10 set 2015

Pressão: Juventude vê Tupi como “final” e faz promoções para ter casa cheia



É tudo ou nada. Faltando três rodadas para o fim da Série C, o Juventude encara o Tupi com um único objetivo neste domingo, 13, às 16h: vencer. Após perder na última partida por 4 a 2 para a Portuguesa, adversária direta na briga pela vaga no G4, o Alviverde, 22 pontos, ficou a dois pontos da Lusa, quarta colocada, e a três do Brasil de Pelotas, terceiro lugar. E ainda tem a “sombra” do Guarani, também no páreo, com 20 pontos ganhos, em sexto lugar.

  O Toque de Bola informa o andamento do jogo nas redes sociais neste domingo, 13, a partir de 15h45.

  É final

Com a frase “Todo jogo é Final”, que já vinha utilizando antes de outros confrontos, o Esporte Clube Juventude anuncia a partida diante do Carijó no site e nas redes sociais. Veja, abaixo, a arte produzida pelo clube e publicada em seus veículos oficiais de comunicação.

11928738_527463764089919_7805338821027927573_o

 

Casa cheia?

Para atrair o maior número de torcedores, o Juventude anuncia que “sócios em dia podem retirar um ingresso para a partida”.

O texto sobre a promoção no site do clube é a seguinte:

“Será uma verdadeira decisão (…). E é claro que a presença do torcedor será fundamental para que o Verdão faça uma grande partida. Pensando nisso, a diretoria está colocando à disposição um ingresso cortesia para cada sócio que estiver em dia com sua mensalidade. Basta ao sócio comparecer à secretaria do estádio Alfredo Jaconi até sábado ao meio-dia, retirar um ingresso e presentear um outro torcedor, que não seja sócio, para que venha ao jogo vibrar e empurrar o Verdão rumo a uma grande vitória. Lembrando que se você, que já é sócio, trouxer um novo sócio, ganha na hora a isenção de uma mensalidade. Seja sócio e faça parte do Jaconi de Vantagens!”

 

 

Partida teve 3.437 torcedores presentes no Estádio Municipal

Tupi x Juventude no primeiro turno teve 3.437 torcedores presentes no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio

Na luta pelo G4

O time de Caxias do Sul, comandado pelo ex-zagueiro Antônio Carlos Zago, está com 22 pontos, com retrospecto de cinco vitórias, sete empates e três derrotas. Três dos cinco triunfos da equipe do sul do país foram dentro dos seus domínios. E apostando na força da sua torcida no Alfredo Jaconi, o Juventude espera conquistar sete pontos nas três rodadas finais, já que Tupi e Guaratinguetá terão que encarar o frio da serra gaúcha e, entre esses jogos, o Alviverde visita o Tombense.

Juventude venceu três  jogos em casa nesta Série C (Foto:Arthur Dallegrave/E.C.Juventude)

Juventude venceu três jogos em casa nesta Série C (Foto:Arthur Dallegrave/E.C.Juventude)

 

 Contas em dia

Em um cenário imediatista, além de fazer a sua parte, vencendo o Tupi, domingo, às 16h, no Jaconi, o Ju precisará contar com a ajuda de Madureira e Guarani na 16ª rodada. No sábado, o time carioca recebe o Brasil, enquanto o Bugre encara a Portuguesa, segunda-feira à noite no Brinco de Ouro, em Campinas.

Caso a equipe xavante seja derrotada, o time alviverde precisaria vencer e tirar os cinco gols de diferença do saldo para ultrapassar o rival local.

O que complica o Juventude no momento de definição das vagas é o menor número de vitórias em relação aos quatro primeiros colocados – o time gaúcho contabiliza cinco vitórias, sete empates e três derrotas.

Próximas rodadas

Juventude

Tupi (c)

Tombense (f)

Guaratinguetá (c)

Portuguesa

Guarani (f)

Caxias (f)

Tombense (c)

Brasil

Madureira (f)

Guarani (c)

Tupi (f)

Revés amargo

No confronto direto pela vaga no G4, o Juventude começou em desvantagem, reagiu duas vezes e igualou em 2 a 2, mas acabou sofrendo dois gols nos minutos finais, justamente porque partiu para o ataque em busca da vitória sobre a Portuguesa: 4 a 2. Antônio Carlos mandou a campo os seguintes jogadores: Elias; Helder, Pereira, Diogão e Itaqui; Vacaria (Lucas), Fabrício (Paulo Bayer) e Wallacer; Kelvy (Jonatas Obina), Jô e Zulu.

Artilharia dividida

Dos 25 gols do Juventude na competição, quatro atletas são responsáveis por 12 deles. Brenner, Diogo, Vacaria e Wallacer marcaram três vezes, cada. Mesmo balançando muito as redes adversárias, o Alviverde também sofreu muitos gols: 21.

Volante Vacaria é um dos artilheiros do time com 3 gols. (Foto:Arthur Dallegrave/E.C.Juventude)

Volante Vacaria é um dos artilheiros do time com 3 gols (Foto:Arthur Dallegrave/E.C.Juventude)

Empate em JF

No primeiro turno, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, empate em 1 a 1. Jô abriu o placar para o Juventude e Daniel Morais empatou para o Carijó. Com este resultado, na época, o Tupi se consolidava na liderança e o Juventude no G4.

 

Informações: site oficial e fanpage do Espore Clube Juventude e agências

Arte e Fotos: Divulgação Juventude

O Toque de Bola é administrado pela www.mistoquentecomunicacao.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


21 set 2017
Tupi pode ter até quatro desfalques. Aílton receita “guerrear e batalhar demais para conseguir o objetivo”

20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

20 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.