14 out 2016

Torcedores que invadiram treino do Tupi condenam apatia do time. “Se for cair, vamos cair com dignidade”, diz organizada



O treino do Tupi na quarta, 12, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, teve invasão de membros da torcida organizada Tribo Carijó. A intenção era um protesto pacífico e uma conversa com o elenco. A polícia chegou a ser acionada, mas tudo ocorreu tranquilamente. “Mostrar para eles que o Tupi tem torcida e que a gente está de olho”, diz Daniel do Santos, diretor da Tribo Carijó.

 

Torcedores conversaram com o elenco após o treino (Foto: Antônio Neto)

Torcedores conversaram com o elenco após o treino (Foto: Antônio Neto)

 

 Cobrança sem alvos específicos

O treino ocorria na tarde do feriado de Nossa Senhora Aparecida e tinha os portões do estádio fechados. Alguns membros da torcida entraram por baixo dos portões, outros pularam. A polícia foi acionada e retirou os torcedores das dependências do Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. Após o treino, os jogadores vieram até o portão principal para conversar com os membros da torcida organizada. A cobrança por mais empenho não tinha alvos específicos: todos os jogadores foram cobrados da mesma maneira.

O diretor da torcida organizada Tribo Carijó, Daniel dos Santos, falou ao Toque de Bola sobre o objetivo da ação realizada no treino da quarta, 12.

Foi uma forma de protestar, fazer uma cobrança aos jogadores. A gente viu vários jogos que o time joga o primeiro tempo bem, chega no segundo e parece que o time cansa. A gente não sabe se é cansaço mesmo. Achamos que por parte de alguns jogadores tem corpo mole nos jogos, principalmente o último jogo contra o Bahia: a gente viu o time já tomando uma goleada logo no primeiro tempo, um time muito apático em campo. Então não podemos deixar os jogadores fazerem o que querem, eles têm que respeitar o time, dar raça. A gente sabe que são jogadores fracos, têm limitações técnicas, mas pelo menos dar raça, é isso que queremos.

Se a gente for cair, vamos cair com dignidade. Eles dando raça em campo e honrando a camisa do Tupi. O objetivo foi cobrar esses jogadores, principalmente falar com o capitão Renan para que ele passasse para os demais no elenco. Mas o bom é que a conversa foi com todos os jogadores e a gente conseguiu cobrar cara a cara cada um. Inclusive já vimos vários jogadores em baladas aqui em Juiz de Fora, então a gente também cobrou esses jogadores. Eles têm o direito de sair, tem o momento de lazer, mas enquanto não estiverem rendendo em campo, acho que isso não é válido. Se o jogador sai e rende em campo é uma coisa, mas ele sair para a balada e não render em campo a situação já muda.

Foi uma cobrança pacífica, mas a gente quer mostrar para eles que o Tupi tem torcida e que a gente está de olho e vai cobrar. Já fizemos um protesto antes das Olimpíadas, foi mais discreto, em Santa Terezinha. A gente conseguiu conversar com eles também e não teve mudança. Agora a gente espera que pelo menos nessa reta final, com essa cobrança, eles deem sangue em campo.

 

Ação da Tribo Carijó ocorreu de maneira pacífica (Foto: Antônio Neto)

Ação da Tribo Carijó ocorreu de maneira pacífica (Foto: Antônio Neto)

Em nota enviada pela assessoria de comunicação, o Tupi lamentou o acontecimento:

Em relação ao ocorrido no treinamento de quarta-feira, o Tupi Football Club entende que os torcedores, sobretudo aqueles que estão constantemente no estádio têm direito de se manifestar, desde que de forma respeitosa e pacífica. O clube lamenta a invasão das dependências do Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. Após a atividade, representantes da diretoria e todos os jogadores conversaram com os torcedores presentes, que se comprometeram a continuar apoiando o galo carijó.

 

Texto: Toque de Bola

Foto: Antônio Neto

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse