29 jun 2012

Fab Melo “carimbado” na NBA: vai jogar no Celtics



O atleta juiz -forano Fabrício Melo, revelado no Projeto Basquetebol do Futuro, transformou o sonho de chegar à NBA em realidade. O Toque de Bola vem acompanhando a trajetória de Fab Melo, como é chamado, e publica, abaixo, texto divulgado no site da ESPN, que traz detalhes de sua seleção, ocorrida na noite desta quinta-feira.

Veja, abaixo, o texto com informações do “carimbo” de Fab Melo na NBA:

A noite desta quinta-feira teve emoções contrastantes para duas promessas do basquete brasileiro. Quebrando as expectativas iniciais, o draft da NBA terminou com apenas um dos dois atletas do país inscritos. O pivô juiz-forano Fab Melo foi selecionado logo na primeira rodada, na 22ª posição, pelo Boston Celtics, e terminou a noite sorrindo. O sentimento de Scott Machado, porém, foi bem diferente. O armador tinha boas chances de entrar na principal competição de basquete do mundo, mas acabou ficando sem time.

(Leia também: Fab Melo, de Juiz de Fora para a NBA

Juiz-forano Fab Melo pode ser quinto brasileiro na NBA

Com 22 anos, Scott Machado jogou a última temporada da NCAA pela modesta universidade de Iona e, mesmo assim, acabou como líder em assistências da competição. Ele teve excelentes médias de 13,6 pontos, 5 rebotes e 9,9 assistências por partida no último ano. Esperava-se que o brasileiro fosse selecionado na segunda rodada do draft.

A não seleção no draft, porém, não significa que Scott esteja totalmente fora da NBA. O brasileiro ainda pode ser contratado por alguma equipe. Esta alternativa, porém, é muito mais complicada de acontecer.

Já Fab Melo, que também tem 22 anos foi um dos destaques de Syracuse e teve médias de 7,8 pontos, 5,8 rebotes e 2,9 tocos por jogo na última temporada. Especialista em defesa, o pivô brasileiro poderia até ter uma posição melhor no draft se não tivesse tido problemas acadêmicos, que acabaram o deixando de fora do March Madness, a fase final da NCAA.

Fab Melo se tornou o nono brasileiro a ser draftado na NBA e, se não for trocado, chega para suprir uma posição que ainda é carente nos Celtics. Na última temporada, Kevin Garnett – que é ala-pivô -, acabou sendo bastante improvisado na posição. O novato Greg Stiemsma, outro especialista de defesa, também acabou ganhando bastante espaço.

“É isso mesmo, sou do Celtics! Estou me sentindo muito bem. Agora é hora de comemorar com a minha família. Amanhã eu volto com vocês”, postou Fab Melo no Twitter. O pivô será o quinta brasileiro na NBA, que já conta com Nenê (Washington Wizards), Anderson Varejão (Cleveland Cavaliers), Tiago Splitter (San Antonio Spurs) e Leandrinho (Indiana Pacers).

Com Scott Machado de fora, o Brasil não consegue repetir seu melhor ano no draft. Em 2004, o país teve dois atletas selecionados: Rafael Baby Araújo, pelo Toronto Raptors, e Anderson Varejão, pelo Cleveland Cavaliers.

Hornets em destaque – Como já era mais do que esperado, o New Orleans Hornets usou a primeira escolha para selecionar Anthony Davis. Com apenas 19 anos, o ala-pivô da Universidade de Kentucky terminou a temporada da NCAA com 14,3 pontos, dez rebotes e 4,6 tocos de média, além de uma porcentagem de acerto de 64,2 nos seus arremessos de quadra. O total de tocos de Davis foi um recorde da tradicional universidade de Kentucky.

O time de New Orleans também selecionou Austin Rivers, filho de Doc River, atual técnico do Boston Celtics. Com a camisa de Duke, o armador Austin teve médias de 15,5 pontos, 2z1 assistências e 3,4 rebotes por jogo na última temporada.

   Veja todos os brasileiro já selecionados no draft da NBA:

1984 – Oscar Schmidt: 131ª escolha, New Jersey Nets

1988 – Rolando: 26ª escolha, Portland Trail Blazers

2002 – Nenê Hilário: 7ª escolha, New York Knicks

2003 – Leandrinho Barbobsa: 28ª escolha, San Antonio Spurs

2004 – Babby (Rafael Araújo): 8ª escolha, Toronto Raptors

2004 – Anderson Varejão: 30ª escolha, Orlando Magic

2006 – Marquinhos: 43ª escolha, New Orleans Hornets

2007 – Tiago Splitter: 38ª escolha, San Antonio Spurs

2010 – Paulão Prestes: 45ª escolha, Minnesota Timberwolves

Texto principal e informações: www.espn.com.br

Foto: Divulgação


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jan 2018
Clínica com Zico no Maracanã une diferentes gerações em torno do sonho do futebol. Veja fotos

22 jan 2018
Tem de 10 a 16 anos e que jogar futebol? É levar a chuteira e conferir a agenda da semana na Faefid-UFJF

21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse