04 mar 2012

UFJF perde por 3 a 1 e já pensa na próxima Superliga



Juiz de Fora (MG), 3 de março de 2012

Depois de um primeiro set equilibrado e um bom segundo parcial, a UFJF foi derrotada por 3 sets a 1 para Montes Claros na noite deste sábado, 3, no ginásio do Tupynambás, pela nona rodada do returno da Superliga Masculina de Vôlei. O resultado praticamente confirma  a posição final da equipe juiz-forana na Superliga – 11º lugar – e faz com que se pense desde já na próxima Superliga. Os parciais foram: 23×25, 25×17, 18×25 e 21×25.

Veja, abaixo, as estatísticas do jogo divulgadas pela CBV:

UFJF x Montes Claros 3-3-2012 (CBV)

O Montes Claros ganhou a nona posição de Volta Redonda. O Cruzeiro assumiu a liderança. Veja todos os resultados da rodada e como ficou a nova classificação, clicando abaixo:

Classificação Superliga 3-3-2012 (CBV)

O Toque de Bola transmitiu  partida ao vivo em áudio, com reportagens de Thiago Stephan e comentários do ex-craque José Eduardo Bara. Após a partida, o técnico Maurício Bara Filho disse que o trabalho de formação da equipe para a Superliga 2012/13 “já está em andamento, as avaliações são constantes, no dia-a-dia”. Já o “quase” juiz-forano Fabiano Bittar, o Tuba, camisa 2 de Montes Claros, nascido em Ewbanck da Câmara, revelou ao repórter Thiago Stephan que tem conversado com a Comissão Técnica da equipe juiz-forana e vê com bons olhos a possibilidade de defender a UFJF num futuro próximo.

Maurício atribuiu ao saque eficiente de Montes Claros o fator decisivo na partida. “Eles tiveram um saque muito superior ao nosso, a passagem do Pereyra (argentino Hernan Pereyra) no terceiro set rendeu muitos pontos seguidos”. Para os dois jogos que restam na Superliga, o técnico da UFJF admite que chegar à décima posição ficou muito difícil – a UFJF está a cinco pontos de Montes Claros e Volta Redonda – e disse que até pela situação na tabela a equipe pode jogar mais solta. “Não temos mais nada a perder, era fundamental não ficar na última colocação, isso já conseguimos, vamos tentar aproveitar esses jogos finais para buscar mais vitórias ou mais pontos”.

Diego, da UFJF, acredita que nos dois primeiros sets a UFJF conseguiu imprimir seu ritmo, mesmo tendo sido derrotada no primeiro (25 a 23). Depois, a sequência de saques de Pereyra chegou a “desestabilizar” o time. “Eles foram para o tudo ou nada hoje, arriscaram mesmo”, afirmou Diego.

Fabiano “Tuba” destacou que foi sua primeira atuação em Juiz de Fora. “Saí muito novo da cidade, foi meu primeiro jogo aqui, com o apoio de familiares. Estou vivendo uma fase muito feliz”, destacou. Ele citou, inclusive, o fato de, no encontro entre Montes Claros e UFJF, no turno, o Toque de Bola ter informado sua ausência, em função do nascimento da filha. “Não ia jogar mesmo, mas consegui chegar a tempo depois de três dias por conta do nascimento dela”. Perguntado sobre a participação da UFJF na Superliga, Tuba elogiou o comportamento do público: “É uma torcida que apóia, e trata-se de um grande projeto da UFJF”.

O comentarista convidado do Toque de Bola, destacou, durante a transmissão, a atuação do levantador Rivoli, de Montes Claros. E foi justamente Rivoli o vencedor do Troféu VivaVôlei, entregue pela CBV ao destaque individual de cada partida da Superliga.

Foto: ETC


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


18 jan 2018
Próximo adversário do Tupi, Uberlândia perde em casa. Veja como começou o Estadual

18 jan 2018
Tem de 12 a 16 anos e quer jogar basquete? Sexta é dia de cesta! Olha esse convite da Faefid-UFJF

17 jan 2018
“Barraco” no Poço Rico! Eleições do Tupynambás viram caso de polícia

17 jan 2018
Cruzeiro x Tupi: choque de realidades marca estreia do Carijó no Campeonato Mineiro

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse