23 set 2013

Jacaré brilha e Sport vence o Cruzeiro no Mineiro Juvenil



Na manhã deste sábado, 21, às 10h30, no Procópio Teixeira, o Sport venceu o Cruzeiro, pelo placar de 1 a 0, com um gol de falta de Jacaré, em partida válida pela terceira rodada do Hexagonal Final do Campeonato Mineiro Juvenil. O time do treinador Ronaldo Augusto teve boas chances de marcar na primeira etapa e conseguiu segurar o forte ataque celeste. No segundo tempo, em uma cobrança de falta de Jacaré, que contou com um morrinho artilheiro, o Verdão de Juiz de Fora definiu a partida, conquistando a primeira vitória na competição.

O Sport estreou com derrota para o Atlético-MG, em casa, por 2 a 0. Na segunda partida, a equipe buscou um ponto, fora de casa, diante do América-MG. Com a vitória, Ronaldo já sonha em resultados maiores na competição, como o próprio título. O Cruzeiro, que estava invicto no campeonato, não conseguiu encaixar o jogo e saiu de campo deixando o torcedor frustrado.

No sábado, 28 de setembro, em Juatuba, o time de Juiz de Fora encara o AMDH.

CAMPEONATO MINEIRO JUVENIL – HEXAGONAL FINAL
Sport 1 x 0 Cruzeiro

Sport: João Paulo; Marco Vinicios, Felipe, Lucas, Élder; Lucas de Andrade, Albert, Wesley Jacaré, Iago; João Marcus e Marcus Vinícius.
Téc: Ronaldo Augusto

Cruzeiro: Lucas França; Gabriel Luiz, Marlon, Guilherme, Arnold; Renato, Sávio, Luis Felipe, Louzada; João Gabriel e Wendel.
Téc: Hamilton de Souza

Gols:

SPORT
10 – Wesley “Jacaré”

Lá e cá

Pela campanha na primeira fase e invicto no Hexagonal Final até o apito inicial da partida, o Cruzeiro era o favorito contra o Sport, mesmo jogando em Juiz de Fora. Porém, a equipe do treinador Ronaldo Augusto não se intimidou e conseguiu colocar a bola no chão desde o início da partida.

A equipe de Belo Horizonte foi a primeira a assustar, logo no primeiro lance. O lateral-esquerdo Arnold passou com facilidade por Marco Vinicios e cruzou no primeiro pau para João Gabriel, que antecipou a marcação, mas cabeceou por cima da meta de João Paulo, desperdiçando boa chance.

Aos quatro minutos, Jacaré domina mal pela esquerda, mas consegue fazer o lançamento para João Marcus. O camisa 9 recebe e finaliza de pé direito, balançando a rede do goleiro Lucas França, mas o gol é invalidado pois o árbitro pegou a posição irregular do atacante do Sport, para insatisfação do torcedor presente no Procópio Teixeira. Dois minutos depois, Jacaré novamente encontra Jõao Marcus, que em jogada semelhante, aparece livre dentro da área, mas novamente impedido.

O Cruzeiro voltou a assustar ao 13 minutos. Wendel, artilheiro da competição, chegou com liberdade pela direita e deu belo passe para Louzada. O camisa 10 avançou, invadiu a grande área pela direita e bateu cruzado. A bola passou à direita do goleiro João Paulo, com muito perigo.

A partida seguiu equilibrada, com as duas equipes com dificuldade de criação no meio-campo, sem conseguir furar o bloqueio defensivo. A grande chance da primeira etapa foi do Sport, aos 28 minutos. Élder aproveitou rebote a da defesa celeste e, dá intermediária, deu belo toque de balão para João Marcus, nas costas da marcação. Dentro da grande área, com opção do chute, o atacante dominou, ajeitou para a perna direita, driblou o goleiro e bateu rasteiro, vendo o zagueiro corta em cima da linha.

No talento e na sorte

Deslocado para fazer a função de volante, o camisa 10 do Sport, Wesley, conhecido como Jacaré, estava bem na proteção da defesa, anulando as jogadas do principal armador adversário, Louzada. No início da etapa complementar, o meia carregou até o campo de ataque e foi derrubado na intermediária, pela esquerda, logo aos três minutos. Com personalidade, o camisa 10 chamou a responsabilidade e bateu rasteiro. A bola caprichosamente bateu no “montinho artilheiro” e subiu, morrendo no ângulo do goleiro Lucas França, que nada pôde fazer: 1 a 0.

Ainda comemorando o gol, o Verdão de Juiz de Fora bobeou na marcação na saída de bola do Cruzeiro e quase leva o de empate. João Gabriel apareceu completamente livre de marcação, invadiu pelo bico direito da grande área e com um tapa de esquerda tentou deslocar João Paulo, que fechou o espaço e salvou o Sport.

Com a desvantagem no marcador, o Cruzeiro tentou pressionar o Sport no campo de defesa, mas era desorganizado e não conseguia furar o bloqueio defensivo do time de Ronaldo Augusto, que simplesmente parou o artilheiro da competição, Wendel, que não apareceu no jogo.

No fim da partida, Gustavo, que havia entrado no lugar de João Marcus na equipe de Juiz de Fora, repetiu o feito do companheiro substituído e perdeu grande oportunidade para matar o jogo. Após chutão da defesa, o camisa 19 saiu livre, em posição legal, junto com o atacante Marcus Vinicíus, que tentou cabecear na saída do goleiro, que conseguiu abafar. A bola sobrou para Gustavo, que tentou de bicicleta, mas não pegou em cheio, facilitando o corte da zaga antes de entrar.

Após os três minutos de acréscimo, o Sport consolidou o bom momento e confirmou a primeira vitória no Hexagonal Final.

Estrela

Com 16 anos e porte físico avantajado, Wesley, apelidado de Jacaré é o artilheiro do Verdão de Juiz de Fora no Mineiro Juvenil, com seis gols marcados. Determinante na vitória contra o Cruzeiro, o camisa 10 conversou com o Toque de Bola e disse que o bom momento é fruto do rendimento nos treinamentos.

“Nossa equipe pode chegar longe. A gente se dedica nos treinamentos durante a semana e eu saio de campo muito feliz, abençoado com esse gol. O grupo todo está de parabéns”, disse Wesley, ainda emocionado dentro de campo.

Para o treinador Ronaldo Augusto, o camisa 10 tem um potencial enorme e, se mantiver a dedicação, pode ter grande futuro dentro do futebol.

“Ele é um jogador praticamente completo. Temos que fazer algum trabalho com ele, principalmente por não ter tempo para estar alojado com o grupo, por vezes chega com vícios do futebol de várzea. Mas tem muito potencial, bem trabalhado, vai ser jogador profissional”, destacou o treinador.

Sobre a vitória diante do Cruzeiro, Ronaldo foi só elogios ao time e já projeta o futuro da equipe dentro do Hexagonal Final do Campeonato Mineiro Juvenil.

“As mudanças no time nós conseguimos trabalhar dentro dos treinamentos, construindo jogadas, até mesmo improvisando jogadores, para na hora da partida eles conseguirem render. Eles foram perfeitos na marcação no jogo de hoje, inutilizaram o Cruzeiro. Precisamos fazer 12 pontos nos próximos quatro jogos, que são contra os chamados adversários diretos, torcer para os grandes tirarem pontos entre eles, para sonharmos com o título”, afirmou.

Confira a classificação do Hexagonal Final após o término da terceira rodada:

Pos.   Equipe    PG   J   V   D   E   GP   GC   SG   %AP
 
1 Atlético     9   3   3   0   0   4   0   4   100.00
2 Cruzeiro     6   3   2   1   0   3   1   2   66.67
3 AMDH     4   3   1   1   1   4   2   2   44.44
4 Sport JF     4   3   1   1   1   2   3   -1   44.44
5 América     2   3   0   1   2   2   3   -1   22.22
6 Desportivo Minas     0   3   0   3   0   0   6   -6   0.00

Texto: Igor Rodrigues


Voltar

6 Respostas to “Jacaré brilha e Sport vence o Cruzeiro no Mineiro Juvenil”

Deixe uma resposta

Notícias


22 ago 2017
UFJF e Uberabinha anunciam fim da parceria no futebol de base

22 ago 2017
Veja melhores momentos de Tupi 1 x 0 Mogi e o mapa carijó em busca da vaga no mata-mata

21 ago 2017
Intercolegiais: Granbery e Escola Estadual Francisco Bernardino são campeões no Estádio Mário Helênio

21 ago 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.