16 fev 2014

Tupi perde feio para Caldense em jogo tumultuado. Boa segue 100%



  Uma tarde para o torcedor Carijó apagar da memória, e para o treinador Wilson Gottardo eventualmente repensar alguns pontos da equipe para a sequência do campeonato. A chuva caiu forte em Poços de Caldas, e também o desempenho do futebol jogado pelo Tupi. Apático em campo, o Carijó fez uma partida irreconhecível, e perdeu para a Caldense por 3 a 0, neste sábado, 15, perdendo a terceira colocação para a própria Veterana, ficando em quarto na tabela – podendo ainda ser ultrapassado por Tombense, Guarani e América, que jogam neste domingo.

O Boa Esporte manteve o aproveitamento espetacular, agora com quatro vitórias consecutivas: 1 a 0 sobre o Nacional, de Muriaé, gol de Marinho Donizete, diante da torcida.

 Gol “de cara”

O Tupi entrou completo para o jogo, Sidney, que era dúvida, foi confirmado no vestiário e começou como titular. A equipe da Caldense entrou em campo com quatro jogadores conhecidos da torcida Carijó: o zagueiro Marcelinho, o lateral Rafael Estevam e os meias Marcel e Michel, comandados pelo juizforano Léo Conde. Logo no início, os donos da casa foram pra cima. Aos 4 minutos da primeira etapa, a zaga do Tupi vacilou na saída de bola, pela direita Andrezinho cruzou para Luiz Eduardo escorar de cabeça e abrir o placar.

O primeiro tempo prosseguiu e o Tupi tentou se encontrar em campo, mas a Caldense continuou pressionando no campo de ataque. O Carijó não encaixava os passes no meio, e não conseguia prender a bola na frente. Já a Veterana subia com tranquilidade, usando bem os meias e procurando a referencia de Luiz Eduardo no comando ofensivo. Com Núbio Flávio apagado, Da Silva foi sobrecarregado e não conseguia dar continuidade nas jogadas Carijó. Em novo erro da defensiva do Tupi, Ewerton Maradona recebeu e fez lançamento primoroso para Luiz Eduardo, aos 39 minutos, entrar livre entre a zaga e guardar seu segundo gol, na saída do goleiro Jordan: Caldense 2 a 0.

Confusão e expulsões

Depois do segundo gol, a equipe da Caldense diminuiu o ritmo e o Tupi ficou ainda mais nervoso dentro das quatro linhas. Em um lance na defesa do Tupi, Maguinho, do Galo, e Michel, da Caldense, dividiram uma bola e tempo fechou entre os dois. No final do primeiro tempo, Michel deu uma entrada violenta em Maguinho, e recebeu o cartão vermelho de forma direta. Com a confusão instalada em campo, Henrique, em seu centésimo jogo com a camisa do Tupi, acabou se envolvendo e também foi expulso.

Com dois jogadores a menos em campo, o jogo no segundo tempo foi mais aberto, mas o Tupi continuou pecando nas jogadas pelo meio de campo, e a Caldense se fechou na defesa, mas aproveitando os espaços, levou perigo a meta Carijó. O coreano Lee entrou no lugar de Núbio Flávio, mas nada mudou no comando ofensivo Carijó – o jogador ainda seria expulso no fim da partida. Perdendo os lances no meio campo, Gottardo sacou Tenório, cansado, e promoveu Genalvo, para fechar o meio campo.

Mas a substituição não surtiu efeito, e quem marcou o terceiro foi a Veterana. Jordan falhou depois de um cruzamento vindo da esquerda, a bola sobrou para Marcel, que com frieza e categoria bateu forte no ângulo, fazendo um belo gol, dando números finais a partida. Maguinho ainda tentou diminuir, depois de levar a zaga alviverde, mas parou na grande defesa do goleiro Negueti.

Com um balanço completamente negativo, além da partida, o Tupi também perdeu para o próximo jogo, na próxima quarta, em Juiz de Fora, contra o Villa Nova, o volante Maguinho, que levou cartão amarelo e estava pendurado, além dos expulsos Lee e Henrique.

Caldense não tomou conhecimento do Tupi e construiu placar elástico: 3 a 0

Caldense não tomou conhecimento do Tupi e construiu placar elástico: 3 a 0

Caldense 3 x 0 Tupi

15/02 – Ronaldão – 17h

Arbitragem: Cleisson Veloso Pereira (CBF/FMF), auxiliado por Marcio Eustaquio Santiago (FIFA/MG) e Guilherme Dias Camilo (Aspirante FIFA/MG). 4ºA: Rodrigo Gomes Lucio (FMF)

Gols: 9-Luiz Eduardo, aos 4’1T e 40’1T e 7-Marcel, aos 40’2T (Caldense)

Caldense: 1-Negueti, 2-Andrezinho (13-Vinicius, aos 37’2T), 3-Marcelo, 4-Plinio, 5-Maxsuel, 6-Rafael Estevam, 7-Marcel, 8-Diney, 9-Luiz Eduardo (19-Leo Andrade, aos 32’2T), 10-Ewerton Maradona (Felipe Canavan, aos 29’2T) e 11-Michel. Técnico: Leonardo Condé

Tupi: 1-Jordan, 2-Henrique, 3-Helder, 4-Magnun, 5-Felipe Lima, 6-Fabricio, 7-Nubio Flavio (19-Lee, no intervalo) , 8-Maguinho, 9-Da Silva, 10-Sidinei e 11-Fabio Tenório (15-Genalvo, aos 20’2T). Técnico: Wilson Gottardo

Cartões Amarelos:

Caldense: 7-Marcel e 9-Luiz Eduardo

Tupi: 4-Magnum, 8-Maguinho e 11-Fabio Tenório

Cartões Vermelhos:

Caldense: 11-Michel

Tupi: 2-Henrique e 19-Lee

Boa Esporte vence o Nacional 

Boa Esporte 1 x 0 Nacional

15/02 – Melão – 17h

Arbitragem: Flavio Henrique Coutinho Teixeira (CBF/FMF), auxiliado por Marconi Helbert Vieira (CBF/FMF) e Frederico Soares Vilarinho (CBF/FMF). 4ºA: Adílio Ribeiro da Silva (FMF)

Gol: 6-Marinho Donizete, aos 42’1T (Boa Esporte)

Público: 1.423 pagantes

Renda: R$ 9.905,00

Boa Esporte: 1-Emerson, 2-Edmar, 3-Thiago, 4-Matheus, 5-Vinicius, 6-Marinho Donizete, 7-Moises Ribeiro, 8-Betinho, 9-Alexandre (20-Bruno Aquino, aos 26’2T), 10-Malaquias (14-Guilherme, aos 33’2T) e 11-Wander (18-Filipinho , aos 17’2T). Técnico: Ney da Mata

Nacional: 1-Joao Carlos, 2-Leandrinho, 3-Xandao, 4-Rafael Silva, 5-Marcao, 6-Bade (13-Americo, aos 25’1T), 7-Iuri (18-Iuri Oliveira, aos 29’2T), 8-Leo Medeiros (19-Danilo Santos, no intervalo), 9-Janio, 10-Junior Lemos e 11-Jonatan. Técnico: Marcelo Cabo

Cartões Amarelos:

Boa Esporte: 4-Matheus e 18-Filipinho

Nacional: 6-Bade, 11-Jonatan, 5-Marcao, 13-Americo e 7-Iuri

Classificação Campeonato Mineiro – Primeira Fase
 

Chave Pos. Equipe PG J V D E GP GC SG %AP
Campeonato Mineiro 2014 – Módulo I – Primeira fase
A 1  Boa 12 4 4 0 0 9 3 6 100.00
A 2  Cruzeiro 10 4 3 0 1 6 1 5 83.33
A 3  Caldense 9 5 2 0 3 6 1 5 60.00
A 4  Tupi 7 5 2 2 1 6 6 0 46.67
A 5  Tombense FC 6 4 1 0 3 4 2 2 50.00
A 6  Guarani 5 5 1 2 2 6 6 0 33.33
A 7  América 5 4 1 1 2 2 3 -1 41.67
A 8  Atlético 4 4 1 2 1 2 5 -3 33.33
A 9  Villa Nova 3 3 1 2 0 3 5 -2 33.33
A 10  Nacional 3 4 1 3 0 4 7 -3 25.00
A 11  U.R.T 3 4 1 3 0 2 6 -4 25.00
A 12  Minas Boca 1 4 0 3 1 3 8 -5 8.33

Texto: Gustavo Fonseca, com informações da Rádio Globo Juiz de Fora e portal da Federação Mineira de Futebol

Foto Caldense x Tupi: Luciano Santos – Jornal Mantiqueira

 

 

 


Voltar

4 Respostas to “Tupi perde feio para Caldense em jogo tumultuado. Boa segue 100%”

  1. Marcelo rizzato
    16/02/2014 às 11:57

    Muita calma nessa hora. A caldense sempre sera uma pedra no caminho quando lá e o mesmo para ela o TUPI quando em casa. Por isso a fórmula para a classificação continua a mesma: vencer todas em casa e conseguir no mínimo uma vitória fora. Sempre foi assim. Já passamos e bem por equipes que sempre crescem no campeonato como os grandes da capital. Porém é preciso agora os próximos 6 pontos em casa, pois nada adiantará fazer um jogo a mais em casa. Quanto aos ex são jogadores que que deveriam ter permanecidos, mas………..

Deixe uma resposta

Notícias


19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

19 out 2017
Copa Toque de Bola de Futsal: Academia destaca “movimento esportivo” gerado pela competição

19 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

18 out 2017
Faefid-UFJF recebe nota máxima em avaliação, foca em “atuar com pessoas” e vê trabalho dobrado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.