06 fev 2014

Transparaná: dupla de JF em quinto na Master. Avaliação é positiva



Depois de quase 1.500 quilômetros, a vigésima edição do Transparaná Troller chegou ao fim. A última etapa largou de Curitiba neste sábado, 1º, e finalizou em Guaratuba, no litoral paranaense e os juiz-foranos Pedro Agrelle e Rodrigo Peternelli conquistaram a quinta colocação na categoria Master. Foram 199 quilômetros navegáveis e 90 km de deslocamento, totalizando aproximadamente 4h37min de percurso total. Durante os seis dias de provas, a temperatura esteve muito alta, com os termômetros marcando mais de 35 graus, sem chuva. 

O piloto Pedro Agrelle, em entrevista ao Toque de Bola, analisou o desempenho obtido na etapa. “Ficamos muito contentes com esse resultado perante todos os problemas que tivemos durante o rally. Ele foi o início do ano para ter noção de como estamos andando em relação aos nossos maiores concorrentes nas próximas provas. Todas as etapas que completamos, conseguimos ficar entre os três primeiros colocados. Nesse rally não se pode ter erro de nenhuma parte do piloto e do navegador. Qualquer ponto, que é um décimo de segundo perdido, pode te tirar a vitória”, disse.

Apesar da satisfação, o juiz-forano ressaltou que poderia ter conquistado um resultado melhor se não fosse o desgaste do veículo acumulado pelas competições de 2013. Durante uma etapa, uma peça do carro de Pedro e Rodrigo quebrou, impossibilitando a continuação da dupla no percurso.

“Foi a barra de direção do carro. Sem ela não se consegue virar as rodas do veículo. Foi uma quebra inesperada, o apoio mecânico revisou o carro e estava ‘ok’, não sei se foi alguma pancada que a quebrou. Sem ela não é possível continuar a prova. Ficamos parados numa curva aonde ela quebrou, só conseguimos sair com a ajuda dos carros limpa-trilha, que têm pessoas muito experientes em ajudar os competidores com problemas. Eles fizeram um reparo de emergência, conseguimos chegar até o neutro da prova, de onde o carro seguiu de guincho até Curitiba”, explicou.

Tecnicamente, os trajetos encontrados durante a disputa da competição não deixaram a desejar, segundo Pedro. “Foi um rally sensacional. Teve de tudo: barro, areia, cascalho, plantações de cana, eucalipto. Cada dia é diferente do outro, o piso muda, temos que nos adaptar rápido para não ficar para trás”, elogiou.

Pedro ainda relatou algumas de suas metas para 2014, lembrando que tudo ainda não está definido pelas pendências em relação ao apoio financeiro da dupla. “Estamos planejando o que vamos correr. Temos certeza que vamos disputar a Copa Troller, estamos querendo a Copa do Brasil, que são quatro corridas, três em Santa Catarina e uma em São Paulo, mas isso dependemos de fechar com os patrocinadores. Se conseguirmos ir em todos esses eventos, queremos nos destacar como uma das melhores duplas de rally de regularidade do Brasil. Temos capacidade para isso, já sabemos o que precisamos melhorar para andar contra todo mundo”, contou, otimista.

Campeões

Rogério Gonçales/Rodrigo Borges, da categoria Graduados, foram os vencedores do Transparaná Troller 2014 na geral, com 143 pontos. Com apenas um ponto a menos, Alessandro Ronerto Weirich/ Jhonatan Ardigo, da Master, ficaram em segundo, seguidos por Flávio Kath/Rafain Walendowsky, também da categoria Master, com 141 pontos.

“É muito gratificante. É o quarto Transparaná que eu participo. A primeira vez chegamos em casa com carro em cima de um caminhão, na segunda tombamos o veículo, na terceira tivemos um problema mecânico e nesta edição foi para graduar mesmo”, comemora o piloto Rogério, Troller #118.

O navegador Rodrigo Borges também comemorou o ótimo resultado. “A prova estava bem legal, não tivemos problemas técnicos, a organização está de parabéns. Esta é a minha quinta edição, desde de 2010 estamos tentando uma boa colocação. O título de um campeonato grande como esse é um sonho, já ganhei outros campeonatos, mas este é especial. Foi decidido o título na etapa final, em disputas acirradíssimas, ainda mais com o calor intenso, sem ar condicionado que enfrentamos todos os dias do rali desde Foz”, disse.

Master

A dupla Alessandro Roberto Weirich/ Jhonatan Ardigo venceu na categoria Master, com 220 pontos, seguidos por Rone Branco/Enedir Jr., com 213 pontos e Flávio Kath/Rafain Walendowsky, com 209 pontos. “As provas desse Transparaná estavam bem bacanas, cansativas, com médias rápidas e altas. Nosso objetivo era ficar entre os cinco, então estamos felicíssimos pela conquista”, exalta o piloto Alessandro Wierich, de Curitiba (Troller #14).

Graduados

Na categoria Graduados, a dupla Rogério Gonçales/Rodrigo Borges foi a vencedora, com 207 pontos. André Luiz Pinto e Fábio Dutra ficaram com a segunda colocação, com 193, e André Pereira de Queiroz e Leandro Macedo Ferreira em terceiro, com 173 pontos.

Júnior

Irineu Pedroso/Robson Schuinka (Cascavel/PR) foi a dupla vencedora na categoria Júnior, com 242 pontos. Fernando Hostins e Andressa Aviz ficaram em segundo, com 224, seguidos por Silvano de Jesus Taborda e Juliana Jaremizck, com 214 pontos. “Participar do Transparaná é sempre emocionante, fazemos uma família no rali e agora, nos veremos apenas no ano que vem. Estou muito feliz com o título”, comemorou Irineu Pedroso, campeão da Junior.

Transparaná Troller 2014

Foram seis dias de prova, em que os participantes são divididos em quatro categorias: Master, Graduados, Junior e Adventure, com o objetivo de completar os cerca de 1.500 quilômetros com a maior regularidade possível. Os percursos das etapas foram totalmente desconhecidos pelas equipes até o dia de cada uma das largadas, do total de 13, sendo duas provas por etapa com pausa entre elas (neutro) e o Super Prime, realizado no último domingo (26). Os competidores puderam descartar o pior resultado da classificação geral do evento, menos as duas últimas provas.

Series

Para esta última etapa, onze equipes se inscreveram na categoria Series, em que os competidores poderiam fazer as provas de Curitiba ao litoral, sem pontuar na classificação geral. Foram nove duplas inscritas na categoria Jeep e duas na Adventure.

Patrocínios

O Transparaná Troller 2014 tem como patrocínio Ouro a Troller, Prata a Acassius Gráfica e Dispauto Auto Peças, Bronze a Trilha Eurocar, Ekron Off Road, Off Shox Amortecedores Especiais, Mamute Off Road, Itaipu Binacional, Klein e apoio do Recanto Thermas & Resort Park Hotel, Secretaria do Turismo do Paraná, Barracão do Jeep, Santa Paula Hotel, Queijos & Vinhos Delica Tessen, Grupo Vinícola Famiglia Zanlorenzi, Prefeitura Municipal de Foz do Iguaçu e Jeep Club 4×4 de Foz do Iguaçu. Supervisão da Confederação Paranaense de Automobilismo, realização do Jeep Club de Curitiba e do Mundo Nav.

Demais resultados e informações no site www.transparana.com.br.

Resultado final do Transparaná Troller 2014:

Master

1) 14 Alessandro Ronerto Weirich/ Jhonatan Ardigo, Troller T4, Curitiba/PR e Apucarana/PR, 220 pontos

2) 12 Rone Branco/Enedir Jr. (Bolacha), Troller, Curitiba /PR e Chapecó/SC, 213

3) 1 Flávio Kath/Rafain Walendowsky, Troller, Blumenau/SC e Brusque/SC, 209

4) 15 Victor Pudell/Roberto Luiz Spessatto, Toyota Hilux, Toledo/PR e Constantina/PR, 171

5) 11 Pedro Agrelle Mendonça Souza/Rodrigo Berno Peternelli, Troller, Juiz de Fora/MG, 150

6) 13 Ricardo Salles de Oliveira Barra/Wagner Hirt, Paljero Full, Niterói/RJ e Apucarana/PR, 118

7) 16 Carlos Augusto Moreira/André Fernando Mocelin, Troller, Campo Largo/PR, 118

8) 7 Otávio Enz Marreco/ Allan Enz , Troller T4 3.2, Apucarana/PR, 69

9) 2 Paulo Roberto de Goes/Thiago Medeiros Stapazzoli, Troller, Joinville/SC, 60

10) 4 Hamilton dos Santos Medeiros/Renan Pamplona Medeiros, Troller, Curitiba/PR e Blumenau/SC, 57

Graduados

1) 118 Rogério Gonçales/Rodrigo Borges, Troller, Apucarana/PR, 207 pontos

2) 103 André Luiz Pinto/Fábio Dutra, Troller T4, Blumenau/SC, 193

3) 114 André Pereira de Queiroz/Leandro Macedo Ferreira, Troller T4, Curitiba/PR, 173

4) 105 Paulo Henrique Vieira/Vinícius Gunha (Gallo), Pajero Full, Curitiba/PR, 170

5) 121 José Carlos da Silva,/Waldemberg dos Santos Barros, Cuiabá (MT), 157

6) 104 Aurélio Bilhalva/Tiago Poisi, Pajero, Pelotas/RS e Gravataí/RS, 113

7) 108 Waldemiro Armindo Veiga/Luís Zanotti, Pajero Full, Joinville/SC, 112

8) 117 Marcos Osires Nunes/Marcos Vinícius Nunes, Troller, Curitiba/PR, 109

9) 116 Carlos Alberto Mendonça/Érik Fernandes de Brito, Troller T4 3.2, Criciúma/SC, 90

10) 110 José Eduardo Guerra/Márcia Maria Esteves Guerra, Pajero Full, Uberlândia/MG, 77

11) 109 Marcelo Prevideli/Marcos Fernando Evangelista, Troller, Curitiba/PR, 72

12) 113 Celso Leal de Macedo/Belén Macedo, Pajero Full, Piracaia/SP, 66

13) 119 Sandro Marcelo Suptitz (Xupitz)/ Eduardo Luiz Ortolan (Lobinho), Troller, Cascavel/PR, 65

14) 106 Robson Batista/Wilson Bastista, Pajero 3500, Curitiba/PR, 59

15) 120 Sidnei Cortes/Rafael Rocha da Silva, Curitiba/PR, 37

16) 107 Mário Luiz Rocco/Daniel Rocco, Troller/T4, São Paulo/SP e Pinhais/PR, 27

17) 112 Paulinho Theóphilo Dias Filho/Paulo César Camargo, Pajero Full, São Paulo/SP, 15

Júnior

1) 201 Irineu Pedroso/Robson Schuinka, Troller T4 3.2, Cascavel/PR, 242 pontos

2) 216 Fernando Hostins/Andressa Aviz, Troller, Alto Paraná/PR, 224

3) 217 Silvano de Jesus Taborda/Juliana Jaremzck, Troller, Cascavel/PR, 214

4) 215 Wilson Rogério Boscolo/Caio Boscolo, Jimny, Toledo/PR, 153

5) 211 Hoberson Henning/Igor Quirrenbach de Carvalho, Pajero Full, Castro/PR, 122

6) 204 Rodolfo Bertoluci Villas Boas/Everaldo Bonsenhor, L200, S. J. dos Pinhais/PR e Paranaguá/PR, 116

7) 214 José Mateus Carvalho/ Vicente Munhoz Neto, L200, Cambé/PR, 112

8) 213 Paulo Roberto Dalazoana/Edivaldo Luiz Soette, Pajero, Campo Magro/PR, 103

9) 205 Sueli Terezinha Dinamarques/Thais Stadler Silva, Hilux, Curitiba/PR, 89

10) 212 Dirceu Araújo Salla/Emerson Coleti, Curitiba/PR, 87

11) 208 Maria Aparecida Aoyama Salla/Cássia Ferreira Das Chagas, Suzuki Jimni, Ivaiporã (PR) e Brasília (DF), 71

12) 207 Rene Bordignon/Margarete M. G. Bordignon, Ford Ranger, Cascavel/PR, 62

13) 209 Ketleen Andreia Zani/ Anderson César Zani, Troller T4 3.2, Curitiba/PR, 15

14) 210 Thiago Parisotto Luquini/ Michel Parisotto Luquini, Troller, Ampére/PR, 11v

Texto: Bruno Kaehler, com informações da assessoria do evento

Foto: Divulgação


Voltar

Uma Resposta to “Transparaná: dupla de JF em quinto na Master. Avaliação é positiva”

Deixe uma resposta

Notícias


23 out 2017
Primeiro árbitro de vídeo da Libertadores será brasileiro. Vangasse explica as 4 situações em que ele pode atuar

23 out 2017
Leozinho reaparece na seleção da rodada. Próximo adversário do JF Vôlei tem pedido de desculpas ao torcedor

23 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.