13 maio 2014

Com pedido de treino no Mário Helênio negado, supervisor do Guaratinguetá reclama



Apesar de elogiar a forma pela qual foi recebida em Juiz de Fora, a delegação do Guaratinguetá, hospedada na cidade desde a quinta-feira, 8, leva de bagagem para casa uma reclamação além da derrota para o Tupi. Em entrevista ao Toque de Bola, em momentos antes da partida, o supervisor do clube, Alessandro Belcorso, criticou a administração do Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, por ter negado solicitação dos paulistas de treinarem ou realizarem reconhecimento do gramado.

“Nosso departamento de futebol programa todas as viagens com certa antecedência. Até a sexta rodada já está tudo certo e tivemos a ingrata surpresa de que não poderíamos treinar aqui e os jogadores não poderiam fazer nem o reconhecimento do gramado. Chegamos na cidade quinta-feira à tarde, fizemos um treino no Tupynambás e fomos muito bem recebidos por lá. Queria deixar bem claro que a diretoria do Tupi nos recebeu muito bem, deu todo o apoio que precisávamos na cidade, mas infelizmente a administração do estádio não permitiu que nosso atletas fizessem o reconhecimento”, explicou Belcorso.

Em meio à crítica, o dirigente do Guaratinguetá recordou que os juizforanos terão de realizar a partida de volta na casa dos paulistas e fez um apelo para que este tipo de situação não ocorra mais no futebol, que deve ter seus resultados decididos entre as quatro linhas.

“Vale lembrar que o time vai para lá também e vão precisar treinar no nosso estádio. É isso que não pode no futebol. No mínimo, isto tem que ser vetado e as pessoas que devem tomar conta do estádio, que não conheço, devem ser da peteca, do vôlei, basquete, porque no futebol a adversidade é lá dentro, não aqui fora. Quando você for na minha cidade eu te recebo bem, quando vier na minha casa vou receber o convidado bem. Não pode isso no futebol, tem que acabar”, finalizou.

Leia também: Tupi encerra a terceira rodada em sexto lugar no grupo, pelo critério disciplinar

Grupo do Tupi: Guarani fecha Dia das Mães quebrando jejum de 71 dias

Tupi x Guaratinguetá: o jogo (de palavras) ainda não terminou

Tupi x Guaratinguetá: o jogo (de palavras) ainda não terminou

O administrador do estádio, Flávio Villela, confirmou ter rejeitado o pedido do time paulista, mas ressaltou que os dias estavam reservados para a equipe do Tupi realizar seus treinamentos e, sem a cessão do Carijó, a única forma de autorizar a solicitação do Guaratinguetá seria cancelando as atividades do Tupi previamente marcadas.

“Infelizmente não teve como arrumarmos para eles porque pediram muito em cima e já havíamos cedido ao Tupi para fazer os dois treinamentos na semana, já que a diretoria do time juizforano solicitou antes. Deveria ter ocorrido um acordo entre os clubes, mas não houve. O supervisor deles me disse que entrou em contato com um diretor do Tupi, que falou que não podia fazer nada por eles. Então eu só teria como ajudá-los se tirasse o Tupi, porque ontem (sexta) o campo fica reservado para o trabalho de pintura do gramado, visando a partida de hoje (sábado), já que o pessoal que faz isso não trabalha no sábado e não posso sacrificar funcionários. O resto que a gente podia fazer por eles foi realizado, mas infelizmente aqui não teve como até porque não houve acordo entre os clubes”, afirmou Villela.

   Já o  diretor executivo de futebol do Tupi, Alberto Simão, afirmou ao Toque de Bola que “a gerência do estádio é única e exclusiva da Prefeitura” e assegura: “Não participamos desta negociação. Não recebi nenhuma ligação do supervisor deles. Todo contato foi feito via e-mail.”
  O confronto de volta entre Guaratinguetá e Tupi está agendado para o dia 24 de agosto, válido pela 12ª rodada da fase preliminar da Série C.

Texto de Bruno Kaehler

Foto: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


23 out 2017
Primeiro árbitro de vídeo da Libertadores será brasileiro. Vangasse explica as 4 situações em que ele pode atuar

23 out 2017
Leozinho reaparece na seleção da rodada. Próximo adversário do JF Vôlei tem pedido de desculpas ao torcedor

23 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.