13 nov 2014

Bergamo, após primeira vitória da UFJF: “Tiramos um peso das costas”



“Tiramos um peso das costas”. A frase dita pelo oposto Bergamo após a primeira vitória da UFJF na Superliga, por 3 sets a 0 contra o Canoas (parciais de 25/18, 25/16 e 34/32), no ginásio da Faefid, define bem o valor do triunfo. Vencedor do Troféu Viva Vôlei no confronto, Bergamo foi o maior pontuador da UFJF, com 18 pontos, sendo 16 de ataque, um de bloqueio e um de saque.

“A vitoria foi importante porque vínhamos de uma sequência de derrotas e precisávamos ganhar. Estávamos trabalhando forte e sério durante esse tempo, mas os resultados não estavam vindo. A equipe de Canoas é muito qualificada e sabíamos que poderíamos confrontar eles no coletivo, ganhar e adquirir confiança para conseguir outras vitórias.  O espírito do time hoje era de jogar coletivamente. O meu saque teve uma boa sequência no flutuante, eu costumo sacar viagem, mas como percebi que eles têm dificuldade no flutuante, optei por sacar dessa forma para ajudar a equipe e deu certo”, analisou Bergamo.

Federal conseguiu fechar os dois primeiros sets com tranquilidade e teve poder de decisão no "esticado" terceiro set

Federal conseguiu fechar os dois primeiros sets com tranquilidade e teve poder de decisão no “esticado” terceiro set

 

 Falta de atitude

Os adversários da Federal também destacaram o desempenho dos juizforanos. O central Gustavo elogiou a eficiência do saque dos mineiros e o ponteiro Minuzzi disse que faltou atitude por parte dos gaúchos, ressaltando a estratégia da Federal.

“Merecidíssimo, eles fizeram uma partida inteligente e nós fomos piorando durante o jogo. No ultimo set ainda tentamos equilibrar, mas foi muito difícil. Começamos muito mal em alguns fundamentos e isso foi puxando o time para baixo. Chegou um momento que eles nem precisaram forçar o jogo. A gente acabou entregando a partida, dá para ver isso em várias bolas de ataque que vieram de graça e não convertemos. Esse foi nosso pior jogo na Superliga e aí fica difícil vencer sequer um set.  Depois que abalou a confiança, nós erramos muito, faltou atitude mesmo, não foi nada técnico e sim comportamental”, analisou o capitão gaúcho.

Melhor partida na competição

Um dos destaques na vitória sobre o Canoas com seis pontos de bloqueio e sete de ataque, totalizando 13, o meio de rede Ialisson destacou a força do grupo e não teve dúvidas ao definir a apresentação de sua equipe como a melhor na Superliga 2014/2015.

“O Chiquita sempre diz que não tem time titular. Sempre tem gente que vem do banco e ajuda muito. Essa foi nossa melhor partida, a quarta da competição. Viemos de um bom jogo contra o Sesi, mas não conseguimos a vitoria e hoje fizemos o nosso padrão de jogo, alto, taticamente muito bom e com poucos erros. A equipe está de parabéns e é daí para cima”, finalizou o central, projetando uma evolução ainda maior do grupo.

O próximo compromisso do Vôlei UFJF é novamente em casa, no ginásio da Faefid, no sábado, 15, às 19h, contra o poderoso Sada Cruzeiro, atual campeão e líder da competição com 100% de aproveitamento

 

Texto: Guilherme Fernandes/Bruno Kaehler

Entrevistas feitas após a partida, na parte final da transmissão ao vivo – com exclusividade – pelo Portal Toque de Bola

Fotos: Toque de Bola

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.