30 jun 2014

Flávio Stumpf vence Meia Maratona Estrada Real de Ouro Branco



Após conquistar o primeiro lugar na Meia Maratona Fripai de Juiz de Fora/PJF, o atleta Flávio Carvalho Stumpf repetiu o bom desempenho neste domingo, 22, indo ao lugar mais alto do pódio na Meia Maratona Estrada Real de Ouro Branco. Zirlene dos Santos, destaque entre as mulheres no 28° Ranking de Corridas de Rua de Juiz de Fora, também competiu e levou o terceiro lugar.

Flávio repete resultado da Meia Maratona de JF Fripai/PJF

Flávio repete resultado da Meia Maratona de JF Fripai/PJF

Segundo informações de Gedair Reis, que também participou da prova, Flávio afirmou que a corrida apresentou um alto nível de dificuldade e equilíbrio entre ele e atletas do Cruzeiro, que também disputaram a meia maratona. Correndo juntos nas subidas e descidas da parte alta da prova (Parque Ecológico), o atleta que também compete o 28° Ranking levou vantagem na parte de asfalto da prova, se distanciando dos concorrentes com um ritmo mais forte.

Terceira colocada no geral feminino, Zirlene viu uma prova diferente das que disputa habitualmente, pelo percurso irregular e por não haver marcações dos quilômetros durante o percurso, dificultando ainda mais a performance do atleta.

 

Juiz de Fora foi bem representada em diversas faixas etárias. Primeira colocada entre 25-29 anos, Natália Fernandes segurou a liderança mesmo com dores durante a prova, tendo que diminuir o ritmo nos quilômetros finais. Caso idêntico ao de Rubens Gabriel, vencedor na categoria 40-44 anos, que completou o percurso com aplausos dos presentes.

SAM_0689.JPG img dest

Meia maratona teve a presença de lindos cenários

Sempre participando de eventos de corrida, Gedair Reis completou os 21km elogiando a beleza da região e quantidade de água na prova, mas realizou ponderações quanto a atrasos principalmente.

“Houve grande atraso na largada, mais de uma hora, além da falta de marcação dos quilômetros. Água tinha até para tomar banho, mas o lanche, para os que terminaram a prova com o tempo acima de duas horas, ficou comprometido. Outro fator foi a demora para a premiação, visto que comprometeu inclusive a saída do hotel de vários atletas. Como a prova foi cronometrada pelo sistema de chip, deveria ter um tapete na largada para divulgação do tempo líquido de cada corredor. Mesmo assim, valeu a pena participar desta prova, de percurso maravilhoso e largada em uma altitude superior a 1.700m em uma mata de preservação da natureza”, analisa Gedair.

 

Texto: Bruno Kaehler com informações de Gedair Reis

Fotos: Gedair Reis

SAM_0664 SAM_0663SAM_0701 SAM_0712 SAM_0695 SAM_0743 SAM_0763

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


18 out 2017
Faefid-UFJF recebe nota máxima em avaliação, foca em “atuar com pessoas” e vê trabalho dobrado

18 out 2017
Fajardo: “Copa Toque de Bola é espetacular”. Treinador estuda propostas, se não for o “salvador anti-queda”

18 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

16 out 2017
Longa hegemonia: ADJF conquista 16º título masculino nos Jogos do Interior de Minas. Feminino é vice

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.