18 ago 2012

Vida de gandula: em jogo ruim, é ele quem paga o pato



Enquanto a bola rolava na abertura da 20ª edição da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador, que teve início neste sábado, 18, Fabiano José Barbosa, 15 anos, não tirava o olho da pelota. Ele treina na Associação Esportiva Uberabinha, mas não “assinou” para esta competição porque está voltando de contusão: quebrou o pé quando deixava sua casa, no bairro Esplanada, em direção ao local de treinamento. Mas nem por isso deixa de participar: morrendo de vontade de entrar em campo, Fabiano foi gandula dos nove jogos realizados no Campo do Cerâmica, onde chegou às 7h.

E vida de gandula não é fácil: quando os jogadores “engrossam” em campo, é ele quem paga o pato. No Cerâmica, as bolas podem cair no terreno que existe atrás do gol, na escola que fica ao lado ou em uma propriedade situada atrás da outra baliza. “Antes, o pior lugar para buscar a bola era o mato atrás do gol. Mas limparam o terreno. Agora, o pior lugar é a granja que fica atrás do outro gol. O dono viaja e não tem jeito de pegar a bola”, explica.

Apesar de se esforçar ao máximo para que nenhuma bola seja perdida, a atuação como gandula não é a preferida de Fabiano. “Não gosto muito de ser gandula, não. Só faço para não precisar pedir dinheiro à minha mãe para sair com os meus amigos. Eu gosto mesmo é de jogar bola. Se aparecer um oportunidade, gostaria de ser jogador profissional”, revelou ele, que é fã de Messi.

Atento também às jovens promessas, disse ter gostado da atuação de vários jogadores no primeiro dia da Copa Prefeitura Bahamas. O que ele e todos que estavam no Cerâmica não gostaram de ver foi a contusão de um atleta da categoria mirim da EF Futuro, de Santos Dumont, na partida contra o Uberabinha. O jogador saiu de campo chorando muito, de ambulância e com suspeita de ter quebrado a perna, deixando uma tristeza no ar que contaminou o resto da tarde.

Bonsucesso x Tupynambás

Bonsucesso e Tupynambás protagonizaram confronto equilibrado

O último jogo do dia no Cerâmica foi pela categoria Infantil e pôs frente a frente Bonsucesso e Tupynambás, times que estão se tornando rivais pelos sucessivos confrontos em torneios das categorias de base. A partida foi marcada pelo equilíbrio e terminou empatada em 0 a 0. O regulamento da competição prevê, em caso de empate, que o vitorioso seja conhecido nas disputas de pênalti. Melhor para o Bonsucesso, que venceu por 3 a 2. O Baeta também segue na competição, disputada em dupla eliminatória. Mas, em caso de nova derrota, estará eliminado.

Um dos heróis do jogo foi o goleiro João Victor. Com a bola rolando, fez uma grande defesa no segundo tempo ao voar para tirar cobrança de falta no ângulo. Depois, nas penalidades, defendeu a segunda cobrança do Baeta, abrindo o caminho para a vitória. “Foi muito bom pegar esse pênalti porque meu time ficou sem derrota e não corre risco de ser eliminado”, disse, não tendo medo de afirmar que o Bonsucesso vem para brigar pelo título na categoria Infantil.

Resultados dos jogos no Cerâmica

Dente de Leite – Galo 0 x 2 AA Racionais – Nova Era II
Dente de Leite – Drogaria Pereira 0 x 4 Bonsucesso FC
Dente de Leite – Camisa 10 da Gávea 0 x 4 AE Uberabinha Superfreios
Dente de Leite – Associação Esportiva Linhares 0 x 2 CF Zico
Dente de Leite – Tupynambás 3 x 1 EF Futuro Santos Dumont
Mirim – AA Racionais – Nova Era II 1 x 0 Vianna Júnior/Dom Pedro II
Mirim – AE Uberabinha Superfreios 2 x 0 EF Futuro Santos Dumont
Infantil – Tupynambás 0 (2) x (3) 0 Bonsucesso FC

Texto: Thiago Stephan

Confira fotos de Bonsucesso e Tupynambás


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


18 out 2017
Faefid-UFJF recebe nota máxima em avaliação, foca em “atuar com pessoas” e vê trabalho dobrado

18 out 2017
Fajardo: “Copa Toque de Bola é espetacular”. Treinador estuda propostas, se não for o “salvador anti-queda”

18 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

16 out 2017
Longa hegemonia: ADJF conquista 16º título masculino nos Jogos do Interior de Minas. Feminino é vice

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.