10 set 2013

Torcida carijó nas ruas. Aparecidense se faz de vítima



Torcedores do Tupi fazem manifestação no centro de Juiz de Fora, no início da tarde desta terça-feira, 10, exigindo os pontos da partida contra a Aparecidense (GO) e punição ao clube goiano.

A concentração começou no Parque Halfeld. O grupo desceu o Calçadão da Rua Halfeld e voltou ao ponto de partida.

No mesmo horário, no Globo Esporte, Comissão Técnica, representada pelo treinador Karmino Colombini e pelo auxiliar técnico, ex-jogador Uidemar, e dirigentes da Aparecidense se fazem de vítimas.

A pergunta (que não quer calar) que o Toque de Bola repassa para os nossos leitores:

Espera aí! Se ninguém no clube visitante concordava com a atitude do massagista, por que não permitiram ao Tupi fazer o gol no reinício de partida? Simples assim.

Representantes do Tupi estiveram reunidos na noite desta segunda-feira, no Rio de Janeiro, para definir a melhor estratégia para o julgamento no STJD.

O vice-presidente do Tupi, José Roberto Maranhas, é claro: “Tenho convicção que o jogo já está anulado!”, disse ao Toque de Bola. “O Procurador do STJD já falou, o Ministro do Esporte já se manifestou, a mídia nacional está ao nosso lado. Não podemos permitir uma nova partida, e dar ao adversário 50 por cento de chances de nos vencer. Assim ele não seria punido. E tem outras situações: vamos supor que a partida seja anulada. Quem vai arcar com as nossas despesas, do Tupi, no primeiro jogo? E vamos bancar também um novo jogo? Vamos cobrar ingressos?”

Para Maranhas, o Tupi tem que brigar para ficar com os pontos da partida e por uma severa punição ao clube goiano, por estar comprovado não ter se tratado de um gesto isolado do massagista Esquerdinha.


Voltar

4 Respostas to “Torcida carijó nas ruas. Aparecidense se faz de vítima”

  1. 11/09/2013 às 1:16

    Boa matéria como sempre…. Vamos que Vamos GALO..

  2. marcelo rizzato
    10/09/2013 às 14:38

    É ISSO.
    DEPOIS QUE O TOQUE DE BOLA DIVULGOU A SÚMULA, FICA COMPROVADO A NECESSIDADE DE SE DAR OS PONTOS DA PARTIDA AO TUPI, POIS O JUIZ DA PARTIDA DECLAROU QUE A BOLA ENTRARIA E FOI IMPEDIDA PELO MASSAGISTA DA APARECDIDENCE.
    VAMOS MORALIZAR AS COISAS, MUITO MAIS DO QUE UMA ATITUDE ANTIESPORTIVA, EXISTE O LADO DO MORAL E DA ÉTICA.
    ” NÃO É POR ISSO QUE ESTAMOS INDO PARA AS RUAS “,O EXEMPLO TEM QUE SER DADO SENÃO……..

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.