05 jul 2016

Tupi perde para o Vila Nova e volta para a lanterna da Série B. Ainda há luz para o carijó?



Mais uma derrota na conta do Tupi. O Galo fez duas partidas como visitante e perdeu as duas. Depois do revés diante do Sampaio Corrêa, o Alvinegro também perdeu para o Vila Nova, em Goiás. O placar apontou 1 a 0 para o time mandante, gol de Reginaldo.

Com os resultados da rodada, o time de Juiz de Fora voltou para última colocação e segue a cincos de distância para a primeira equipe fora da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada o Tupi recebe o Ceará sexta-feira, 8, às 21h30, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, pela rodada 15 da Série B, com cobertura nas redes sociais do Toque de Bola, com apoio de Hiperroll Embalagens e Plasc.

 

 Veja como ficou a classificação (fonte: CBF. Se preferir, clique na imagem para ampliar)

 

Série B em 3-7 13599728_1397524663594260_890371951_n

 Falta de criatividade

As posições de Tupi e Vila Nova na tabela de classificação mostravam a importância de uma vitória no confronto direto. O medo da derrota parece ter feito com que as equipes se respeitassem até demais. Até os 30 minutos do primeiro tempo, não houve, se quer, uma finalização com perigo.

A primeira chance de gol surgiu apenas aos 31 minutos da etapa inicial. Vandinho girou dentro da área e bateu em cima do goleiro Rafael Santos, que fez boa defesa. O Vila Nova tinha mais posse de bola até que aos 35 minutos, Carmona cobrou escanteio na cabeça de Reginaldo, que mandou para o fundo do gol.

  Pesadelo no escanteio

Sofrer um gol após cobrança de escanteio, embora não seja pecado só da equipe carijó (na Série A também tem ocorrido com frequência), tem sido um roteiro repetitivo e irritante do time juiz-forano na Série B. Muitos torcedores ainda comentam, por exemplo, o gol sofrido em Juiz de Fora para o Oeste, também numa derrota por 1 a 0. Na cobrança de um escanteio rasteiro da direita, de Léo recebeu sem qualquer marcação dentro da área e bateu para o gol, num lance de incrível desatenção que tem se tornado frequente, só com a mudança de alguns personagens. Em todos eles, falhas de atenção ou posicionamento do Tupi. O que o torcedor costuma chamar de “dar mole” ao adversário.

 

Tupi não apresentou bom futebol e foi derrotado pela nona vez na Série B. Foto: Cristóvão Matos

Tupi não apresentou bom futebol e foi derrotado pela nona vez na Série B. Foto: Cristóvão Matos

 

 Jogo morno e sem reação

Com o placar adverso, coube ao Tupi voltar para o segundo tempo buscando o gol de empate. O time de Estevam Soares teve maior posse de bola nos minutos iniciais, mas não transformou em oportunidades claras. Com o passar do tempo o Vila Nova equilibrou a partida e não permitiu a pressão alvinegra.

Aos 37 minutos do segundo tempo o Tupi teve a melhor chance para empatar o jogo. Jonathan fez boa jogada na lateral da grande área, tocou para Ygor que finalizou para o gol sem goleiro. A bola explodiu em Gustavo Geladeira. O Galo não teve poder de reação e não converteu as poucas oportunidades.

 

01 X 00 VILA NOVA X TUPI

 

FICHA TÉCNICA

VILA NOVA: Edson; Magno Silva; Gustavo; Anderson; Reginaldo; Marcelo Cordeiro; Robston (Roger); Victor Bolt; Vandinho (Frontini); Pedro Carmona (Rafinha); Fabinho; Técnico Guilherme Alves

TUPI: Rafael Santos; Douglas; Rodolfo; Renan Teixeira; Bruno Costa (Giancarlo); Marcos Serrato (Ygor); Gabriel Sacilotto (Filipe Alves); Vinícius Kiss; Jonathan; Rubens; Técnico Estevam Soares

ARBITRAGEM: Luiz Cláudio Sobral (PE); Marcelino Castro de Nazaré (PE) e Ricardo Bezerra Chianca (PE).

GOL: Reginaldo, aos 35 da primeira etapa (VIL);

CARTÃO AMARELO: Vinicius Kiss;

 PÚBLICO:  3085 Presentes (2351 Pagantes)

RENDA: R$ 23.290,00

LOCAL: Estádio Serra Dourada – Goiânia (GO);

ESTATÍSTICAS: (Fonte: Soccer Way)

statcs

 

Veja como foram os outros jogos da rodada pela Série B (fonte: site CBF)

Jogos de sexta-feira

Sampaio Corrêa 0 x 0 Paysandu

Nesta sexta-feira, dia 1º, Sampaio Corrêa-MA e Paysandu abriram a 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Tentando escapar da degola, o time maranhense pressionou o Papão no Castelão, em São Luís, mas não conseguiu balançar as redes. A equipe paraense, que não perde e nem sofre gols há sete rodadas, também não marcou, e os times ficaram no 0 a 0.

 Londrina 2 x 2 Criciúma

Brigando para entrar no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro, Londrina e Criciúma se enfrentaram nesta sexta-feira (1), no Estádio do Café, e empataram em 2 a 2. Com apenas um ponto somado, o Tigre subiu para o quinto lugar, enquanto o Tubarão ocupa a nona posição.

Jogos de sábado 

Pela 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, na tarde deste sábado, 2, em briga direta pela liderança, o Atlético-GO derrotou o Náutico por 3 a 0, em casa, e empatou em número de pontos com o Vasco (ambos com 28). A equipe do Rio de Janeiro perdeu por 2 a 0 para o Avaí, em Florianópolis, mas segue em primeiro lugar pelo critério de número de vitórias – nove contra oito do time goiano. Nas outras partidas, Paraná, Oeste-SP e Brasil-RS venceram seus respectivos adversários e garantiram três pontos.

Avaí 2 x 1 Vasco

Na Ressacada, o Vasco sofreu sua segunda derrota consecutiva. Ainda líder da competição, o time carioca foi surpreendido pelo Avaí, que venceu por 2 a 1. Os gols da partida só saíram no segundo tempo. Aos quatro minutos, Renato Júnior ficou com a sobra após cobrança de falta e abriu o placar para o Leão. Aos 19, Lucas Fernandes fez boa jogada pela direita e tocou para Rômulo, que aproveitou falha da defesa vascaína e ampliou: 2 a 0. O Vasco descontou aos 40. Caio Monteiro iniciou a jogada, e Nenê chutou para defesa de Renan. No rebote, o próprio atacante colocou para dentro. Mesmo com a derrota, a equipe do Rio de Janeiro segue em primeiro lugar, mas sabe que a disputa pelo topo está acirrada.

Atlético-GO 3 x 0 Náutico

No Serra Dourada, o Atlético-GO manteve o embalo na competição e derrotou o Náutico por 3 a 0. O Timbu até iniciou o jogo melhor, ficando mais tempo no campo de ataque na primeira etapa. A melhor chance foi com Bergson, que não teve sucesso na finalização. Depois dos 20 minutos, só deu o time da casa. Aos 24, Gilsinho arriscou da intermediária, a bola bateu no travessão e entrou. Pouco depois, Jorginho deu bom passe para Magno Cruz, que colocou Alison na cara do gol: 2 a 0. Aos 24 do segundo tempo, Magno Cruz recebeu dentro da área, bateu cruzado e superou o goleiro Rodolpho.

Bragantino 0 x 1 Paraná

Com gol de Lúcio Flávio, o Paraná venceu o Bragantino por 1 a 0, em Bragança Paulista (SP), e conquistou a terceira vitória seguida na Série B. Com 23 pontos, a equipe paranaense subiu na classificação. O Braga, que chegou ao sétimo jogo sem vencer, segue com 11 pontos.

Brasil 2 x 0 Joinville

Jogando em casa, no Centenário, o Brasil de Pelotas-RS só precisou de 16 minutos para garantir a vitória por 2 a 0 sobre o Joinville. Aos cinco do primeiro tempo, Marcos Paraná fez boa jogada individual e abriu o placar. Depois, Felipe Garcia marcou o segundo. Agora com 22 pontos, o Xavante volta a olhar o G-4 mais próximo. Já o Joinville não vence há seis rodadas. Tem 11 pontos.

Luverdense 0 x 1 Oeste

No Passo das Emas, o Oeste-SP surpreendeu o Luverdense-MT e saiu com a vitória por 1 a 0. O time da casa teve muita dificuldade para criar as jogadas e viu a equipe paulista abrir o placar aos 19 minutos do primeiro tempo. Matheus Vargas recebeu passe de Ricardo Bueno e garantiu o triunfo do Oeste.

Ceará 1 x 0 Bahia

Podendo terminar a 14ª rodada no G-4 da Série B do Campeonato Brasileiro, o Bahia visitou o Ceará neste sábado e saiu derrotado por 1 a 0 de Fortaleza. Com gol de Rafael Costa, o Vozão abriu o placar logo no início e, apesar do equilíbrio na partida, conseguiu segurar o resultado até o fim.

No Castelão, o Ceará abriu o placar logo aos três minutos de jogo. Após cobrança de falta da intermediária esquerda, Rafael Costa subiu no meio da zaga e não desperdiçou a chance de marcar para o Vozão. Buscando o empate, o Bahia construiu boas jogadas no primeiro tempo e teve as melhores chances com Hernane e Edigar Junio. Aproveitando alguns erros do adversário, o Ceará explorou os contra-ataques, mas também não marcou. Na volta do intervalo, os times seguiram com um jogo equilibrado, com chances para os dois lados. Novamente com Hernane (duas vezes) e Edigar Junior, o Esquadrão de Aço teve as melhores chances de empatar.

CRB 2 x 1 Goiás

Em Maceió, CRB-AL e Goiás encerraram a 14ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro neste sábado (2). Brigando para se manter no G-4 da competição, o time alagoano venceu por 2 a 1 e segue em quarto lugar, agora com 25 pontos. O Esmeraldino, que luta para se afastar da zona de perigo, ocupa a 16ª posição, com 14 pontos.

No Rei Pelé, o CRB saiu na frente aos seis minutos de jogo. Renan saiu mal do gol após lançamento de Diego, e Luidy tocou de cabeça para abrir o placar. O Goiás demonstrou reação e levou perigo nos chutes de Léo Sena e Carlos Eduardo, que obrigou o goleiro Julio Cesar a fazer boa defesa. Aos 34 ainda do primeiro tempo, Diego Jussani encheu o pé em cobrança de falta e ampliou para o Galo: 2 a 0.

Na volta do intervalo, o Goiás mandou uma bola na trave aos seis minutos, em cabeçada de Léo Lima. Depois disso, o CRB desperdiçou ótima chance de ampliar com Weliton Júnior, que recebeu livre na área mas, na hora de tocar para Luidy, mandou muito forte. Sentindo a pressão do time da casa, o Goiás voltou a arriscar. Aos 30, Rafael Lucas bateu no canto e a bola passou perto do gol. Um minuto depois, Léo Lima lançou Carlos Eduardo, que recebeu nas costas da defesa do CRB e bateu cruzado para descontar para o Goiás: 2 a 1. Os times ainda pressionaram nos acréscimos. Os goianos arriscaram com Patrick, e Zé Carlos, no contra-ataque, encheu o pé para tentar ampliar para o CRB, mas o goleiro Renan fez a defesa. No último lance, mais pressão. Em cobrança de falta para o Esmeraldino, Anderson Sales bateu e a bola passou muito perto do gol e o árbitro encerrou a partida.

Confira, abaixo, todos os resultados da 14ª rodada da Série A (arte Toque de Bola)

 

14A RODADA_TUPI CAMPEONATO BRASILEIRO SERIE B INSTAGRAM

 

Confira, abaixo, todos os jogos da 15ª rodada da Série A (arte Toque de Bola)

15A RODADA_TUPI CAMPEONATO BRASILEIRO SERIE B INSTAGRAM cópia 2

 

Texto: Toque de Bola, com texto inicial de Cérix Ramon, informações e textos da rodada do site da CBF e edição e supervisão de Ivan Elias

Artes: Toque de Bola e Soccer Way

Foto: Cristóvão Matos


Voltar

Uma Resposta to “Tupi perde para o Vila Nova e volta para a lanterna da Série B. Ainda há luz para o carijó?”

  1. Elizeu
    02/07/2016 às 11:50

    A diretoria deve tomar providências.
    Jogo sexta-feira 21:30h? É complicado demais, sábado à tarde seria mais fácil colocar gente no Mário Heleno para apoiar o time, tenho ido à noite, mas é difícil demais incentivar os torcedores a ir e abraçar o time, as vezes parece que eles não querem ser abraçados.
    O time tecnicamente não é tão ruim, vemos falta de comprometimento de alguns. São lances de extrema inocência, gols bobos e desfalques relevantes, mas o elenco é limitado demais. Cadê as campanhas de marketing? cadê o time competitivo? Temos muito que evoluir, Tupi é Juiz de Fora, e não se classificou para a série B para ser saco de pancadas não, ou foi?????

Deixe uma resposta

Notícias


19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

19 out 2017
Copa Toque de Bola de Futsal: Academia destaca “movimento esportivo” gerado pela competição

19 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

18 out 2017
Faefid-UFJF recebe nota máxima em avaliação, foca em “atuar com pessoas” e vê trabalho dobrado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.