23 ago 2014

Chiquita, após primeiro mês de trabalho: “Tecnicamente o grupo é bem melhor”



Mesmo com pouco tempo de treinamentos para a temporada, o novo elenco que defenderá a UFJF no Campeonato Mineiro e Superliga 2014/2015 já tem agradado o treinador da Federal, Chiquita, em diversos aspectos. Em entrevista exclusiva concedida ao Toque de Bola, o comandante da equipe juizforana destacou, inicialmente, a qualidade dos atletas e facilidade na absorção de suas orientações em quadra.

“Tecnicamente o grupo é bem melhor. O início de trabalho também está bem melhor, o entendimento do que se propõe quanto a estratégia tática do jogo e a parte técnica, já estão muito mais assimilados do que no ano passado, fazendo um comparativo. No primeiro mês está tudo evoluindo muito rápido. Os jogadores já têm uma noção daquilo que devem realizar e a partir do sinal dado, fazem de imediato ao invés de perder tempo em discutir se é válido ou não”, analisa Chiquita, se remetendo também à dificuldades vividas com o grupo da temporada passada.

Chiquita (com a bola na mão, no fundo) orienta o novo elenco da Federal em treino no ginásio da Faefid

Chiquita (com a bola na mão, no fundo) orienta o novo elenco da Federal em treino no ginásio da Faefid

Ainda sofrendo um pouco por conta de problemas físicos e médicos de atletas, Chiquita aguarda a sequência dos treinamentos para definir e divulgar a equipe que comece jogando as partidas já no Estadual. Além disso, o treinador ainda projeta um crescimento dos atletas principalmente na parte tática do sistema de jogo que vem sendo implantado.

“A base do time que tem treinado, que a gente pretende que jogue de forma efetiva na equipe, ainda tem algumas funções de tática que não assimilaram totalmente, como formação de defesa e a situação dos contra-ataques, que ainda estão um pouco desentrosados, até porque é apenas a segunda semana em que  há treino de combinação de ataque. Com o tempo, tudo vai sincronizando e também era para realizarmos amistosos, mas está impossível em função das equipes não estarem disponíveis. Mesmo assim, a cada dia que temos trabalhado e formatado a maneira de jogar, o grupo tem assimilado e procurado fazer de imediato, o que já é um ponto muito positivo”, destaca.

Treinador estará à frente da equipe em mais uma temporada. Desta vez, com o objetivo de chegar à decisão do Mineiro e playoffs da Superliga 2014/2015

Treinador estará à frente da equipe em mais uma temporada. Desta vez, com o objetivo de chegar à decisão do Mineiro e playoffs da Superliga 2014/2015

Mineiro tem “fase de luxo”

Com estreia no Estadual marcada para o dia 30, no ginásio da Faefid, às 17h, a Federal vem se preparando para enfrentar, de cara, o Sada Cruzeiro, atual tetracampeão do torneio regional e campeão da Superliga. Na primeira fase da competição, as quatro equipes participantes (UFJF, Sada Cruzeiro, Montes Claros e Minas) realizam confrontos entre si e todas se classificam, independente das pontuações. Após isto, semifinais são disputadas em cruzamento olímpico (1° x 4° e 2° x 3). Os vencedores chegam a decisão do torneio, objetivo do time juizforano.

“Espero um campeonato muito acirrado e disputado. Essa primeira fase é de luxo, em função de que jogamos já sabendo que estamos classificados, mas vale para nós a questão da pontuação, de estarmos melhor classificados para fugir da equipe que todos querem fugir – o Sada – que está mais arrumado, entrosado e ainda mais fortalecido que antes”, afirma Chiquita.

Além da estreia contra o favorito a mais um título, a UFJF enfrentará equipes fortes e de tradição no voleibol brasileiro, que também fizeram boas montagens de elenco, como destaca Chiquita.

“Com certeza será um campeonato ainda mais disputado que o do ano passado. As quatro equipes se reforçaram. O Sada, apesar de não ter mantido um plantel mais encorpado, manteve aqueles oito jogadores que sempre jogaram e trouxe um canadense (ponteiro Winters) que é muito bom de bola e está muito bem servido, com um time muito equilibrado. Montes Claros fez boas contratações e o próprio Minas, apesar de falarem que está com um investimento pequeno e mais estruturado com a base, está muito bem formado e com um plantel muito bom”, afirma Chiquita.

 

Texto: Bruno Kaehler

Fotos: Toque de Bola

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.