26 ago 2013

Corrida Duque de Caxias: esporte, lazer e cultura na UFJF. Veja fotos



Uma manhã ensolarada, sob o famoso “céu de brigadeiro”, coroou a vitória de Eberth Silvério (masculino, 21:46.8) e Zirlene dos Santos (feminino, 27:44.7) na 26ª edição da Corrida Duque de Caxias, realizada neste domingo, 25 de agosto.

As equipes Saúde Performance (masculino, 42 pontos), Gemacom Tech (feminina, 54 pontos), Evidência Academia (masculina especial) e JF Paralímpico (feminina especial) também foram premiadas na competição, que contou com 7Km de percurso entre o campus da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF – ponto de largada e chegada) e o bairro São Pedro.

Ao todo, foram 1.684 atletas e mais de 2000 participantes na prova, válida pelo 27º Ranking de Corridas de Rua. Eles ajudaram a abrilhantar as comemorações pelo Dia do Soldado (25 de agosto), organizadas pelo 4º Grupo de Artilharia de Campanha (4º GAC) com apoio da Pró-reitoria de Assuntos Acadêmicos (Proacad) da UFJF.

Campeões gerais 

Eberth Silvério, campeão geral masculino

Eberth Silvério, campeão geral masculino

Pelo masculino, Eberth Silvério aproveitou o percurso rápido e fechou bem a prova. “Graças a Deus, tive a felicidade de vencer, fazendo uma chegada bem forte. Agora, vou buscar outras vitórias, não só em Juiz de Fora, mas em nível estadual e brasileiro também”.

O atleta conta que o desafio mais importante pela frente será o Campeonato Brasileiro Sub-23, em Simões Filhos, na Bahia. “Estou ranqueado, mas ainda quero treinar bastante e fazer outras provas rápidas para alcançar o índice e chegar confiante”.

Já para Zirlene dos Santos, a Corrida Duque de Caxias marcou a primeira vitória após 12 anos distante dos pódios. “Completo 31 anos de competição no dia 7 de setembro. Minhas melhores fases foram e 1999, 2000 e 2001 porque ganhei muitas provas”.

Ela conta que precisou diminuir os treinos durante algum tempo por causa do trabalho, mas voltou a se preparar durante uma viagem de estudos a Portugal. “Nunca abandonei o atletismo e voltei a competir na Duque de Caxias para chegar entre as três primeiras. Fiquei muito feliz por ganhar e agora vou me preparar bastante para a corrida do Granbery”.

 

Zirlene dos Santos, campeã geral feminino

Zirlene dos Santos, campeã geral feminino

Família e amigos reunidos

O atleta Alexandre Assis reuniu toda a família em torno do esporte. “No início, eles só me acompanhavam para fotografar e dar apoio, mas depois começaram a gostar também. Meus filhos já praticavam e foi mais fácil de trazer, mas minha esposa foi mais resistente no início”.

Já o estudante Anderson Ramos, de 18 anos, visitou o campus para aproveitar alguns momentos de lazer com a família e os amigos. “Viemos com dois intuitos principais: por cauda do meu irmão, que não tem muito costume de correr, mas está começando; e por um amigo, que já participou de várias provas no Rio e em Belo Horizonte. Ninguém da nossa turma se animou a correr ainda, mas quem sabe isso acontece no próximo ano”, brinca.

Com 59 anos de idade e mais de 600 provas disputadas,  o atleta Mateus dos Santos revela que preferiu se separar de duas esposas a deixar o esporte. “Entre elas e a corrida, prefiro a corrida. Rodo todo o Brasil, São Paulo, Curitiba, Belo Horizonte e vou para Vila Velha em setembro. Essa brincadeira já vai para quarenta anos”.

 

 Incentivo ao esporte, cultura e lazer

Organizador da 26ª Corrida Duque de Caxias, o tenente coronel Marcelo Silva Rodrigues ressaltou a importância do evento para a comunidade. “É um evento que vai muito além de uma simples corrida, pois é dedicado à saúde, ao esporte e ao lazer”.

Diversas atividades também foram realizadas no campus, pela Proacad e com apoio das faculdades de Enfermagem, Odontologia, do Centro de Educação à Distância (Cead) da UFJF, entre outros.

Patrick, Ramon e Hugo conheceram as dificuldades enfrentadas pelos cadeirantes no dia a dia

Patrick, Ramon e Hugo conheceram as dificuldades enfrentadas pelos cadeirantes no dia a dia

A Coordenação de Acessibilidade Educacional, Física e Informacional (Caefi) foi representada pelos alunos do quarto período de Educação Física, que andaram de cadeira de rodas durante toda a manhã para conscientizar a população sobre acessibilidade. “Estamos passando por todas as dificuldades dos cadeirantes no dia a dia. Qualquer esgoto ou ralo atrapalha na locomoção e, se bobear, a gente até cai. É tudo muito difícil, realmente”, enfatiza o estudante Hugo Dias.

 Segundo o Pró-reitor Flávio Takakura, a parceria com a Corrida Duque de Caxias é uma das mais importantes da UFJF. “Espera que aconteça nos próximos anos, não só pela participação na prova, mas pela possibilidade de divulgarmos o que a Universidade faz em prol do bem-estar dos jovens e das pessoas da comunidade, em geral”, completa.

 

Veja abaixo a galeria de fotos da 26ª Corrida Duque de Caxias:

 

Texto e fotos: Priscila Oliveira


Voltar

Uma Resposta to “Corrida Duque de Caxias: esporte, lazer e cultura na UFJF. Veja fotos”

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse