19 jan 2014

UFJF começa bem, mas sofre oitava derrota consecutiva



Não deu para a UFJF. Apesar de ter começado bem a partida, a Federal foi surpreendida e conheceu a sua oitava derrota consecutiva na Superliga Masculina de Vôlei, ao perder por 3 a 1 para o Montes Claros, na noite deste sábado, 18, no Ginásio Tancredo Neves (parciais 19/21, 25/23, 21/19 e 21/16).

Agora, a UFJF tem um tempo para se preparar para o próximo desafio, que será só no dia 29, diante do Vivo/Minas, no Ginásio do Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte, em partida atrasada da primeira rodada do returno.

Sem Refatti, mas com moral 

Precisando vencer depois de sete jogos consecutivos sem marcar pontos, a UFJF viajou para Montes Claros com seus principais jogadores do elenco. Porém, um dos maiores pontuadores da equipe na competição, o ponteiro Refatti sofreu um problema no joelho e ficou de fora da partida. Com isso, Chiquita optou dessa vez por voltar com o oposto De Paula e escalou o time com Jardel, Victor Hugo,Daivisson, Hugo, De Paula, Thales e Rivoli.

Já o Montes Claros, que vinha de quatro derrotas e em uma crise financeira entrou em quadra com Petrus, Danilo, Edinho, Everaldo, Vivalde, Thiago Brendle e Alberto.

A Federal iniciou bem a partida abrindo três pontos, porém o Montes Claros reagiu e empatou em 6 a 6. A UFJF fechou a primeira parada técnica em vantagem: 7 a 6. Na segunda parada, o time de Juiz de Fora chegou com dois pontos de vantagem, 14 a 12. Em uma invasão de De Paula, o Montes Claros passou em 15 a 14. A Federal voltou com dois pontos a frente em uma sequência de bons saques do Rivoli. Depois de muito equilibrio e algumas trocas de pontos, o time de Juiz de Foral fechou em um ponto de bloqueio de Jardel: 21 a 19.

Montes Claros reage

No segundo set o Montes Claros fez o primeiro ponto. A Federal tentava o tempo todo não deixar escapar e perdeu a primeira parada técnica por 7 a 6. No excelente saque de Victor Hugo, a UFJF passou a frente em 10 a 9, fazendo com que o técnico Nery Junior parasse o jogo.

Mas novamente depois de algumas trocas de pontos, Montes Claros terminou a segunda parada técnica com um ponto a frente, 14 a 13. Na volta Montes Claros abriu dois pontos e em um erro de ataque de De Paula a vantagem foi para três, 16 a 13. Gelinski entrou e em uma boa sequência de bons saques a Federal empatou em 19 a 19. Depois de um emocioante final de segundo set, o ponteiro Danilo em um excelente ataque fechou em 25 a 23 para os donos da casa.

Não segurou a vantagem

No terceiro set a Federal abriu o placar. Em mais um set marcado pelo equilibrio, a UFJF conseguiu terminar a primeira parada técnica com a vantagem de um ponto. Na volta Rivoli em um ace abriu dois pontos. Depois de uma boa passagem do ponteiro Japa pelo saque, a Federal abriu a maior vantagem da partida até aqui, 12 a 7. O time de Juiz de fora foi para a segunda parada técnica com três pontos de vantagem. Porém, não conseguiu segurar e viu o Montes Claros virar para 18 a 17. Chiquita pediu tempo para tentar reorganizar a equipe. Não adiantou. O Montes Claros administrou a vantagem e fechou em 21 a 19.

Danilo, o nome do jogo

No quarto set, a Federal começou pressionando e fez o primeiro ponto. Mas em uma partida espetacular do ponteiro Danilo, que virou praticamente todas as bolas, o Montes Claros terminou na frente na primeira parada técnica, 7 a 6. Sem conseguir reagir a UFJF via o time do norte de Minas abrir três pontos. Chiquita pediu tempo, conversou com o grupo e o time conseguiu diminuir para 10 a 9. Apesar de ter encostado no placar, a UFJF perdeu a segunda parada técnica por 14 a 12. Com muitas dificuldades para superar o bloqueio de Montes Claros, a UFJF viu o seu adversário abrir quarto pontos com 19 a 15. Chiquita pediu tempo, mas não teve jeito. Com seis pontos de bloqueio no set, Montes Claros fechou em 21 a 16.

O ponteiro Danilo, do Montes Claros foi o destaque do jogo e ficou com o Troféu VivaVôlei, além de ter sido o maior pontuador do confronto, com 17 pontos. Pela UFJF, o destaque foi o central Jardel, com 13 pontos.

Ao fim da partida, o levantador Rivoli lamentou a contusão que tirou o ponteiro Refatti do jogo de hoje.

“Acho que hoje nós estavamos confiantes e infelizmente perdemos o nosso principal atacante ontem e tentamos suprir  isso da melhor maneira possivel, com as jogadas pelo meio, mas infelizmente não conseguimos o resultado”, disse o levantador em entrevista ao Sportv.

Quinta rodada returno18.01.2014 (SÁBADO) – Sada Cruzeiro (MG) 3 x 1 Voltaço (RJ) (19/21, 22/20, 21/15 e 21/18)
LOCAL/HORÁRIO: Ginásio do Riacho, em Contagem (MG), às 17h

TEMPO DE JOGO: 2h05
TROFÉU VIVAVÔLEI: Leal (Sada Cruzeiro)
MAIOR PONTUADOR: Leal (Sada Cruzeiro), com 16 pontos

18.01.2014 (SÁBADO) – Vivo/Minas (MG) 3 x 1 Vôlei Brasil Kirin (SP) (21/18, 15/21, 21/17 e 21/16)
LOCAL/HORÁRIO: Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG), às 17h

TEMPO DE JOGO: 1h42
TROFÉU VIVAVÔLEI: Bjelica (Vivo/Minas)
MAIOR PONTUADOR: Evandro (Vivo/Minas), com 16 pontos

18.01.2014 (SÁBADO) – Kappersberg Canoas (RS) 1 x 3 Sesi-SP (20/22, 20/22, 21/16 e 18/21)
LOCAL/HORÁRIO: Ginásio La Salle, em Canoas (RS), às 18h

TEMPO DE JOGO: 1h58
TROFÉU VIVAVÔLEI: Mão (Sesi-SP)
MAIOR PONTUADOR: Dennis (Kappesberg Canoas), com 21 pontos

18.01.2014 (SÁBADO) – RJ Vôlei (RJ) 1 x 3 São Bernardo Vôlei (SP) (16/21, 21/17, 21/12 e 21/14)
LOCAL/HORÁRIO: Ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro (RJ), às 18h

TEMPO DE JOGO: 1h41
TROFÉU VIVAVÔLEI: Ceará (São Bernardo Vôlei)
MAIOR PONTUADOR: Leozão (São Bernardo Vôlei), com 19 pontos

18.01.2014 (SÁBADO) – Montes Claros Vôlei (MG) 3 x 1 UFJF (MG) (19/21, 25/23, 21/19 e 21/16)
LOCAL/HORÁRIO: Ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG), às 21h30
TEMPO DE JOGO: 2h01
TROFÉU VIVAVÔLEI: Danilo (Montes Claros Vôlei)
MAIOR PONTUADOR: Danilo (Montes Claros Vôlei), com 17 pontos

18.02.2014 (TERÇA) – Moda/Maringá (PR) x Funvic/Taubaté (SP)
LOCAL/HORÁRIO: Ginásio Chico Neto, em Maringá (PR), às 19h15
TRANSMISSÃO: SporTV

Confira a classificação atual da Superliga Masculina de Vôlei:

classificaçãop4bRM

Texto: Mari Sequeto com informações complementares da CBV.


Voltar

Uma Resposta to “UFJF começa bem, mas sofre oitava derrota consecutiva”

Deixe uma resposta

Notícias


20 maio 2018
Que fase! Tupi perde a quarta na Série C

19 maio 2018
Missão cumprida! Tupi Futsal traz a vaga e pega o Corinthians

18 maio 2018
Super promoção “Causos IOR”! Saiba aqui como participar

18 maio 2018
UFJF/Asepel volta à cena no Campeonato Mineiro de base

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.