14 out 2014

Jogos de Minas: mesmo campeã, ADJF faz duras criticas ao evento. Veja quem avançou por Juiz de Fora



A ADJF/MRS deu uma pausa na Liga Nacional Masculina de handebol para ir a Varginha entre os dias 7 e 12 de outubro disputar a etapa estadual dos Jogos de Minas. Favoritos, os atletas da equipe juizforana levaram o pentacampeonato da competição, representando, mais uma vez, a Manchester Mineira de forma impecável. A conquista, no entanto, não foi da forma esperada.

Equipe da ADJF/MRS comemora mais um título em quadras mineiras

Equipe da ADJF/MRS comemora mais um título em quadras mineiras

Atletas e comissão técnica chegaram à cidade do Sul mineiro e se depararam com condições muito distantes das ideais. Data do evento alterada, quadras mal conservadas e falta de apoio, organização e divulgação foram algumas das principais reclamações dos participantes que, inclusive, geraram alto número de W.O’s, como ressaltou o técnico da ADJF/MRS, Carlos Dias.

“Desde a criação dos Jogos de Minas, em substituição aos Jogos do Interior de Minas, os W.O’s se tornaram algo ‘normal’. Impuseram a capital (equipe de Belo Horizonte) nos jogos, mas a mesma não participa das fases regionais. Poderiam muito bem participar de regiões próximas a BH. Classificam-se apenas se jogar, direto para a etapa estadual. A data sempre foi de 12 a 18 de outubro, semana de feriado e paralisação das escolas para avaliações. Por política, impuseram essa data de 7 a 12 de outubro, em Varginha, e pelo segundo ano consecutivo”, discursou Carlos, que ainda cravou o evento como o pior que já participou.

Estado das quadras não agradou delegação juizforana

Estado das quadras não agradou delegação juizforana

“Com certeza absoluta esses foram os piores e mais desorganizados Jogos dos quais participei. (…) O que passamos em Varginha, jogando em quadras medíocres e sem a menor condição de receber um evento de fase estadual, a falta de respeito dos ‘organizadores’ com o evento foi visível”, finalizou.

  Representante de Juiz de Fora nos Jogos vê deficiência no Estado

  O coordenador de eventos de rendimento esportivo da Secretaria de Esporte e Lazer da Prefeitura de Juiz de Fora e representante da Manchester Mineira nos Jogos, Jarbas Duque, também testemunhou falhas nos locais da competição em Varginha, mas lembrou que a falta de estrutura não é particularidade da cidade-sede do torneio pelo segundo ano consecutivo.

“Não foram as condições ideais para algumas modalidades, caso do handebol e futsal. A competição foi prejudicada pelo estado das quadras, aquém das necessidades. Mas este não é um problema só de Varginha, que faz o melhor no que depende deles. O problema é a falta de equipamentos, tenho encontrado essas situações em muitas outras cidades do interior de Minas Gerais. Sempre há algo a ser melhorado em todas as cidades”, ressaltou.

Falta de equipamentos padrões para os esportes foi outro motivo de insatisfação das equipes

Falta de equipamentos padrões para os esportes foi outro motivo de insatisfação das equipes

No terceiro ano após a mudança de Jimi’s para Jogos de Minas, a competição passa por momento delicado e futuro incerto, como destacou Jarbas: “Se não houver uma mudança, os Jogos de Minas não terão importância nenhuma mais no calendário esportivo do Estado. Muitas coisas têm que voltar a ser como antes e outras devem ser muito bem analisadas. Belo Horizonte, por exemplo, não dá importância nenhuma aos Jogos. Neste ano levaram poucas equipes e ainda deram dois W.O, no handebol e futsal masculino”.

 

  Campanhas do handebol

A equipe da Associação Desportiva de Juiz de Fora (ADJF)/MRS, que representou a cidade nos Jogos de Minas, voltou com seu 13º título na fase estadual da competição, realizada em Varginha. Invicta, a equipe juiz-forana venceu Viçosa por 61 a 10, Ponte Nova por 46 a 16 e Conselheiro Lafayete por 53 a 21, nas quartas de final. Fez 43 a 23 em cima da equipe de Jequitinhonha nas semifinais e venceu Ipatinga, na final, por 39 a 24.

As equipes de handebol feminino, vôlei masculino e basquete feminino e masculino chegaram às quartas de final, mas não conseguiram superar seus adversários.

No handebol feminino, a ADJF venceu Viçosa por 31 a 7 e Montes Claros por 21 a 14. Nas quartas de final enfrentou novamente aquela que seria a campeã da modalidade em 2014, a equipe de Montes Claros, que veio com reforço para a quadra e derrotou a equipe juiz-forana por por 26 a 22. Montes Claros chegou ao título após vencer Betim por 24 a 23 na final.

  Basquete avança

As equipes juiz-foranas de basquete avançaram até às quartas de final. No masculino, o sexteto local venceu Varginha por 82 a 63, Viçosa por 90 a 46 e Arcos por 115 a 85, mas nas quartas de final sucumbiu diante de BH/Minas Tênis Club, por 74 a 67. O campeão da modalidade foi Sete Lagoas, que venceu Montes Claros na final, por 81 a 75.

No feminino, as meninas de JF venceram Itabira por 35 a 28, perderam de João Monlevade por 58 a 46 e, nas quartas de final, perderam para Varginha por 60 a 39. A campeã da modalidade foi a equipe de Uberaba, que venceu Montes Claros por 63 a 54.

  Vôlei masculino passa

Representado pela equipe da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), o vôlei masculino de Juiz de Fora venceu Varginha por 3 a 2 (parciais 21/ 17, 16/ 21, 21/17, 12/21, 15/10), perdeu de Três Corações por 3 a 0 ( parciais 21/18, 21/19, 21/18) , avançou para as quartas de final, mas perdeu para Montes Claros por 3 x 0 (parciais de 21/18, 21 / 17, 21/ 17). A equipe campeã da competição no masculino foi a BH/Sada/Cruzeiro.

Vôlei feminino e futsal não seguem

As equipes feminina de vôlei, masculina e feminina de futsal não conseguiram passar dos primeiros jogos. No vôlei feminino, a campeã dos Jogos de Minas foi a equipe de Betim. No futsal masculino, a campeã foi a equipe de Teófilo Otoni, e no feminino, a equipe de Montes Claros.

 

Texto inicial: Bruno Kaehler

Texto resultados equipes locais: assessoria da SEL

Fotos: Facebook Carlos Dias/Divulgação

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.