12 maio 2016

Olimpíadas: equipe de atletismo canadense visita campus da UFJF e fala em três medalhas



   A exatos três meses para o início das disputas de atletismo nos Jogos Olímpicos, no Rio de Janeiro, três integrantes da equipe técnica canadense da modalidade visitaram as instalações da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) nesta quinta-feira, 12.

O trio esteve na Faculdade de Educação Física e na Via São Pedro, na Cidade Alta, que serão utilizadas para treinamento das delegações olímpicas e paralímpicas.

Coordenador da equipe técnica, Peter Eriksson afirmou que as instalações da UFJF são exatamente o que a equipe estava precisando para preparar os atletas. A avaliação foi referendada por chefes e integrantes de cada setor da federação de atletismo canadense, para quem Eriksson se reportou, em detalhes, sobre o que viu na Universidade. Um dos destaques da Faefid é a qualidade da pista de atletismo, em padrão internacional. “Estamos recebendo excelente suporte da Universidade. Não temos nada com que nos preocupar”, disse.

Jessica Scarlato, Peter Eriksson e Jared Malleod estiveram esta semana em JF (Foto: Twin Alvarenga - UFJF)

Jessica Scarlato, Peter Eriksson e Jared Malleod estiveram esta semana em JF (Foto: Twin Alvarenga – UFJF)

Duas a três medalhas

A expectativa de Eriksson é que o Canadá conquiste entre duas a três medalhas, no atletismo, considerando a obtenção de oito pódios no  campeonato mundial da modalidade em 2015. O coordenador, que atuou com a equipe britânica em 2012, espera a classificação de mais de 60 atletas para os Jogos.

A maioria deles deve vir à UFJF, conforme o profissional. Soma-se à lista o marido da canadense Brianne Theisen-Eaton, o americano Ashton Eaton, ouro no decatlo, nos Jogos de Londres, em 2012, e nos mundiais de 2015 e 2013. O técnico de ambos, Harry Marra, é contratado pela equipe canadense.

Entre os atletas que não virão a Juiz de Fora estão maratonistas que precisaram de locais com altitude mais elevada para o treino e  profissionais que permanecerão em atividade, em centros de treinamento, nos Estados Unidos, indo direto ao Rio. A relação com o nome dos atletas não foi finalizada.

  Intercâmbio de experiência
Além de ter contato com esportistas de alto rendimento, técnicas e profissionais da área, a Faculdade de Educação Física promoverá workshop com as delegações e a comunidade acadêmica. Essa foi uma das condições do acordo, formalizado em 2014, para o acolhimento das esquipes na instituição.

“Estaremos dispostos para tudo o que a Universidade quiser saber. Na nossa equipe, teremos nutricionistas, psicólogos, médicos do Esporte. Falarei sobre esportes paralímpicos. Também já estamos constantemente aprendendo com a Universidade, o processo tem sido sem obstáculos e de boa recepção”, disse Peter, que obteve, por meio de seus atletas paralímpicos, mais de 122 medalhas ao longo de 30 anos de carreira.

“Haverá troca de conhecimento sobre métodos de treinamento, recuperação pós-treino, reabilitação, como também sobre análise de desempenho dos atletas. O benefício não é só para a área esportiva,  mas também para outras, a exemplo de comunicação, fisioterapia e tecnologia – como o aprendizado a respeito de roupas e materiais esportivos”, afirma o professor e assessor de Assuntos Esportivos da Faefid, Heglison Toledo.

A data prevista para a vinda da delegação olímpica é 31 de julho, conforme o diretor da Faculdade de Educação Física, Maurício Bara. Antes, no dia 20 de julho, é esperada a equipe chinesa de atletismo. As primeiras disputas da modalidade nos Jogos ocorrem no dia 12 de agosto.

Acompanham Eriksson, o líder de equipes, Jared Malleod, e a gerente de equipes, Jessica Scarlato. O trio parte de Juiz de Fora nesta sexta-feira.

Canadá nas Olimpíadas
Os atletas canadenses conquistaram 52 medalhas no atletismo em 26 edições dos jogos olímpicos de que participaram, sendo 13 de ouro. Em 2012, a única medalha foi obtida pelo atleta Derek Drouin, que obteve bronze no salto em altura.

Nos jogos de Pequim, em 2008, a corrida de 100 metros com barreiras feminina levou o bronze e assegurou o único pódio para o Canadá nessa modalidade com Priscilla Lopes-Schliep.

Texto, informações e foto enviados ao Toque de Bola pela Diretoria de Imagem Institucional da Universidade Federal de Juiz de Fora 
Edição: Toque de Bola
O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br

Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

20 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

18 set 2017
Emoção marca abertura da Semana Paralímpica em Juiz de Fora

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.