05 ago 2012

Suprema Ibitipoca Off Road: superação na trilha. Veja resultado



A festa no pódio do 23º Suprema Ibitipoca Off Road, no início da noite deste domingo, 5, no pátio da Suprema, reuniu verdadeiros heróis. Após dois dias intensos de trilha entre 350 motos e 50 carros de participantes de mais de 80 cidades brasileiras, no belo cenário entre Juiz de Fora, Lima Duarte e Conceição de Ibitipoca, os vencedores revelaram toda a emoção e o reconhecimento de chegar ao cobiçado pódio do rali mais charmoso, e um dos mais badalados, do País.

Veja fotos de Aelson F. Amaral (www.aelsonfoto.com.br) clicando aqui

A festa de chegada teve show de motocross com manobras espetaculares dos pilotos da equipe de Jorge Negretti, da Yamaha. Antes da premiação, houve show de Felipe e Ruan, com participação especial de Gabriel Magalhães.

O rali tem coordenação de Manoel e Thiago Rezende. Saulo Santana é diretor da prova de motos, Wagner de Paula, diretor dos carros, e Anderson Boka Santiago responsável pela cronometragem. As provas têm supervisão das federações estaduais de motociclismo e automobilismo.

 MOTOS

“Foi meu sétimo título no Ibitipoca, então acho que sou bom mesmo”, tirou onda o campeão das motos master Sandro Hoffmann, de Venda Nova do Imigrante (ES). “Para vencer, tive o apoio da família, dos amigos, além de muito treinamento e muita coragem. Sem tudo isso não se vence o IOR”, afirmou o campeão das motos Over 40, Eduardo Salvarani, de São João Nepomuceno, após sua terceira conquista na prova.

Já o campeão na categoria motos sênior, Marco Túlio Faria, de Nova Serrana, nem conseguiu estar no pódio. Pouco antes de vencer a prova, ele sofreu uma séria contusão no joelho, mas mesmo assim resistiu às dores para garantir o primeiro lugar.

Entre as mulheres, Sabrina Katana, de Belo Horizonte, confirmou seu favoritismo e venceu não só o IOR como o Estadual de Regularidade – a prova definiu o Campeonato Mineiro. “Tenho muito orgulho por estas conquistas, e aproveito para convidar mais meninas a participar. Com o meu tempo, fiquei melhor colocada que muitos homens, não tem essa de mulher ser mais fraca não”, comentou, emocionada.

Emoção também teve João Carlos Pires, o pai do campeão das motos novatos, juiz-forano Tomaz Marra Pires. Ele não conseguia segurar as lágrimas desde que o filhão foi anunciado como campeão. O pai entregou o troféu, e Tomaz vibrou: “É a primeira vez que eu corro o Ibitipoca. E já consegui vencer é demais!”.

Faltar palavras para definir o que é vencer o Suprema IOR não é exclusividade dos mais jovens. O veterano juiz-forano Thanus Lancini talvez tenha sido o que mais comemorou a vitória, na categoria Over-50, acima dos 50 anos. “Dedicar, dedicar, dedicar, treinar, treinar,treinar, e o lado psicológico no Ibitipoca é muito forte, você tem que estar muito bem em todos os sentidos para vencer”.

   CARROS

Entre os carros, uma coincidência. As duplas vencedoras nas três categorias foram formadas pela primeira vez justamente no IOR. Na Master, Pedro Agrelle e Matheus Mazzei. “É aprimeira vez que corremos juntos. Foi uma prova muito boa, técnica, o rali de Ibitipoca é especial”, definiram os juiz-foranos.

Na Graduados, o piloto Paulo Roberto Siqueira, de Barbacena, e o navegador juiz-forano Lobsang Max, também comemoravam a vitória na primeira prova em que disputaram juntos. “É uma prova que não admite erro, demos muita sorte”, afirmou Lobs.

Na Turismo, pai e filho de Conceição de Ibitipoca vibraram com o pódio. “Foi a primeira vez que o Murilo navegou na prova”, exaltava o pai, Marcelo Gavioli Cunha.

 CAMPEÕES DO 23º SUPREMA IBITIPOCA OFF ROAD

MOTOS

MASTER: Sandro Hoffmann (Venda Nova do Imigrante- ES)

SÊNIOR: Marco Túlio Faria (Nova Serrana – MG)

OVER 40: Eduardo Salvarani (São João Nepomuceno – MG)

OVER 50: Thanus Augusto Lancini (Juiz de Fora-MG)

JÚNIOR: Osni Sporch Júnior (São João Nepomuceno – MG)

NOVATO: Tomaz Marra Pires (Juiz de Fora-MG)

FEMININA: Sabrina Katana (Belo Horizonte-MG)

DUPLA: Carlos Augusto Constantino/Carlos Bicalho (Belo Horizonte-MG)

 CARROS

MASTER: Pedro Agrelle/Matheus Mazzei – ambos de Juiz de Fora- MG

GRADUADO: Paulo Roberto Siqueira/Lobsang Max – piloto Barbacena/navegador Juiz de Fora

TURISMO LIGHT: Marcelo Gavioli Cunha/Murilo Nascimento Cunha -(Conceição de Ibitipoca) * Marcelo piloto pai, Murilo filho navegador

Depois de uma super festa de chegada, com show de motocross com a equipe de Jorge Negretti, da Yamaha, e apresentação da dupla Felipe e Ruan, foi divulgado o resultado oficial do 23º Suprema Ibitipoca Off Road.

Confira, abaixo, o desempenho das 350 motos e 50 carros, que representaram quase 90 cidades brasileiras nas trilhas entre Juiz de Fora, Lima Duarte e Conceição de Ibitipoca.

Ranking_Todas_SupremaIbitipocaOffRoad2012Motos

Ranking_Todas_SupremaIbitipocaOffRoad2012Carros

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

19 out 2017
Copa Toque de Bola de Futsal: Academia destaca “movimento esportivo” gerado pela competição

19 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

18 out 2017
Faefid-UFJF recebe nota máxima em avaliação, foca em “atuar com pessoas” e vê trabalho dobrado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.