudar equipe carijó

21 maio 2017
Tupi decepciona, sofre 2 a 0 do Ypiranga e perde troféu de aniversário

20 maio 2017
Com elenco reduzido e técnico mantido, Baeta encerra temporada 2017

19 maio 2017
Copa Zona da Mata de Vôlei em JF marca retomada da Liga Desportiva

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse