09 jun 2016

Novo técnico do Tupi, Estevam Soares fala em força-tarefa para buscar a reação na Série B



O site do Tupi divulgou, na manhã desta quinta-feira, 9, a confirmação de Estevam Soares como o novo treinador da equipe para a sequência da Série B do Campeonato Brasileiro, em lugar de Ricardo Drubscky, que deixou o comando na quarta-feira, após a derrota para o Oeste, na véspera, a sexta em sete jogos pela competição nacional.

Bronca em Juiz de Fora

  Acesse aqui para lembrar como foi a partida entre Tupi e Portuguesa, pela Série C do ano passado, em Juiz de Fora.

Estevam Soares dirigia a Portuguesa e reclamou muito da arbitragem em função do gol da vitória carijó, marcado por Bruno Aquino.

Júnior Lopes também dirigiu Lusa e Tupi

Outra lembrança importante na roda-vida do futebol envolvendo a trajetória do Tupi: no encontro do primeiro turno da Série C entre as duas equipes, o Carijó bateu a Lusa por 1 a 0 no Canindé, gol de Daniel Moraes. O treinador da Lusa, no entanto, era Júnior Lopes, contratado ao final do ano passado para dirigir o Tupi. Logo no início do Campeonato Mineiro deste ano, porém, Júnior Lopes deixou o time após um mau início e o risco de rebaixamento. Acesse aqui para lembrar a demissão de Júnior Lopes num sábado de carnaval, em matéria do Toque de Bola. O título foi “Samba carijó atravessa e diretoria troca comissão de frente”.

Estevam Soares treinou a Portuguesa (SP) na Série C de 2015 e enfrentou o Tupi em Juiz de Fora

Estevam Soares treinou a Portuguesa (SP) na Série C de 2015 e enfrentou o Tupi em Juiz de Fora

 Veja texto divulgado pelo site do Tupi

Estevam Soares é o novo técnico do Tupi. O martelo foi batido na noite de quarta-feira, 8. Ele chega a Juiz de Fora nesta quinta-feira, 9, e será apresentado aos jogadores no treinamento de sexta-feira, 10 de junho, data em que o novo técnico do Alvinegro completará 60 anos de vida. Ele chega prometendo muito trabalho e afirma que o Galo Carijó precisará de uma força-tarefa envolvendo todos os setores do clube e até mesmo da cidade para que a situação na Série B seja revertida.

Estevam iniciou a carreira como treinador em 1994 no Primavera de Indaiatuba (SP), último time que defendeu como jogador. Desde então, trabalhou em grandes clubes do futebol brasileiro, como Botafogo, Palmeiras, Portuguesa, Ponte Preta, Guarani, Ceará e Náutico. Também atuou no exterior: foi treinador do Olympic Beirut (Líbano) e Al-Ittihad (Arábia Saudita). Como jogador, Estevam Soares foi campeão brasileiro jogando pelo São Paulo em 1977. Dez anos depois, foi o capitão do Sport na conquista do Módulo Amarelo da Copa União. Aquela equipe é considerada pela CBF como campeã brasileira daquele ano.

“A expectativa para trabalhar no Tupi é muito grande, por isso acertei com o clube. A Série B do Campeonato Brasileiro está muito competitiva. É uma vitrine muito boa, se comparando com a Série A em termos de qualidade técnica. Além disso, a própria história do Tupi me atraiu. Enfrentei o clube no ano passado, na Série C, pela Portuguesa. As informações que recebi sempre foram as melhores em relação à seriedade do clube”, destacou o novo treinador.

Estevam Soares tem conhecimento que a situação no Tupi na Série B está complicada. Em sua avaliação, as coisas somente vão melhorar com muito trabalho. “Vai ser uma empreitada muito grande. Estou assumindo um time que tem aproveitamento muito baixo na competição. Mas se trata de um campeonato longo e temos tempo para recuperar. Precisamos de uma força tarefa envolvendo vários segmentos do clube e até mesmo da cidade para que as coisas se revertam. É um grande desafio, mas eu não fujo de desafios”, afirmou.

Perguntado sobre a cobrança por parte da torcida, Estevam manteve a tranquilidade: “Eu acho que o protesto, o descontentamento, é normal, já que o time está com aproveitamento muito baixo. Mas esses protestos têm que ser pacíficos. Chegou o momento, como se diz popularmente, ‘se ficar o bicho come e se correr o bicho pega’. A palavra chave tem que ser trabalho. Trabalho, trabalho, trabalho… A tendência normal é sermos recompensados dentro de campo, mas se todos os segmentos caminharem de mãos dadas”, afirmou Estevam Soares, por telefone, ao site do clube.

 

Texto: site Tupi

Foto:

Edição: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

20 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

18 set 2017
Emoção marca abertura da Semana Paralímpica em Juiz de Fora

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.