19 maio 2014

Condé vê time mais “malandro e experiente” contra o Caxias



Após uma virada heroica do Galo Carijó sobre o Caxias no sábado, 17, atuando no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, em partida transmitida pela rádio web do Toque de Bola, válida pela quarta rodada da Série C, o treinador do Alvinegro de Santa Terezinha, Léo Condé, destacou ter percebido evolução no comportamento da equipe durante o jogo.

“Estamos começando a ganhar um time malandro e experiente. Vivemos uma situação muito complicada de virar o primeiro tempo no 0 a 0 e não jogando bem e, no momento em que estávamos melhor, levamos o gol e o time não se abateu, porque às vezes poderia se entregar ou tomar até o segundo gol em contra-ataque. Acho que o nosso time está mostrando um equilíbrio que eu queria, até pela maturidade de alguns jogadores que chegaram e isso é importante em uma competição tão difícil assim”, elogiou o comandante carijó.

Arbitragem

O confronto entre Tupi e Caxias foi marcado ainda por muitas polêmicas envolvendo o trio de árbitros. As reclamações durante e após a partida vieram das duas equipes – com ênfase no lance do segundo gol juizforano, por parte do Caxias, e no choque de Núbio Flávio com o goleiro Douglas, do lado Carijó. Ao ser perguntado se estas polêmicas, quase sempre presentes nas partidas no Mário Helênio, preocupam para a sequência da competição, Condé fez sua reclamação.

“Espero que não preocupe mais. Não gosto de transferir responsabilidades, mas contra o Macaé, no meu modo de ver, o Wesley foi expulso tomando cartão aos 38 e 42 minutos, por ter se jogado em duas bolas. Hoje o número 9 do Caxias (Mailson) se jogou umas 15 vezes e foi levar o amarelo aos 39 do segundo tempo, então o Tupi foi prejudicado também. No último jogo, fizemos o segundo gol com o Núbio, o goleiro tirou a bola de dentro do gol e o bandeirinha não deu. São situações em que acontecem o erro e o Tupi também já foi prejudicado na competição”, lembrou o treinador.

Leia também: Você dá nota, Carijó! Novidade do Toque, torcedor avalia atuações dos jogadores do Tupi

Dedicação sem fronteiras: torcedores do Caxias viajam 30 horas de ônibus para ver o time de perto

Condé elogiou o comportamento da equipe durante toda a partida contra o Caxias

Condé elogiou o comportamento da equipe durante toda a partida contra o Caxias

Confiança

A segunda vitória seguida na Série C do Campeonato Brasileiro era levada como obrigação para o time após o empate com o Macaé na estreia, também no Mário Helênio. O resultado, segundo Condé, dá mais confiança ao grupo, que agora foca no Mogi Mirim, líder da chave.

“É importante para trazer confiança para o grupo, principalmente por conseguirmos duas vitórias consecutivas em uma competição tão difícil. Todos sabem as dificuldades que passamos no dia a dia, de estrutura. Temos que ficar atentos, houve a fatalidade com o Ladeira, que é sempre firme e joga o feijão com arroz, mas serve de lição, vamos conversar com eles porque os detalhes em uma competição como esta fazem a diferença”

Núbio Flávio

Artilheiro do Tupi no Campeonato Mineiro, Núbio Flávio começou as últimas partidas no banco de reservas. Contra o Caxias, o atacante entrou na segunda etapa e ajudou a equipe a vencer o confronto, dando assistência para Ewerton Maradona, no empate. O jogador ainda protagonizou, com Douglas, o lance de maior reclamação do torcedor carijó, que pediu pênalti após o contato entre os dois atletas. Condé explicou o momento da substituição e o que pretendia com a entrada de Núbio no ataque.

“O lateral-esquerdo (Alisson Gaúcho) estava amarelado e o Henrique não estava conseguindo fazer muitas jogadas individuais em cima dele e o Núbio é aquele cara velocista, que tem um bom drible, o um contra um dele é muito bom. A princípio iríamos inverter o Maranhão com o Henrique, mas o Maranhão estava cansado, e queria mais velocidade. O lateral-direito deles estava avançando muito e o Maranhão voltava para marcar, então nosso time ficou um pouco torto, o Henrique, meio campo, estava à frente do Maranhão, atacante, por isso realizei a substituição”, explicou o técnico.

O Tupi, terceiro colocado do grupo B com sete pontos conquistados, se prepara para visitar o Mogi Miirm, líder com dez pontos, no domingo, 25, às 16h.

Texto: Bruno Kaehler

Foto: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

19 out 2017
Copa Toque de Bola de Futsal: Academia destaca “movimento esportivo” gerado pela competição

19 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

18 out 2017
Faefid-UFJF recebe nota máxima em avaliação, foca em “atuar com pessoas” e vê trabalho dobrado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.