04 dez 2016

3 sets a 0 sobre o Minas: JF Vôlei faz a “quina” fora de casa e convoca torcida para quarta-feira



Pela Superliga, o JF Vôlei bateu o Minas Tênis Clube por 3 sets a 0 (24/26, 25/27 e 20/25), na tarde deste sábado. Jogando na Arena Minas, em Belo Horizonte, os juiz-foranos alcançaram a quinta vitória seguida na elite do voleibol nacional, uma sequência antes inédita nas seis edições disputadas pela equipe. Com o resultado, o time chega a 13 pontos na tabela de classificação e permanece na sexta colocação.

   Acesse aqui o  scout (dados estatísticos de cada atleta e cada equipe) de Minas 0  x 3 JF (fonte: site  CBV)

 

JF Vôlei superou Minas com autoridade: quinta vitória consecutiva

JF Vôlei superou Minas com autoridade: quinta vitória consecutiva

Bruno Amorim foi considerado peça-chave para o triunfo. O central marcou 8 pontos e levou o troféu VivaVôlei: “Estou muito feliz. Até pouco tempo atrás eu assistia a esses jogos pela TV, e hoje tenho a oportunidade de estar aqui jogando. O time vem em uma evolução gradual. Temos crescido muito e o entrosamento também tem melhorado. É continuar trabalhando, sempre com os pés no chão. Todos temos muita consciência disso”.

O treinador Henrique Furtado analisou o desempenho do time e a campanha no primeiro terço da Superliga: “O momento é fruto da dedicação de todas as esferas do nosso time, dentro e fora de quadra. A forma coletiva como estamos jogando mostra que estamos no caminho certo. Temos errado pouco e conseguido ser agressivos. O desafio é muito grande, porque os adversários são muito capacitados e a competição é longa. Mas estamos chegando bem preparados para cada jogo, adaptando-nos às características dos adversários. Ainda tem muito caminho pela frente, mas estamos de parabéns pelo que fizemos até agora”.

_rla1806

JF Vôlei: Rodrigo Ribeiro, Renan Buiatti, Raphael Marcarini, Felipi Rammé, Bruno Amorim, Romulo Batista e Fabio Paes (líbero);

Entraram: Franco Drago e Juan Mendez (líbero);

Treinador: Henrique Furtado.

2b4b8479

Tarde de homenagem

Jogadores das duas equipes fizeram homenagem à memória das 71 vítimas do acidente aéreo ocorrido na madrugada da última terça-feira, nos arredores de Medellín (Colômbia).  O avião levava jornalistas, jogadores e dirigentes da Chapecoense, que disputaria o título da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional de Medellín.

No protocolo oficial, antes da partida, atletas e comissões técnicas entraram vestindo camisas de luto, com o escudo da Chapecoense. Os times também confeccionaram faixas: a do JF Vôlei, com foto e mensagem de agradecimento ao zagueiro juiz-forano Marcelo, um dos falecidos na tragédia; a do Minas Tênis Clube exaltando a união de todas as equipes esportivas neste momento de extrema tristeza.

2b4b8508

De volta a Juiz de Fora

Na quarta-feira, o compromisso é em casa. O JF Vôlei recebe o Bento Vôlei no ginásio da UFJF, às 19h30.

Os ingressos antecipados têm preço promocional: R$8,00 (meia-entrada) e 16,00 (inteira), na ingressomg.com.br, na Shape Suplementos (Rua Braz Bernardino, 129 e Independência Shopping) e no Shopping dos Clubes (Galeria Bruno Barbosa – Rua Halfeld, 622). No dia do duelo, as entradas sobem para R$10,00 (meia) e R$20,00 (inteira).

O bilhete é gratuito para o torcedor que estiver vestindo a camisa oficial de jogo da atual temporada – 2016/17 -, branca ou vermelha, no ato da compra.

As camisas oficiais do JF Vôlei podem ser adquiridas pelo site da fornecedora de material esportivo do time, a HM Uniformes – www.hmuniformes.com.br – ou na van da empresa, que fica estacionada em frente ao ginásio da UFJF em dias de jogos.

_rla1733
 
Outros jogos

O São Bernardo Vôlei (SP) foi até Maringá (PR) e levou a melhor sobre o Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) por 3 sets a 1 (25/23, 25/22, 19/25 e 25/18), em 2h01 de jogo, no ginásio Chico Neto. O central Wennder brilhou em quadra e ficou com o Troféu VivaVôlei. Apesar da derrota, o time da casa teve o maior pontuador do confronto, o atacante Felix, com 22 acertos.

Com apoio da torcida, o Lebes Gedore Canoas (RS) superou, de virada, o Caramuru Vôlei/Castro (PR) por 3 sets a 1 (21/25, 25/20, 25/20 e 25/21), em 2h01 de jogo, no ginásio La Salle, em Canoas (RS). O central Giovanni teve grande atuação e faturou o Troféu VivaVôlei, de melhor jogador da partida.

Sesi vence no encontro dos 7 campeões olímpicos

O Sesi-SP recebeu o Funvic Taubaté (SP) para um jogo de sete campeões olímpicos em quadra, mas, neste sábado (03.12), o time da casa não enfrentou muita dificuldade para conseguir a vitória por 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 25/18 e 25/18, em 1h30 de partida. O duelo, válido pela sétima rodada da Superliga masculina de vôlei 2016/2017, aconteceu no ginásio do Sesi-SP, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP).

O jovem ponteiro Douglas teve grande atuação e, depois de colaborar bem para a vitória do Sesi-SP, foi eleito o melhor jogador em quadra através de votação popular no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV). O atacante foi premiado, então, com o Troféu VivaVôlei, programa de responsabilidade social da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei.

“Uma vitória em casa contra um time de grande rivalidade é sempre muito importante. Estamos em uma sequência muito forte de jogos, temos Sada Cruzeiro e Vôlei Brasil Kirin ainda pela frente, são os nossos principais adversários e começar com um resultado desse é muito bom. Muito importante para o nosso time estar entre os primeiros a partir de agora”, disse Douglas, que também foi o maior pontuador desta partida, com 14 acertos.

No dia em que houve a cerimônia de velório coletivo com as vítimas do time da Chapecoense, a partida contou com homenagens, minuto de silêncio e torcedores vestidos de verde. E o levantador Bruninho fez questão de falar sobre essa tragédia que deixou todo o país abalado.

“O que podemos fazer é prestar a nossa solidariedade as famílias das pessoas que estavam naquele voo e temos que aprender a valorizar cada momento ainda mais a partir de agora. Temos que aprender a espalhar o amor e coisas boas o tempo todo. Às vezes perdemos tempo com coisas pequenas e isso não leva a nada. Nós todos fazemos o mesmo que eles toda hora, em voos, e sentimos muito por isso tudo”, disse Bruninho.

Pelo lado do Funvic Taubaté, o técnico Cezar Douglas falou sobre a atuação do seu time no jogo de hoje. “Nós entramos para essa rodada sabendo que era preciso buscar uma vitória por três pontos aqui. A partida mostrou um aspecto que viemos falando em sequência, principalmente no início dos sets, quando criamos oportunidades e não conseguimos concluir. Em momentos onde podemos abrir pontos, deixar o adversário sob pressão e não conseguimos pontuar”, comentou o treinador. 

O Sesi-SP volta a jogar no próximo sábado (10.12), quando receberá o Sada Cruzeiro (MG) em um duelo de dois dos principais times da Superliga. A partida será novamente no ginásio do Sesi-SP, na Vila Leopoldina, às 14h10 e terá transmissão ao vivo da RedeTV. O Funvic Taubaté jogará antes, na quarta-feira (07.12) contra o São Bernardo Vôlei (SP) na casa do adversário, às 19h30.

Sesi bateu Taubaté no complemento da rodada

Sesi bateu Taubaté no complemento da rodada

O JOGO

O Funvic Taubaté abriu o jogo com ponto em erro de saque do adversário. O Sesi-Sp devolveu com Lucão. O placar seguiu equilibrado. No ace de Otávio, o time visitante fez 5/4. Aracaju devolveu o ponto de saque e foi a vez dos donos da casa assumirem o comando do marcador: 6/5. Com Lucarelli, o Tauabté chegou ao ponto de empate (8/8). A partida seguiu igual, com as equipes trocando pontos. O time do Vale do Paraíba teve um de vantagem em 12/11. No bloqueio, o Sesi-SP deixou tido igual em 15 pontos. Com Théo na saída de rede, o time da casa abriu dois (17/15) e Cezar Douglas pediu tempo. Em boa combinação de Raphael com Otávio, o Funvic Taubaté chegou novamente ao empate: 17/17. Na sequência foi a vez do time visitante passar a frente em 19/18. O Sesi-SP virou e quando fez 21/19 o adversário pediu tempo. No bloqueio de Lucão, o time da casa marcou 24/21 e, na sequência, fechou em 25/23.

Lucão conseguiu bom saque e o Sesi-SP fez 2/1 logo no começo do segundo set. O time da casa saiu na frente e, em boa passagem de Raphael pelo saque, o Funvic Taubaté chegou ao ponto de empate em 4/4 no bloqueio simples de Lucarelli. No erro de saque dos visitantes, os donos da casa colocaram um de vantagem: 8/7. No ace de Lucão, o Sesi-SP marcou 10/8. Depois de grande recuperação de bola de Lucas Lóh, com o pé, o Taubaté empatou em 11/11. Com ponto de bloqueio de Lóh, 13/12. No saque de Murilo, o Sesi-SP assumiu o comando do placar em 16/15. Quando fez 17/15, Cezar Douglas parou o jogo. Contando com erros do adversário, o Sesi-SP abriu três (20/17). O marcador foi a 22/18 e o treinador do Funvic Taubaté pediu mais um tempo. Em grande passagem de Douglas pelo saque, o Sesi-SP fechou em 25/18.

O Sesi-SP começou melhor o terceiro set e, com Lucão bem no saque, abriu 4/1. Cezar Douglas pediu tempo. O time da casa ainda fez 6/2 e seguiu melhor em quadra, marcando 9/4. Com Bruninho pontuando depois de bom saque de Lucão, o Sesi-SP fez 13/8. O Funvic Taubaté reduziu a diferença para 13/11 e Pacheco pediu tempo. No ponto de saque de Douglas, o Sesi-SP voltou a abrir (17/12) e foi a vez de Cezar Douglas parar o jogo. Contando com erros do time visitante, o Sesi-SP não enfrentou muitas dificuldades para abrir 21/14. Melhor em quadra, o Sesi-SP fechou o set em 25/18 e o jogo em 3 a 0.

EQUIPES

SESI-SP – Bruno, Théo, Lucão, Aracaju, Murilo e Douglas. Líbero – Serginho
Entraram – Alan
Técnico: Marcos Pacheco

FUNVIC TAUBATÉ – Raphael, Wallace, Éder, Otávio, Lucas Lóh e Lucarelli. Líbero – Mário Jr.
Entraram – Mesa, Kaio, Gelinski, Japa, Matheus
Técnico: Cezar Douglas

SUPERLIGA MASCULINA 2016/2017

SÉTIMA RODADA DO TURNO

01.12 (QUINTA-FEIRA) – Montes Claros Vôlei (MG) 3 x 1 Vôlei Brasil Kirin (SP), às 21h55, no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG) (21/25, 25/17, 25/18 e 25/22)
02.12 (SEXTA-FEIRA) – Bento Vôlei/Isabela (RS) 0 x 3 Sada Cruzeiro (MG), às 19h, no Municipal, em Bento Gonçalves (RS) (14/25, 25/27 e 18/25)
03.12 (SÁBADO) – Minas Tênis Clube (MG) 0 x 3 JF Vôlei (MG), às 17h, na Arena Minas, em Belo Horizonte (MG) (24/26,    25/27 e 20/25)
03.12 (SÁBADO) – Copel Telecom Maringá Vôlei (PR) 1 x 3 São Bernardo Vôlei (SP), às 18h, no Chico Neto, em Maringá (PR) (23/25, 22/25, 25/19 e 18/25)
03.12 (SÁBADO) – Lebes Gedore Canoas (RS) 3 x 1 Caramuru Vôlei/Castro (PR), às 18h, no La Salle, em Canoas (RS) (21/25, 25/20, 25/20 e 25/21)
03.12 (SÁBADO) – Sesi-SP 3 x 0 Funvic Taubaté (SP), às 19h30, na Vila Leopoldina, em São Paulo (SP) (25/23, 25/18 e 25/18)

 
 
Textos: assessoria JF Vôlei e site Confederração Brasileira de Voleibol
 
Fotos: Orlando Bento/MTC e site CBV
 
Edição:  Toque de Bola
 
O Toque de Bola é administrado  pela www.mistoquentecomunicacao.com.br  

Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 abr 2017
Lúdyo pede equilíbrio ao Baeta e quer jogadores que entendam melhor o Módulo 2

19 abr 2017
Em seu pior momento na competição, Baeta recebe o Boa. Confira os números do hexagonal

18 abr 2017
Copa do Brasil Sub-20: começa a segunda fase

14 abr 2017
Definidos nove primeiros jogos do Tupi na Série C. Estreia em Tombos

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse