04 ago 2014

Chineses escolhem UFJF como Centro de Treinamento de atletismo para Olimpíadas 2016



A Federação de Atletismo da China vai utilizar as instalações da Faculdade de Educação Física e Desportos (Faefid) da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) como Centro de Treinamento para as Olimpíadas de 2016. O documento formalizando esta parceria foi assinado na manhã desta segunda-feira, 4, pelo reitor Henrique Duque, e pelo vice-presidente da Federação Chinesa de Atletismo, FenShu Young, durante coletiva no Museu de Arte Moderna Murilo Mendes (Mamm).

A previsão é de que cerca de cem chineses, sendo 60 atletas e 40 membros da comissão técnica, fiquem hospedados e treinem na cidade durante duas ou três semanas antes do início das Olimpíadas. A coletiva também contou com a presença do futuro reitor, Júlio Chebli, o chefe de gabinete da Reitoria, Renato Miranda e o diretor da Faefid, Maurício Bara.

Vice-presidente da Federação Chinesa de Atletismo, FengShu Young e reitor da UFJF, Henrique Duque, assinam documento oficializando acerto

Vice-presidente da Federação Chinesa de Atletismo, FenShu Young e reitor da UFJF, Henrique Duque, assinam documento oficializando acerto

De acordo com Bara, a UFJF não vai cobrar nenhuma taxa para que os chineses treinem na instituição. A contrapartida será por meio de um intercâmbio acadêmico-científico.

“A Chinese Athletic Association e a Universidade irão planejar juntos atividades acadêmicas durante os treinamentos incluindo cursos, palestras e workshops entre ambas instituições para professores e estudantes de diferentes áreas na UFJF”, informa Bara.

Segundo o reitor Henrique Duque, um dos motivos do sucesso dessa parceria foram as obras realizadas e entregues na Faefid, em 2010. Na época, cerca R$ 16 milhões foram investidos na construção de um parque aquático, quadras poliesportivas para futsal, vôlei, basquete, handebol e outras práticas, campo de futebol society, reforma em ginásio poliesportivo, duas quadras de tênis, uma de peteca e outra de badminton, estúdio de musculação e de pilates e pista de atletismo. O piso da pista de atletismo é o mesmo do último mundial de atletismo de Berlim. É a primeira da cidade construída segundo os parâmetros recomendados pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAT) e pela Federação Internacional de Esporte Amador, que recomendam uma pista oficial com 400m de comprimento e oito raias.

Diretor da Faefid, Maurício Bara, garantiu realização de workshops e

Diretor da Faefid, Maurício Bara (esquerda), garantiu realização de workshops, cursos e palestras com presença dos chineses na UFJF

Segundo diretor da Faefid, Maurício Bara, a parceria inclui cursos, palestras e workshops para professores e estudantes. Além destas melhorias já entregues, no momento estão sendo investidos mais de R$ 23 milhões em obras na Faefid que incluem novo ginásio poliesportivo, três pavimentos com vestiários para atletas e árbitros, sala médica, camarotes, sala de massagem e fisioterapia, novo edifício com salas de aula, salas de professores, infocentro e biblioteca, edifício com espaço para ginástica rítmica e artística e artes marciais.

“E a negociação para atrair outras equipes olímpicas não para por aqui. A federação chinesa já acordou em dividir as instalações com outras equipes que chegam ao Brasil para as Olimpíadas. E com as obras que estamos realizando, temos capacidade para receber mais delegações. Mas hoje já podemos comemorar esta vitória devido à importância dos chineses na competição”, afirma Duque.

A China é o segundo maior país medalhista olímpico do mundo na atualidade.Nas Olimpíadas de Londres, em 2012, ficou em segundo lugar no ranking geral, com 88 medalhas ao todo.

Chineses aprovam pista de atletismo

Desde a última segunda-feira, 28, cinco atletas da delegação de atletismo da China estão treinando na Faefid. Entre eles, doismedalhistas olímpicos: Chen Ding, medalha de ouro nas Olimpíadas de Londres 2012, e QieYangshijie, que conquistou o bronze. Já Liu Hong foi três vezes medalhista em campeonatos mundiais. Dirigentes da equipe já haviam visitado a Universidade em junho de 2013 e afirmaram que a primeira impressão foi muito positiva. FengShu Young afirmou estar muito satisfeito com a cidade e com a UFJF.

“Aqui é uma cidade menor, mas tem tudo, além de ser bem próxima do Rio de Janeiro. Além disso,a Universidade apresenta uma ótima estrutura para receber nossos atletas. Gostamos muito de tudo, principalmente das pessoas, que foram muito receptivas.”

Chineses treinam na pista de atletismo da UFJF

Chineses treinam na pista de atletismo da UFJF

Quando tudo começou

A mobilização para atrair delegações internacionais que vão participar das Olimpíadas teve início em 2012 quando o atual chefe de gabinete do reitor, Renato Miranda, era secretário de Esporte e Lazer da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF). Em janeiro de 2012, o prefeito da época, Custódio Mattos, recebeu, em seu gabinete, a visita do reitor Henrique Duque. Juntos, eles assinaram um termo de compromisso que foi entregue ao Comitê Olímpico Internacional (COI). O documento confirmava a intenção da PJF e da UFJF de disponibilizarem para os Comitês Olímpicos e Paralímpicos Nacionais a infraestrutura local e serviços a serem utilizados durante o período de aclimatação dos atletas que vão competir nos Jogos Olímpicos de 2016.

“Fizemos um trabalho com o COI desde 2012 e hoje estamos colhendo os frutos”, finalizou o chefe de gabinete da reitoria, Renato Miranda.
Outras informações: (32) 2102-3967 (Secretária de Comunicação da UFJF)

 

Texto: Secretaria de Comunicação da UFJF

Fotos: Alexandre Dornelas e Twin Alvarenga

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.