01 ago 2012

Fluminense atropela na Sub-17 do 5º BF Cup



De um lado uma equipe tricolor. De outro, um rubro-negro. Olhando apenas as cores, dava até para imaginar uma partida equilibrada. Mas, com a bola rolando, logo se percebia a diferença técnica entre as duas equipes, algo incomum em clássicos. No início da tarde desta quarta-feira, 1º, o Fluminense enfrentou a Fundação Garra de Teresina, em jogo válido pelas quartas-de-finais do 5º Brazil Football Cup na categoria Sub-17, e não tomou conhecimento do adversário. Venceu por 13 a 0.

Garra no nome, garra na vida

Mesmo com o resultado, a equipe piauiense volta para a casa com uma bela história para contar. Os meninos da Fundação Garra chegaram a Juiz de Fora para disputar a competição em três categorias: Sub-13; Sub-15; e Sub-17. Distância aproximada de 2.500 km foi percorrida de ônibus em dois dias de viagem. Sem apoio financeiro, os jovens precisaram contar com “paitrocínio” para poderem viver o sonho de ser descoberto por uma grande equipe do futebol brasileiro. Quem sabe jogar no Fluminense?

“Acho que estamos fazendo história para o nosso estado. Nosso desafio é saber os limites da nossa equipe ao enfrentar um adversário de padrão da primeira divisão do futebol brasileiro. O que a gente espera é que um de nossos talentos interesse a alguém. Quem sabe assim, a gente possa mudar a história de pelo menos uma família”, disse o técnico Marcelo Amorim antes da partida contra o Tricolor. Humilde, comentou que a receptividade do juiz-forano foi especial: “Estamos nos sentindo mais em casa do que em Teresina”, disse, apesar das dificuldades encontradas na cidade. “Estamos alojados na Igreja de Santa Terezinha, mas lá não tem chuveiro. Mesmo assim a gente agradece a acolhida”, relatou. A saída foi tomar banho nos vestiários após as partidas.

Choque de realidade

Logo que começou a partida, Amorim percebeu que os limites de sua equipe seriam insuficientes para segurar o Fluminense, campeão carioca de 2011 na categoria Sub-17. O elenco tricolor, mais forte fisicamente e muito mais técnico, conta com dois jogadores que integram a seleção brasileira Sub-17: o goleiro Marcos Felipe e o atacante Kenedy. Além disso, o zagueiro Nogueira e o volante Marlon já foram relacionados para partidas do Tricolor pelo Campeonato Brasileiro. O restante do elenco não fica para trás. O centroavante Denílson Pereira, autor de três gols nesta quarta-feira, foi um dos principais nomes da partida.

Com a bola rolando, o que se viu foi um jogo de ataque contra defesa. Antes dos cinco minutos de jogo, o Fluminense já havia exigido duas grandes defesas do goleiro Mateus. Mas não demorou para os gols começarem a sair. Epitácio, após escanteio, abriu o placar. Denílson, sozinho na pequena área, fez o segundo. Epitácio marcou mais um ainda no primeiro tempo. No meio de campo, o volante Marlon ditava o ritmo do jogo. Na defesa, o capitão Nogueira era pouco exigido.

Veio o segundo tempo e uma chuva de gols… Nogueira, Caio, Denílson, Kenedy, Denílson, Hudson, Caio, Thiago, Marcelo e Gustavo. Uma fome de gol que parecia insaciável. “Atacante vive de gol. Estou sempre tentando melhorar a cada dia”, justificou Denílson, para depois comentar a expectativa para o restante da competição: “Daqui para frente não tem jogo fácil. Mas nosso time está sempre tentanto alcançar o seu objetivo”.

Ao ser substituído, o capitão Nogueira disse que conquistar o título do 5º BF Cup será importante para a carreira dos atletas do Fluminense. Ele acredita que vários jogadores do elenco tricolor terão a chance de jogar profissionalmente. “Não dá para precisar quantos, mas acho que muitos vão chegar ao profissional. Em Xerém, sempre buscamos a excelência do trabalho e tentamos melhorar a cada dia”, comentou o jogador, que mostrou maturidade durante toda a partida.

Fluminense: 1 – Marcos Felipe; 2 – Diego Fogazzi; 3 – Ygor Nogueir; 23 – Wendel da Cruz; 6 – Magdiel Stopa; 5 – Marlon Barbosa; 7 – Ycaro Mychell; 8 – Keven Alex; 11- Robert Kenedy; 9 – Denílson Júnior; 16 – Epitácio Neto. Demais atletas: 10 – Caio Adrio; 12 – Jonathan Vinícius; 13 – Marcelo Malaquias; 14 – Wallace Felix; 17 – Thiago Ennes; 18 – Gustavo Silva; 19 – Lucas Vieira; 20 – Hudson Gonçalves. Técnico: Léo Ramos.

Fundação Garra: 1 – Mateus Lima; 3 – Kevin Petersson; 4 – Marcos Bruno; 5 – Keneddy Macedo; 6 – Igor Fabrício; 7 – Jonatas Santos; 8 – Bruno Barbosa; 9 – Marcos Bruno; 10 – Romário Branddoh; 11- Issac Costa; 13 – João Paulo Oliveira; 14 – Geovane Damasceno; 16 – Thiago Matheus; 17 – Lucas Maurílio; 20- Breno Jardiel; 21 – Victor Barbosa; 30 – Alexandre Pereira. Técnico: Marcelo Amorim.

Outros resultados

Campo do Tupynambás
CF Zico 3 x 2 CGP – Sub-15
Fundação Garra (Teresina) 1 x 3 Uberabinha – Sub-15
Clube Desportivo Minas 5 x 1 CGP – Sub-17

Campo do Sport
CF Zico 6 x 1 Seleção Mineira – Zona da Mata – Sub-11
Gasec 1 x 1 Sport – Sub-11
Trops/Niterói 5 x 2 Tupynambás – Sub-11
Tupi wo x Barbacena – Sub-11
Instituto Juiz-forano 1 x 0 Bonsucesso – Sub-13
CF Zico 2 x 0 Seleção Mineira – Zona da Mata

Confira, abaixo, os confrontos de quinta-feira, 2. Clique na tabela para ampliá-la.

Texto: Thiago Stephan


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse