27 set 2014

UFJF vence a primeira no Mineiro e sai da lanterna: 3 sets a 1 sobre Montes Claros



A equipe juiz-forana da Federal derrotou Montes Claros na noite deste sábado, 27, em partida no Ginásio da Faefid, por 3 sets a 1, parciais de 25/17, 25/23, 17/25 e 25/14. Os donos da casa mandaram no duelo desde o começo, tendo oscilado apenas no terceiro set, quando acumularam muitos erros de ataque. Com o resultado, a UFJF foi aos quatro pontos na classificação, passando o MOC, que permanece com dois pontos somados. Muito comemorado pelos jogadores, este foi o primeiro triunfo da Federal no torneio.

“Viemos buscando esse resultado. No jogo em Montes Claros beliscamos e a vitória não veio. Estava na hora de vencermos, não desistimos em momento nenhum do jogo, demos uma brochada no terceiro set, mas seguimos firmes no quarto e conseguimos essa vitória. Estão todos de parabéns”, analisou o ponteiro Sergio, maior pontuador da partida, com 22 sucessos.

Juiz-foranos comandaram o placar em três dos quatro sets do jogo

Em boa atuação, juiz-foranos comandaram o placar em três dos quatro sets do jogo

Sergio ainda mostrou poder de decisão principalmente no segundo set, quando, no primeiro set point, deu a vitória a sua equipe com um ace. “É uma característica nossa. O professor sempre pede para que a gente force o saque durante os jogos e nesse jogo, graças a Deus hoje os saques entraram pra cima dos caras”, comemorou o ponta.

A Federal agora espera as partidas restantes de Montes Claros no Mineiro para saber quem enfrentará na semifinal da competição, agendada para o dia 18 de outubro.

 

 

UFJF 3 x 1 Montes Claros

Iniciaram pela UFJF: Bergamo, Ialisson, Rodrigo, Sergio, Manius, Tarcísio e Fábio Paes.

Entraram: Alemão, Victor Gelli (Xuxa), Daivison, Victor Hugo . Técnico: Chiquita

Iniciaram por Montes Claros: Rodriguinho, Edinho, Túlio, Polaco, Acácio, Salsa e Ezinho.

Entraram: Índio e Léo. Técnico: Carlos Eduardo Scwenck.

Maiores pontuadores: UFJF – Sérgio – 22 pontos

MOC – Léo – 13 pontos

Defesa da Federal também apresentou evolução desde a primeira partida

Defesa da Federal também apresentou evolução desde a primeira partida

 

O jogo

O primeiro set teve amplo domínio da Federal. A equipe juiz-forana abriu, ainda no início, três pontos de vantagem para o adversário, soube manter e, inclusive, levar a oito pontos. Com passe quase sempre na mão do levantador Rodrigo, a equipe obteve sucesso em variadas jogadas e fechou, com tranquilidade, em 25 a 17.

O segundo set foi mais equilibrado, mas a UFJF seguiu na frente da contagem, com os jogadores vibrando sempre que pontuavam. Após a segunda parada técnica, Montes Claros pontuou duas vezes seguidas com bloqueios e empatou a partida em 20 a 20, deixando a decisão ponto a ponto até o fim. Foi quando apareceu o ponteiro Sergio. Com personalidade, o jogador da Federal aproveitou o primeiro set point da equipe com belo ace, fechando em 25 a 23 para os juiz-foranos.

Montes Claros começou melhor o terceiro set. Aproveitando as jogadas ofensivas e contra-ataques, a equipe visitante chegou a primeira parada técnica vencendo por 8 a 6 e, em seguida, se aproveitou dos erros juiz-foranos aumentando a vantagem para quatro pontos (7 x 11), obrigando Chiquita a pedir tempo. O que seria o respiro dos mandantes, no entanto, pareceu não funcionar. Mesmo após grande ponto de bloqueio do levantador da UFJF, Rodrigo, depois de rali entre os times, animando o torcedor, a equipe juiz-forana seguiu errando no ataque e o MOC conseguiu administrar o set, chegando a vitória: 17 x 25.

O quarto set era ainda mais decisivo para a Federal, que precisava de uma vitória somando três pontos para ter mais possibilidades de sair da lanterna do Mineiro e fugir do atual campeão estadual e brasileiro, Sada/Cruzeiro. Sabendo disso, a resposta veio em quadra logo nos primeiros minutos. Com a vibração habitual, os donos da casa chegaram na primeira parada técnica vencendo por 8 a 5. O jogo voltou e a Federal não diminuiu o ritmo, indo à segunda parada com 16 a 10 no placar. Montes Claros parecia entregue na partida e, ligada a cem por hora, a UFJF não tomou conhecimento do adversário, liquidando a partida em 25 a 14, com direito a novo ace no último ponto – desta vez de Rodrigo.

 

Texto: Bruno Kaehler

Fotos: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


21 set 2017
Tupi pode ter até quatro desfalques. Aílton receita “guerrear e batalhar demais para conseguir o objetivo”

20 set 2017
Tupi fecha treino. Fortaleza em Sampa. Marcelo apita. Ingressos, gramado, reconhecimento, recepção. Veja o diário da decisão

20 set 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 set 2017
Com vídeo! Evaldo anula Éder, domina, toca para os companheiros e emenda: “Tupi tem totais condições de reverter”

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.