02 maio 2013

Vasco chega nesta terça-feira para amistoso no sábado



Após um treino na manhã desta terça-feira, 07,  em São Januário, o Vasco viaja para Juiz de Fora. Em três dias, Paulo Autuori vai comandar cinco treinamentos na cidade, encerrando a passagem com um amistoso contra com o Tupi, que foi incluído na programação do aniversário de 163 anos de Juiz de Fora.

Depois de o jogo ter sido anunciado, na manhã desta quinta-feira, para o dia 12, domingo, às 10h, no início da noite desta quinta-feira foi divulgado que o encontro entre as duas equipes será no sábado, dia 11, às 16h, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio.

Elenco

Estão relacionados 29 jogadores para a viagem desta terça-feira. Ficarão fora os entregues ao departamento médico – Bernardo, Leonardo, Guilherme Costa, Rodolfo e Robinho – e os que serão negociados pela diretoria – Romário, Thiago Feltri, André Ribeiro e Enrico. As novidades são os recém-contratados Edmilson e Alisson.

Parceria

Em entrevista coletiva realizada na manhã desta quinta-feira, 2, com as presenças do Prefeito Bruno Siqueira, do Secretário de Esporte e Lazer Francisco Canalli e do gestor de futebol vascaíno, Renê Simões, foram anunciados oficialmente os detalhes da parceria.

Estava previsto que a delegação cruz-maltina deixaria o Rio de Janeiro na segunda-feira, 6, com chegada a Juiz de Fora no início da tarde.

A nova informação é que a delegação cruzmaltina chega somente na terça-feira, ficando hospedada no Premier Parc Hotel, e treinando no Estádio Municipal.

A Prefeitura anunciou que o objetivo ao receber o Vasco é mostrar que Juiz de Fora tem condições de receber, num futuro próximo, jogos oficiais, do próprio clube ou de outros clubes do Rio de Janeiro, em competições como o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil.

Foi enfatizado ainda que não há despesa direta para o município na vinda da delegação carioca.  Pelo que foi anunciado, a Prefeitura vai disponibilizar ao Vasco o hotel, fruto de parceria com os proprietários do Premier, e o Estádio Municipal para os treinamentos, além de colocar uma equipe de colaboradores para auxiliar no que for preciso à Comissão Técnica e ao elenco no período de uma semana.

 Brasileirão em JF depende de proposta

Simões confirmou que há possibilidade de o Vasco trazer para Juiz de Fora jogos do Campeonato Brasileiro, como contra o Atlético Mineiro. Para que isso se concretize, o dirigente citou duas situações: “Precisamos de autorização da Federação de Futebol do Rio, para realizar partidas fora do estado, e seria necessária uma mobilização dos empresários de Juiz de Fora para se fazer uma proposta ao Vasco. Temos outras praças interessadas em levar nossos jogos”, observou.

  O clube carioca informou que não terá despesas no período de uma semana de treinamentos. Renê Simões revelou que da bilheteria do amistoso que couber ao Vasco, dez por cento serão destinados a uma entidade filantrópica local, a ser indicada pelas autoridades municipais.

Outra promessa feita por Simões, durante o encontro com a imprensa local, foi de que o departamento de marketing do clube irá realizar ações em Juiz de Fora para motivar e aproximar o torcedor.

Desafio

Em sua primeira participação, antes de começar a responder as perguntas dos repórteres, Simões destacou que  recebeu recentemente o seu diploma de gestor pela Fifa. Questionado pelo Toque de Bola sobre sua missão no clube carioca, envolvido com sérias dificuldades financeiras e ao mesmo tempo pressionado pelas cobranças da torcida por uma reação no desempenho dentro de campo, analisou: “Recuperar o time pode ocorrer em determinado momento. Você perde um jogo na quarta-feira, domingo você ganha e de repente já está no páreo novamente. Recuperar o clube, porem, só com um esforço conjunto da direção e do torcedor. Só o torcedor vascaíno pode recuperar o clube. Quando se construiu o estádio de São Januário foi assim, a partir de uma mobilização dos torcedores. O Vasco é a quarta torcida do País. Se amanhã o clube tem 100 mil sócios torcedores contribuindo…”

Como gestor, o dirigente lamenta esbarrar constantemente com os obstáculos financeiros. “Com uma certidão negativa em mãos, já se pode pelo menos começar a pensar em projetos. Mas as dívidas são de longo prazo. É lamentável clubes como Vasco e Flamengo terminarem departamentos de esportes olímpicos às vésperas de uma Olimpíada no Brasil, mas é a realidade dos clubes hoje, de muita dificuldade, não só no Vasco”.

Outro ponto comentado por Renê Simões, no contato posterior com a imprensa: o Estádio Municipal Radialista Mário Helênio pode aproveitar o momento em que o Engenhão está fechado, e se apresentar como uma ótima alternativa nesta temporada do futebol brasileiro.

Ao se despedir do Prefeito, Renê destacou que também teria que chegar cedo ao Rio de Janeiro porque os pais do atacante Bernardo, envolvido em nova polêmica extra-campo, ficaram de ir ao clube no início da tarde desta quinta-feira.

Foto: Toque de Bola


Voltar

3 Respostas to “Vasco chega nesta terça-feira para amistoso no sábado”

Deixe uma resposta

Notícias


20 maio 2018
Que fase! Tupi perde a quarta na Série C

19 maio 2018
Missão cumprida! Tupi Futsal traz a vaga e pega o Corinthians

18 maio 2018
Super promoção “Causos IOR”! Saiba aqui como participar

18 maio 2018
UFJF/Asepel volta à cena no Campeonato Mineiro de base

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.