29 abr 2012

Tupi: duas vitórias e um empate contra o Baeta



Rivalidade revivida intensamente na tarde deste sábado (28/abril) em Santa Terezinha. Em sequência, as categorias de base de Tupi e Tupynambás, dois dos três mais tradicionais clubes da cidade, se enfrentaram no Estádio Salles de Oliveira, que recebeu um ótimo público (dividido entre Carijós e Baetas igualmente, tanto em quantidade quanto em animação). E o saldo final foi positivo para o Galo: duas vitórias e um empate. As partidas valeram pela segunda rodada do Campeonato da Liga de Futebol de Juiz de Fora.

No primeiro jogo, pela categoria Mirim, o Tupi venceu por 4 a 2. E o nome da partida foi o Carijó Lucas Hungria – autor de três gols (um golaço, driblando a defesa do Baeta e dois de pênaltis). Arthur fez o outro tento, e Yuri e Kristian descontaram para o Tupynambás.

Os mirins do Galo, treinados por Alex Cirico, jogaram com Felipe, Nathan (Lucas), Brendon, Vitor (Dalmo) e Matheus; Silvino, Igor (Pedro), Arthur e Thales (Gabriel); Bruno (Gabriel Lucas) e Lucas Hungria.

Na segunda partida, os infantis do Galo foram heróicos. No primeiro tempo, foram prejudicados pela atuação desastrosa do árbitro Juan Montez, que conseguiu ver um pênalti a favor do Baeta (convertido por Pedro Henrique) e, depois, num único lance, expulsou dois atletas Carijós: o zagueiro Hueller e o volante Claudinho. No início da segunda etapa, os rivais aumentaram com Iago, mas mesmo com dois jogadores a menos o Tupi diminuiu, com Nemias, cobrando pênalti. Logo após esse lance, mais expulsões: dois do Baeta e Breno do Galo, e no final do jogo, o prêmio: Taylor empatou para o Alvinegro, chutando de bico, e 2 a 2. foi o placar definitivo.

O time infantil, treinado por Binha: Wellington, Douglas, Rodolfo, Hueller e Breno; Claudinho, Jonathan, Índio (Taylor) e Gabriel; Jonathan Roteli (Nemias) e Caio (Diego, depois Victor Luiz).

Ao final da partida, houve uma série de protestos, de ambos os times, contra o árbitro. A confusão atrasou em mais de 40 minutos o início da terceira partida da tarde, entre os juvenis de Tupi e Tupynambás.

Quando o confronto começou, um equilíbrio: Patrick abriu o placar para o Galo, aos 10 minutos; Emerson empatou aos 15 para o Baeta; Matheus Otávio, aos 17, fez mais um para os Carijós, mas Emerson, aos 26, deixou de novo tudo igual. No segundo tempo, a história foi diferente: Igor marcou duas vezes e Patrick, uma, dando números finais ao placar: Tupi 5 x 2 Tupynambás.

Também treinado por Binha, os juvenis do Galo jogaram com Yuri (Paulo Vitor), Gustavo, Wesley, Gabriel (Luiz Carlos) e Matheus Otávio (João Pedro); Peterson, Matheus Ferreira (Bruno), Rayan e João Heudes (Caio); Patrick e Igor. .

Texto, fotos e informações: assessoria do Tupi


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


19 out 2017
Oficial: Tupi informa que treinador Aílton Ferraz não fica no clube

19 out 2017
Copa Toque de Bola de Futsal: Academia destaca “movimento esportivo” gerado pela competição

19 out 2017
Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador: resultados e próximos jogos

18 out 2017
Faefid-UFJF recebe nota máxima em avaliação, foca em “atuar com pessoas” e vê trabalho dobrado

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.