02 dez 2016

JF Vôlei presta homenagem à Chapecoense e ao zagueiro Marcelo no jogo contra o Minas



   O JF Vôlei encara o Minas Tênis Clube em Belo Horizonte, neste sábado,  3, às 17h, pela sétima rodada da Superliga masculina 2016/17, na Arena Minas. Após quatro vitórias consecutivas, o sexteto juiz-forano tem 10 pontos ganhos e ocupa a sexta colocação. O adversário é o oitavo, com cinco pontos (classificação atualizada antes do jogo da noite de sexta-feira).

Jogadores do JF Vôlei cantarão o hino nacional, antes do jogo, vestindo as camisetas acima. Os atletas também carregarão uma faixa de agradecimento ao juiz-forano Marcelo Augusto Mathias da Silva, zagueiro da Chapecoense falecido na tragédia

Jogadores do JF Vôlei cantarão o hino nacional, antes do jogo, vestindo as camisetas acima. Os atletas também carregarão uma faixa de agradecimento ao juiz-forano Marcelo Augusto Mathias da Silva, zagueiro da Chapecoense falecido na tragédia

Homenagem póstuma

O JF Vôlei prestará homenagem à memória das 71 vítimas do acidente aéreo ocorrido na madrugada da última terça-feira, nos arredores de Medellín (Colômbia). O avião levava jornalistas, jogadores e dirigentes da Chapecoense, que disputaria o título da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional de Medellín.

Os jogadores cantarão o hino nacional, antes do jogo, vestindo camisetas brancas. As blusas têm os escudos do JF Vôlei e da equipe catarinense, o símbolo de luto e a hashtag #ForçaChape, todos estampados na cor preta. Os atletas também carregarão uma faixa de agradecimento ao juiz-forano Marcelo Augusto Mathias da Silva, zagueiro da Chapecoense falecido na tragédia.

  Pés no chão

   Para o levantador do JF Vôlei, Henrique Adami, o trabalho pesado precisa continuar. Ele ressalta a importância de a equipe não se deixar levar pela empolgação do momento: “Estamos passando por uma boa sequência de vitórias, mas não podemos deixar isso subir às nossas cabeças. Temos que manter os pés no chão visando o nosso principal objetivo, que é a classificação aos playoffs. O adversário tem um bom elenco e joga em casa. Vamos entrar para dar o nosso máximo em quadra e buscar mais uma vitória”.

SUPERLIGA MASCULINA 2016/2017

SÉTIMA RODADA DO TURNO

01.12 (QUINTA-FEIRA) – Montes Claros Vôlei (MG) 3 x 1 Vôlei Brasil Kirin (SP), às 21h55, no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG) (21/25, 25/17, 25/18 e 25/22)
02.12 (SEXTA-FEIRA) – Bento Vôlei/Isabela (RS) x Sada Cruzeiro (MG), às 19h, no Municipal, em Bento Gonçalves (RS) – SPORTV
03.12 (SÁBADO) – Minas Tênis Clube (MG) x JF Vôlei (MG), às 17h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) 
03.12 (SÁBADO) – Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) x São Bernardo Vôlei (SP), às 18h, no Chico Neto, em Maringá (PR) 
03.12 (SÁBADO) – Lebes Gedore Canoas (RS) x Caramuru Vôlei/Castro (PR), às 18h, no La Salle, em Canoas (RS) 
03.12 (SÁBADO) – Sesi-SP x Funvic Taubaté (SP), às 19h30, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) – SporTV 

Homenagem à Chapecoense antes de MOC x Vôlei Brasil Kirin

Homenagem à Chapecoense antes de MOC x Vôlei Brasil Kirin

 

Montes Claros bate Brasil Kirin

Em noite de homenagens e com os cerca de 3.100 torcedores vestidos de verde em homenagem a Chapecoense, o Montes Claros Vôlei (MG) conseguiu a vitória e, consequentemente, a quebra da invencibilidade do Vôlei Brasil Kirin (SP). Nesta quinta-feira (01.12), a equipe mineira venceu por 3 sets a 1 (21/25, 25/17, 25/18 e 25/22), em 2h02 de partida realizada no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG), pela sétima rodada da Superliga masculina de vôlei 2016/2017.

O líbero Gian brilhou com passes precisos e boas defesas. Com isso, foi o mais votado no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e, eleito o melhor em quadra, foi premiado com o Troféu VivaVôlei. Outro destaque do time mineiro ficou por conta do oposto Luan Weber. Na partida válida pela sétima rodada do turno da principal competição do calendário nacional, o atacante foi o maior pontuador, com 24 acertos. 

O time mineiro foi superado pelo Sesi-SP na quinta rodada por 3 a 1 e venceu as duas partidas seguintes pelo mesmo placar. Desta vez em casa, o treinador destacou a importância de um resultado satisfatório diante de seus torcedores. “A torcida estava merecendo uma grande vitória aqui dentro e fiquei feliz por isso”, concluiu Marcelinho Ramos.

Na próxima rodada, o Montes Claros Vôlei seguirá em casa e receberá o atual campeão da Superliga, Sada Cruzeiro (MG), na quarta-feira (07.12). O Vôlei Brasil Kirin jogará apenas no sábado (10.12), quando irá ao Vale do Paraíba enfrentar o Funvic/Taubaté.

EQUIPES

MONTES CLAROS VÔLEI – Murilo Radke, Luan Weber, Salsa, Robinho, Bob e Jonatas. Líbero – Gian
Entraram – Alê, Rafael
Técnico: Marcelinho Ramos

VÔLEI BRASIL KIRIN – Jotinha, Rivaldo, Vini, Maurício Souza, Diogo e Temponi. Líbero – Tiago Brendle
Entraram – Baiano, Rodriguinho, Ygor Ceará, Matheus
Técnico: Horacio Dieleo

Sete campeões olímpicos em quadra

Um encontro de sete campeões olímpicos promete agitar a sétima rodada da Superliga masculina de vôlei 2016/2017 neste sábado (03.12). O Sesi-SP, de Bruninho, Lucão, Serginho e Douglas, receberá o Funvic Taubaté (SP), de Lucarelli, Éder e Wallace, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP), às 19h30, em partida que terá transmissão ao vivo do canal SporTV.

A equipe da casa está em terceiro lugar na classificação geral da Superliga, com 16 pontos somados em cinco vitórias e uma derrota. O time de Taubaté é o quinto, com 14 pontos e a mesma campanha de cinco resultados positivos e um negativo. Entre os dois, aparece o Montes Claros Vôlei (MG), que já jogou nesta rodada e pontuou com a vitória sobre o Vôlei Brasil Kirin (SP) por 3 sets a 1.

Para esta partida, amigos e jogadores com uma história marcante na seleção brasileira estarão em lados opostos para cada um defender seu clube. É o caso do experiente líbero, Serginho, de 41 anos, e do jovem ponteiro Lucarelli, de 24. Os dois subiram ao degrau mais alto do pódio nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto deste ano, e serão adversários neste sábado.

Preocupado com a partida e acostumado a enfrentar este mesmo adversário, não só na Superliga como em outros campeonatos como Copa São Paulo e Campeonato Paulista, Serginho sabe que seu time enfrentará dificuldades.

“Vai ser um jogo bem disputado, equilibrado, como sempre foram os jogos entre Sesi e Taubaté. Esperamos que o fator casa e a nossa torcida nos ajudem. Estamos jogando bem, nosso time está treinando muito bem e vamos tentar aproveitar que eles tiveram uma derrota contra Montes Claros para tentar ganhar esses pontos importante para a classificação. De qualquer forma, sabemos que esse é um jogo muito difícil”, afirmou Serginho.

Do outro lado, Lucarelli tem a mesma opinião. O ponteiro do Funvic Taubaté também prevê um duelo bem jogado e muito disputado.

“São duas equipes que se conhecem bem e essa é uma partida que tem tudo para ser extremamente equilibrada. Viemos de um resultado que não era o que queríamos, claro, e agora vamos buscar a recuperação. Jogar na casa deles torna esse jogo ainda mais complicado, mas o nosso time está preparado para buscar essa vitória”, concluiu Lucarelli.

SUPERLIGA MASCULINA 2016/2017

SÉTIMA RODADA DO TURNO

01.12 (QUINTA-FEIRA) – Montes Claros Vôlei (MG) 3 x 1 Vôlei Brasil Kirin (SP), às 21h55, no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG) (21/25, 25/17, 25/18 e 25/22)
02.12 (SEXTA-FEIRA) – Bento Vôlei/Isabela (RS) x Sada Cruzeiro (MG), às 19h, no Municipal, em Bento Gonçalves (RS) – SPORTV
03.12 (SÁBADO) – Minas Tênis Clube (MG) x JF Vôlei (MG), às 17h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) 
03.12 (SÁBADO) – Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) x São Bernardo Vôlei (SP), às 18h, no Chico Neto, em Maringá (PR) 
03.12 (SÁBADO) – Lebes Gedore Canoas (RS) x Caramuru Vôlei/Castro (PR), às 18h, no La Salle, em Canoas (RS) 
03.12 (SÁBADO) – Sesi-SP x Funvic Taubaté (SP), às 19h30, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) – SporTV 

JF Vôlei tem quatro vitórias consecutivas no primeiro turno da competição

JF Vôlei tem quatro vitórias consecutivas no primeiro turno da competição

   Destaques individuais

   Após seis rodadas da Superliga Masculina, todas as equipes já tem seis partidas disputadas. Assim, os atletas já estão despontando nas estatísticas individuais da competição. Confira os melhores por fundamento, segundo os números da Confederação Brasileira de Vôlei (fonte: Melhor do Vôlei – publicado na quinta-feira, antes da  vitória do Montes Claros sobre Brasil Kirin):

Maiores Pontuadores:

1º – Renan Buiatti (Juiz de Fora Vôlei) – com 128 pontos

2º – Wallace Souza (Funvic Taubaté) – com 117 pontos

3º – Gabriel Soares (Lebes Gedore Canoas) – com 99 pontos

4º – Diogo Silva (Vôlei Brasil Kirin) – com 97 pontos

5º – Luan Weber (Montes Claros Vôlei) – com 96 pontos

 

Melhores Atacantes:

1º – Rodriguinho Leão (Sada Cruzeiro) – com 51,43% de eficiência

2º – Thiago Vanole (Minas Tênis Clube) – com 42,34% de eficiência

3º – Diogo Silva (Vôlei Brasil Kirin) – com 38,67% de eficiência

4º – Douglas Souza (Sesi-SP) – com 38,55% de eficiência

5º – Lucas Lóh (Funvic Taubaté) – com 37,84% de eficiência

 

Melhores Bloqueadores:

1º – Rodrigo Pinto/Rivaldo (Vôlei Brasil Kirin) – com 45,71% de sucesso

2º – Maurício Souza (Vôlei Brasil Kirin) – com 39,39% de sucesso

3º – Rodrigo Moraes/Mudo (Copel Telecom Maringá) – com 35,90% de sucesso

4º – Ialisson Amorim (Lebes Gedore Canoas) – com 35,82% de sucesso

5º – Leandro dos Santos/Aracajú (Sesi-SP) – com 35,56% de sucesso

 

Melhores Sacadores:

1º – Evandro Guerra (Sada Cruzeiro) – com 17,31% de sucesso

2º – Yoandy Leal (Sada Cruzeiro) – com 15,00% de sucesso

3º – Renan Buiatti (Juiz de Fora Vôlei) – com 11,49% de sucesso

4º – Éder Carbonera (Funvic Taubaté) – com 11,25% de sucesso

5º – Isac Viana (Sada Cruzeiro) – com 8,77% de sucesso

 

Melhores Levantadores:

1º – William Arjona (Sada Cruzeiro) – com 41,67% de eficiência

2º – Bruno Rezende (Sesi-SP) – com 39,01% de eficiência

3º – Gustavo Nogueira (Caramuru Vôlei Castro) – com 36,36% de eficiência

4º – Pedro Gomes (Copel Telecom Maringá) – com 34,62% de eficiência

5º – Thiago Gelinski (Minas Tênis Clube) – com 30,63% de eficiência

 

Melhores Defensores:

1º – Tiago Brendle (Vôlei Brasil Kirin) – com 30,52% de eficiência

2º – Rafael Koettker (São Bernardo Vôlei) – com 29,87% de eficiência

3º – Serginho Nogueira (Sada Cruzeiro) – com 28,57% de eficiência

4º – Thales Ross (Lebes Gedore Canoas) – com 26,28% de eficiência

5º – Mario Júnior (Funvic Taubaté) – com 21,65% de eficiência

 

Melhores Passadores:

1º – Tiago Wesz/Mão (Minas Tênis Clube) – com 48,73% de eficiência

2º – Rogerinho Batista (Minas Tênis Clube) – com 44,93% de eficiência

3º – Robinson Dvoranen (Montes Claros Vôlei) – com 44,27% de eficiência

4º – Murilo Endres (Sesi-SP) – com 42,86% de eficiência

5º – Felipe Lourenço (Copel Telecom Maringá) – com 40,77% de eficiência

 

Texto:  Toque de Bola, com informações da assessoria do JF Vôlei, site CBV e Melhor do Vôlei

Fotos: JF Vôlei e CBV

Edição: Toque de Bola

O Toque de Bola é  administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

18 set 2017
Emoção marca abertura da Semana Paralímpica em Juiz de Fora

18 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.