07 mar 2014

Hélder: ‘Tive que batalhar muito para estar no Tupi’



Destaque da vitória carijó contra o Boa Esporte na noite desta quarta-feira, 5, Hélder fez o gol que deu os três pontos e volta ao G4 à equipe juiz-forana e, em seguida, não conteve o choro. “Estava emocionado porque minha família estava aqui, meu pai, minha mãe, irmã, primo. Dedico também ao meu filho que vai nascer ainda neste ano. Todos sabem que foi uma luta, tive que batalhar muito para estar no Tupi, correr muito e graças a Deus pude dar essa felicidade para eles”, afirmou.

O zagueiro de 24 anos, que tem os direitos pertencentes ao Cruzeiro, iniciou sua carreira profissional justamente pelo time de Varginha, ao ser emprestado em 2011. Antes de voltar ao time de Belo Horizonte, no entanto, Hélder sofreu séria lesão que o tirou dos gramados por toda a temporada de 2012, perdendo espaço no clube. De volta à ativa, no ano passado, o zagueiro participou da boa campanha do Aparecidense e despertou o interesse do Carijó, que o trouxe para a disputa do Mineiro, Copa do Brasil e Série C.

Depois da falta cobrada por Toledinho da intermediária, Felipe Lima desvia e zagueiro Hélder marca, na raça, o gol da vitória sobre o Boa

Depois da falta cobrada por Toledinho da intermediária, Felipe Lima desvia e zagueiro Hélder marca, na raça, o gol da vitória sobre o Boa

Pés no chão e aprendizado com o “xerife”

“Heroi? Não! O gol foi um simples detalhe, o time correu muito, estávamos precisando dessa vitória com garra e de jogar bem. Estávamos vencendo, mas alguma coisa não encaixava e hoje deu tudo certo”, analisou Hélder, com humildade. Ponto crucial na atuação do time para Paulo Campos, a vontade dos jogadores também foi destacada pelo zagueiro, além da melhoria na qualidade do futebol jogado pelo Tupi. “Tem que ser assim, não pode faltar raça, mas hoje melhoramos nossa técnica também, resultado do que viemos fazendo no dia-a-dia e graças a Deus conseguimos realizar um bom trabalho”, disse.

Atuando desde o início da temporada ao lado do experiente Fabrício Soares, Hélder não deixou de enfatizar o crescimento das atuações do setor defensivo e a boa relação com o companheiro zaga. “Fabrício Soares tem me ajudado bastante com a experiência dele, tem me posicionado durante os jogos e tenho só a agradecer. A parte defensiva vem melhorando com as partidas e a tendência é ir ficando mais forte”, contou.

Partida contra o Cruzeiro

Hélder ainda não sabe de poderá atuar contra o Cruzeiro no jogo da décima rodada do Campeonato Mineiro, marcado para o sábado, 8, às 18h30, no Mineirão. Mesmo assim, o zagueiro não escondeu a motivação em enfrentar o clube dono de seu passe e projetou o que espera da partida. “Time forte, grande. Vamos lá respeitando eles, mas como estamos brigando por uma situação melhor no campeonato, vamos em busca de pelo menos um empate. Motivo em dobro por ser meu ex-clube e o Mineirão é palco de Copa do Mundo, de grandes finais e campeonatos. Então tem tudo para ser um grande jogo”, afirmou.

Texto de Bruno Kaehler

Foto: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 ago 2017
UFJF e Uberabinha anunciam fim da parceria no futebol de base

22 ago 2017
Veja melhores momentos de Tupi 1 x 0 Mogi e o mapa carijó em busca da vaga no mata-mata

21 ago 2017
Intercolegiais: Granbery e Escola Estadual Francisco Bernardino são campeões no Estádio Mário Helênio

21 ago 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.