27 out 2014

Papão: técnico vê regulamento cruel com Tupi, Ruan desabafa e presidente prevê boa renda para acertar salários



Cumplicidade, alívio e esperança. Técnico, jogador e presidente do Paysandu, respectivamente, expuseram ao Toque de Bola estas três emoções após mais uma conquista para o clube. Comandando o Papão no returno, Mazola Júnior viu sua equipe ser superior ao Alvinegro juizforano nos dois confrontos, mas salientou a grande campanha carijó na primeira fase, segunda melhor da competição, sendo pouco beneficiada pelo regulamento.

“Na somatória dos dois jogos o Paysandu foi melhor que o Tupi. Infelizmente esse regulamento é muito cruel e está na hora da CBF rever essa situação, principalmente pela campanha que o Tupi fez. Não acho justo o acesso ser decidido em apenas dois jogos. Está na hora de ter pontos corridos ou pelo menos, quando sobrarem oito equipes, que se faça um quadrangular com dois grupos de quatro times, em que as vagas sejam decididas em seis jogos”, sugeriu Mazola.

Destaque nas duas partidas das quartas de final da Série C, o atacante Ruan, autor do gol da vitória no Estádio Mário Helênio, fez desabafo: “Todos nós temos sonhos, alguns são pais de família e durante a semana ouvimos muitas coisas do time do Tupi. Os atletas menosprezando nosso time, falando que éramos fracos e que iriam nos atropelar. Em momento algum dissemos algo, só trabalhamos pra caramba para chegar dentro de campo e vencer”, contou Ruan.

Ruan tirou a camisa na comemoração e levou o segundo cartão amarelo no jogo, sendo expulso de campo

Ruan tirou a camisa na comemoração e levou o segundo cartão amarelo no jogo, sendo expulso de campo

Esperança de salários quitados

Em conversa com o Toque de Bola durante a transmissão via rádio web de Tupi e Paysandu, o presidente bicolor, Vandick Lima, ressaltou ainda a importância financeira da classificação às semifinais e Série B.

“Fomos muito prejudicados nessa competição porque atuamos cinco jogos com portões fechados. Por isso não estamos com os salários em dia. Com o jogo do Tupi em Belém arcamos com 50% dos salários atrasados e tenho certeza que no próximo jogo já poderemos começar a quitar tudo isso para fechar o ano com tudo em dia”, garantiu Lima, lembrando que o Paysandu contará com um orçamento muito maior na próxima temporada.

“O Paysandu jogou a Série B no ano passado e terminou com os salários em dia, já que recebeu, em oito parcelas, a quantia total de R$2,7 milhões. Ano que vem deve ser maior e hoje temos oito mil sócios torcedores que dão uma receita de mais de R$300 mil. Com esses valores, teremos um 2015 mais tranquilo, honrando compromisso com atletas e funcionários”, projetou o presidente.

tupi_paysandu_0034

Presidente do Paysandu ainda elogiou o time carijó e desejou sorte ao Tupi em 2015

Próximo desafio: Mogi Mirim. Veja semifinais

Conhecidos os quatro times que terão vaga na Série B de 2015, as semifinais da Terceirona também foram definidas. O Papão da Curuzu terá como adversário os paulistas do Mogi Mirim, que terminaram na vice-colocação do grupo carijó na primeira fase e passaram pelo Salgueiro nas quartas de final (vitória do Mogi fora de casa por 1 a 0 e empate sem gols em Mogi).

Do outro lado, o Macaé, após classificação heroica sobre o Fortaleza (empates em 0 a 0 em Macaé e 1 a 1 em Fortaleza), enfrenta o CRB-AL, que passou pelo Madureira com duas vitórias (2 a 1 no Rio e 2 a 0 em Maceió).

   A Diretoria de Competições da CBF divulgou nesta segunda-feira a tabela das semifinais da Série C do Campeonato Brasileiro. Sábado, 1º, 17h, tem Paysandu x Mogi Mirim. Já no dia seguinte, domingo, 2, às 19h, o Macaé recebe o CRB.

Jogos de volta: dia 8, 17h, CRB x Macaé, e dia 9, 19h, Mogi Mirim x Paysandu.

Belém fez uma grande festa para comemorar novo acesso do Papão

Belém fez uma grande festa para comemorar novo acesso do Papão

Recepção triunfal

Mais de 30 mil pessoas acompanharam o desembarque da delegação bicolor no Aeroporto Internacional de Belém. A torcida alviceleste compareceu e fez uma grande festa para recepcionar os jogadores do Paysandu, após a conquista do acesso para a Série B de 2015. A festa da torcida começou logo após a vitória do Papão sobre o Tupi-MG por 1 a 0, onde mais de cinco mil torcedores compareceram na Av. Visconde de Souza Franco, para comemorar o acesso do bicolor.

No dia seguinte, foi a vez do Aeroporto Internacional de Belém ser tomado por um mar de gente. A chegada dos torcedores bicolores começou a partir das 9 horas da manhã. Um esquema de segurança foi montado para que todas as comemorações fossem realizadas sem nenhum imprevisto. O desembarque da delegação bicolor ocorreu somente às 13 horas, com o elenco saindo em carro aberto pelas ruas de Belém.

O trajeto seguiu pela Av. Júlio César sentido Alm. Barroso, até chegar no Estádio da Curuzu. Lá, mais de dois mil torcedores já os aguardavam para a continuidade da festa pela conquista do acesso.

 

Texto: Bruno Kaehler

Fotos de Juiz de Fora: Toque de Bola

Texto “recepção”: site oficial do clube

Foto de Belém: Fernando Torres (site oficial)

 

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.