20 out 2015

Confira os resultados extra-oficiais da Corrida e Caminhada – Todos pela Inclusão



Com mais de mil participantes inscritos, a primeira edição da Corrida e Caminhada – Todos pela Inclusão, organizada pela ALAE, movimentou o Estádio Municipal Radialista Mário Helênio na manhã do domingo, 18. Robinson Gomes (Cria/UFJF) e Mariângela Jenevaim (Life&Lyle/Gemacom Tech) foram os mais velozes nos 6,2 km de prova.

Confira a formação dos pódios no individual e demais resultados do evento: 

RESULTADO – GERAL MASCULINO

1) ROBINSON GOMES DA SILVA JUNIOR – 19:42.0

2) ANTONIO JOSÉ DA SILVA – 20:20.5

3) NILMAR DOS SANTOS – 20:28.6

4) FRANCISCO VERISSIMO PERROUT – 20:41.4

5) NEEMIAS ALVES DA CRUZ – 20:43.4

 

RESULTADO – GERAL FEMININO

1) MARIANGELA DE PAULA JENEVAIN – 27:35.9

2) TAMIRES OLIVEIRA MOREIRA – 27:36.9

3) MARINA PEIXOTO FRÁGUAS – 28:17.8

4) NAYARA FÁTIMA MOREIRA NEVES – 28:45.5

5) ADRIANA RUSSI – 29:00.5

Clique sobre os anexos abaixo para conferir os resultados extra-oficiais divulgados pela coordenação do evento:

EXTRAOFICIAL – CAMINHADA – I CORRIDA DA ALAE

Premiação para cadeirante

Premiação para cadeirante

EXTRAOFICIAL – GERAL FEMININO – I CORRIDA DA ALAE

Pódio geral feminino

Pódio geral feminino

EXTRAOFICIAL – GERAL MASCULINO – I CORRIDA DA ALAE

Cinco vencedores no individual masculino

Cinco vencedores no individual masculino

EXTRAOFICIAL – PNEs (CAMINHADA) – I CORRIDA DA ALAE

Premiação - Deficiente visual

Premiação para deficiente visual com o juiz-forano mesatenista campeão, Alexandre Ank

EXTRAOFICIAL – PNEs (CORRIDA) – I CORRIDA DA ALAE

Premiação - Deficiente físico

Premiação – Deficiente físico

Além da corrida e caminhada

A programação contou com aquecimento, show da banda juiz-forana Etcoetera, premiação para os campeões nas categorias masculina e feminina e para deficientes, além de homenagens aos parceiros e patrocinadores da prova. Já os percursos se dividiram entre 6,2km e 4km, ambos com largada às 8h.

Para o coordenador geral do evento e voluntário da ALAE, José Mauro Cupertino, organizar a prova foi um grande desafio, que começou ano passado, quando a equipe da ALAE venceu o Desafio das Assessorias Esportivas, feito pela Camilo dos Santos, em uma corrida do Ranking:

“Quando ganhamos sentimos uma responsabilidade muito grande perante os corredores e caminhantes, e também junto ao Grupo Camilo dos Santos, que nos levou a fazer tudo a partir do início desse ano para termos uma equipe participando de todas as corridas e também ter uma com o nome da causa da Inclusão Social, que é o que nós conseguimos”, comenta. Para José Mauro, essa união entre o esporte e a inclusão social é fantástica: “Não tenho dúvidas de que o esporte se não é a maior, é uma das maiores ferramentas de inclusão social”.

 

 Falem, campeões!

Em um percurso rápido de 6,2km, o campeão no geral masculino foi Robinson Gomes (Cria/UFJF), de apenas 18 anos: “A organização foi muito boa. Como treino na pista, prefiro percursos que são mais planos, como esse. Acho que ele também favorece quem é deficiente físico”. O atleta, que acumula títulos nacionais importantes no atletismo previa fazer a prova com 20 minutos, mas conseguiu abaixar o seu tempo e chegar com 19min42s.

Já no geral feminino a vencedora foi a veterana Mariângela Jenevain (Life&Lyle/ Gemacom Tech), 53, com 27min35s: “Gosto muito de participar de corridas que têm como objetivo ajudar o próximo. Estou sempre presente! O percurso plano favorece todo mundo, porque não tem morros e dá para participar tranquilo. Depois que você passa dos 5.0 e ainda consegue correr no meio dessa meninada e ganhar, é bom demais!”.

 

Pela Inclusão Social

Entre os participantes da prova estavam Vilma Maria e Juscelino Júnior, mãe e filho, este assistido da ALAE. Vilma reiterou o valor das corridas no dia-a-dia de Juscelino: “O esporte é muito importante para a nossa vida, é saúde! Também tem a integração com as outras crianças. Meu filho gosta muito de vir para as corridas, acorda muito animado e correu o percurso todo hoje! A organização foi muito boa e agora, vamos participar das próximas corridas e festividades da ALAE”, comenta.

Já Francisco Condé mora em Barbacena e foi convidado por amigos para participar da equipe de corrida da ALAE: “Essa instituição faz um trabalho de inclusão muito bacana e agora estamos aqui dando uma força para essa moçada e fazendo um pouco de atividade física. A prova foi maravilhosa, em uma manhã muito generosa, porque depois de um calor muito grande no sábado, hoje foi tudo nota 10. A união entre a inclusão social e o esporte é primordial!”.

Independente do tempo para completar a prova, idade ou classe social, uma coisa era visível em quem estava presente: o apoio à inclusão social. Um bom exemplo é o da corredora Arlete Fátima da Silva, que gosta de correr e tem uma prima que é portadora da Síndrome de Down: “Um motivo a mais para correr e apoiar a causa da Inclusão Social”, conta.

 

 

 

Texto, resulados e fotos enviados pela assessoria de imprensa do evento

Edição: Toque de Bola

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.