14 abr 2012

Lembre chegadas do Tupi às semifinais e títulos do interior



Há uma bastante improvável chance matemática contra, mas a tendência é que o Tupi Futebol Clube consolide no domingo (15/abril), contra o Atlético, no Estádio Radialista Mário Helênio, sua quinta passagem para as semifinais na história do Campeonato Mineiro, pois o Galo alcançou essa situação em 1985, 1987, 2007 e 2008.

No primeiro ano, não houve o atual sistema de cruzamento (1º x 4º e 2º x 3º) e sim um quadrangular final entre Tupi, Cruzeiro, Atlético e América. Os Carijós começaram bem e venceram o Galo da capital e o Coelho, ambos por 1 a 0. E depois um empate sem gols com o Cruzeiro. Na rodada final, no entanto, os cruzeirenses venceram por 2 a 1.

Em 1987 também não houve uma semifinal clássica, mas o Tupi disputou a final do segundo turno contra o Cruzeiro (que valia, sim, uma vaga na grande final). O time celeste jogava pelo empate e não deu outra: 0 a 0 no tempo normal e na prorrogação.

Em 2007, depois de ficar em quarto lugar na primeira fase (20 pontos em 11 jogos – seis vitórias, dois empates e três derrotas, 19 gols a favor e 16 contra), o Tupi se deparou, na semifinal, com o Cruzeiro: 0 x 0 em Juiz de Fora e 0 x 4 no Mineirão.

Em 2008, segunda colocação na fase inicial (21 pontos em 11 jogos – seis vitórias, três empates e duas derrotas, 16 gols marcados e 12 sofridos) e o Atlético pela frente na semifinal. Em Belo Horizonte, derrota por 3 a 2 (gols de Edmar e Silas) e novo insucesso em Juiz de Fora: 0 a 1.

  Campeão do interior

Se não acontecer nenhum desastre, absurdamente improvável (perder por 1 a 0 e o Nacional vencer o Villa Nova, em Nova Lima por 6 a 0, por exemplo), o Tupi Futebol Clube sairá do Estádio Mário Helênio no domingo (15/abril) com mais uma taça de Campeão Mineiro do Interior – oficialmente a quarta, já que o troféu foi levantado em 1985, 2003 e 2008.

Na década de 80, o Tupi participou do quadrangular final do Campeonato, com os três times da capital (Cruzeiro, Atlético e América).

Em 2003, o Galo ficou na quarta colocação (também atrás dos clubes de Belo Horizonte) após o turno único. Fez 20 pontos em 12 jogos (cinco vitórias, cinco empates e duas derrotas). Marcou 21 gols e sofreu 17. A Campanha do Tupi:

3 x 1 – Villa Nova (em JF)

2 x 1 – Guarani (em Divinópolis)

2 x 2 – Caldense (em JF)

2 x 2 – URT (em Patos de Minas)

1 x 1 – Atlético (em JF)

2 x 0 – América (em Belo Horizonte)

1 x 3 – Ipatinga (em Ipatinga)

2 x 1 – Mamoré (em JF)

5 x 1 – Nacional/Uberaba (em JF)

1 x 1 – Rio Branco (em Andradas)

0 x 0 – Social (em JF)

0 x 4 – Cruzeiro (em Belo Horizonte)

 

Em 2008, os Carijós ficaram em segundo lugar, atrás apenas do Cruzeiro, ao final da primeira fase do torneio. Foram 21 pontos conquistados em 11 jogos (seis vitórias, três empates e duas derrotas. 16 gols marcados e 12 sofridos). A Campanha:

1 x 0 – Democrata-GV (em Governador Valadares)

3 x 2 – Guarani (em JF)

2 x 0 – Uberaba (em JF)

1 x 0 – Ipatinga (em Ipatinga)

0 x 0 – Ituiutaba (em JF)

2 x 2 – Rio Branco (em Andradas)

2 x 2 – Social (em JF)

2 x 1 – Democrata-SL (em JF)

0 x 3 – Atlético (em Belo Horizonte)

2 x 0 – Villa Nova (em Nova Lima)

1 x 2 – Cruzeiro (em JF)

Informações: assessoria do Tupi – Ailton Alves


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse