25 mar 2012

Superliga: definida primeira semi



A Superliga Masculina de Vôlei 2011/12, que mobilizou milhares de torcedores juiz-foranos com a participação da UFJF na fase de classificação, conheceu neste final de semana as duas primeiras semifinalistas. O juiz-forano Giovane Gávio, bicampeão olímpico como atleta, não poderá repetir o título brasileiro como técnico, uma vez que o Sesi-SP foi eliminado pela recém-formada equipe do RJX, patrocinada pelo empresário Eike Batista.

  Clique aqui para (re) ver, em nosso canal de TV, cobertura especial, transmissões ao vivo e entrevistas exclusivas, produzidas nos jogos da Superliga em Juiz de Fora.

Leia as principais informações da competição, divulgadas pelo site da Confederação Brasileira de Voleibol:

  Vôlei Futuro (SP) x RJX (RJ) é a primeira semifinal 

No SÁBADO (24.03), o time de Araçatuba (SP) foi até Campinas (SP) e, no ginásio Taquaral lotado, derrotou a Medley/Campinas (SP) por 3 sets a 1 (25/22, 25/16, 17/25 e 25/23), em 2h09 de jogo. Com o resultado, o time de Ricardinho e Cia. fechou a série melhor-de-três das quartas-de-final em dois jogos a zero, após vencer a primeira partida por 3 a 0.

O adversário do Vôlei Futuro na semifinal também venceu os dois primeiros jogos desta fase. O RJX eliminou o Sesi-SP, atual campeão da competição. O time carioca ganhou as duas partidas por 3 sets a 2. Esta é a primeira temporada da equipe carioca na Superliga.

Levantador e capitão do Vôlei Futuro, Ricardinho festejou a vitória e a classificação. “Nosso time se comportou bem em quadra, sacamos bem. As mudanças que eles fizeram dificultaram a nossa marcação. Mas esperávamos um jogo equilibrado como foi este mesmo. Estávamos bem preparados psicologicamente. O time teve momentos de tensão, mas isso faz parte do clima dos play-offs”, afirmou Ricardinho.

Melhor jogador da partida, o oposto Lorena, do Vôlei Futuro, ganhou o Troféu VivaVôlei. “Nosso time jogou bem e sacou de forma eficiente. Conseguimos passar para a semifinal. Esse era o nosso objetivo. Agora, temos uma semana para descansar e começar a preparação para enfrentar o RJX”, disse o oposto, que também foi o maior pontuador do duelo, com 21 acertos.

Do lado da Medley/Campinas, os jogadores agradeceram o apoio da torcida. O ponteiro Lukianetz destacou a força do saque dos rivais. “Com essa torcida apoiando desse jeito, nosso papel é demonstrar muita garra em quadra. Com esse saque forçado e sem errar, o Vôlei Futuro vai longe e vai ser campeão dessa Superliga. Com essa eficiência no saque é complicado segurar a equipe deles só no passe”, destacou o atacante.

 Outros confrontos

As outras duas séries das quartas-de-final estão empatadas e vão ser decididas no terceiro jogo. Na próxima SEXTA-FEIRA (30.03), a Cimed/SKY (SC) receberá o Vivo/Minas (MG), no ginásio Capoeirão, em Florianópolis (SC), às 21h.

No SÁBADO (31.03), o Sada Cruzeiro (MG) medirá forças com o BMG/São Bernardo (SP), às 10h30, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG). As duas partidas serão transmitidas ao vivo pelo canal Sportv. Os times que vencerem os duelos estarão frente a frente nas semifinais.

O jogo

O Vôlei Futuro começou melhor e marcou 4/2. Empurrada pela torcida, a Medley/Campinas foi buscar o empate (5/5) e virou o placar (6/5). Depois de uma boa passagem do ponteiro Mão no saque, os donos da casa abriram 9/6. Quando o placar marcava 14/13, o time de Campinas perdeu o central Gustavão, que sofreu uma leve torção no tornozelo direito. Robinho entrou em seu lugar. Com destaque para o oposto Lorena, o Vôlei Futuro passou a frente e chegou ao segundo tempo técnico: 16/14. Gustavão ainda voltou, mas não conseguiu impedir a vitória do time de Araçatuba por 25/22, após o ace do oposto Lorena.

Na segunda parcial, com um bom trabalho na relação defesa e bloqueio, o Vôlei Futuro marcou 7/4, com destaque para os ataques do ponteiro Camejo. O técnico da Medley/Campinas, Cacá Bizzochi ainda colocou o oposto Bob no lugar de Franco. Como no primeiro set, o bloqueio foi eficiente e o time de Araçatuba deslanchou: 12/6. Apesar da troca de levantadores e de ponteiros, a Medley/Campinas não se encontrou. O Vôlei Futuro dominou e fechou o set em 25/16.

A Medley/Campinas entrou para o terceiro set disposta a não dar adeus a Superliga e saiu na frente: 8/6. Com o atacante Mão atuando como oposto, os donos da casa incendiaram a torcida, ao marcar 10/7, e fizeram o técnico do Vôlei Futuro, Cezar Douglas, pedir tempo. Na segunda parada técnica, a vantagem continuou sendo do time da casa (16/12), que evoluiu no saque e no passe. O time de Araçatuba não se encontrou em quadra, e a Medley/Campinas fechou em 25/17, diminuindo a diferença de sets.

Com menos erros do que os rivais, a Medley/Campinas saiu na frente no quarto set (7/5). Mas o Vôlei Futuro reagiu, fez três pontos consecutivos, virou o placar (8/7) e abriu (11/8). Com o apoio incansável da torcida, os donos da casa ainda diminuíram a diferença para apenas um ponto (21/20). Mas o time de Araçatuba voltou a administrar o placar e fechou o set e o jogo em 25/23, após o ataque do oposto Lorena.

EQUIPES

MEDLEY/CAMPINAS – Rodriguinho, Franco, Bruno Zanuto, Mão, André Heller e Gustavão. Líbero – Lukinha

Entraram: Robinho, Lukianetz, Bob, Fidele e Aranha.

Técnico – Cacá Bizzochi

VÔLEI FUTURO – Ricardinho, Lorena, Camejo, Dentinho, Maurício e Vini. Líbero – Mário Jr.

Entraram: Evandro, Leozão, Michael e Bob.

Técnico – Cézar Douglas

 SUPERLIGA MASCULINA 11/12 – SEGUNDA RODADA DAS QUARTAS-DE-FINAL

23.03 (SEXTA-FEIRA) – BMG/São Bernardo 3 x 1 Sada Cruzeiro (25/20, 22/25, 25/22 E 25/21), em 1h51, no ginásio Poliesportivo, em São Bernardo do Campo (SP)

TROFÉU VIVAVÔLEI: Luizinho (BMG/São Bernardo)

MAIOR PONTUADOR: Wallace (Sada Cruzeiro), com 21 pontos

23.03 (SEXTA-FEIRA) – Vivo/Minas 3 x 2 Cimed/SKY (26/24, 25/20, 29/31, 24/26 e 18/16), em 2h34, na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG)

TROFÉU VIVAVÔLEI: Bruno Temponi (Vivo/Minas)

MAIOR PONTUADOR: Rivaldo (Cimed/SKY), com 27 pontos

24.03 (SÁBADO) – RJX 3 x 2 Sesi-SP (26/24, 18/25, 25/14, 24/26 e 15/12), em 2h13 de jogo, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ)

TROFÉU VIVAVÔLEI: Théo (RJX)

MAIORES PONTUADORES: Lipe (RJX) e Wallace (Sesi-SP), ambos com 19 acertos

24.03 (SÁBADO) – Medley/Campinas 1 x 3 Vôlei Futuro (22/25, 16/25, 25/17 e 23/25), em 2h09 de jogo, no Taquaral, em Campinas (SP)

TROFÉU VIVAVÔLEI: Lorena (Vôlei Futuro)

MAIOR PONTUADOR: Lorena (Vôlei Futuro), com 21 pontos

  Lorena foi o destaque da segunda rodada das quartas-de-final

A segunda rodada das quartas-de-final da Superliga masculina de vôlei classificou dois times para as semifinais: RJX (RJ) e Vôlei Futuro (SP). Nesta rodada, o destaque foi para o oposto do Vôlei Futuro, Lorena. O atacante ajudou na vitória sobre a Medley/Campinas por 3 sets a 1 e foi o segundo melhor jogador no bloqueio, o quinto no saque e sexto no ataque.

O RJX, outro time garantido na próxima fase da competição, venceu o Sesi-SP, por 3 sets a 2 e eliminou o atual campeão da Superliga. Nesta partida, Alan foi considerado o melhor líbero e ainda teve a melhor defesa da rodada.

A série entre Cimed/SKY (SC) e Vivo/Minas (MG) está empatada, com uma vitória para cada time, mas a equipe catarinense contou com três jogadores entre os melhores da rodada. No segundo jogo, Rivaldo marcou 27 pontos e foi o maior pontuador da rodada. O oposto também foi o melhor jogador no ataque.

E a Cimed/SKY ainda teve o levantador Bruno como o melhor jogador da posição e o ponteiro Renato como o melhor jogador de recepção. O terceiro encontro entre os times catarinense e mineiro será na próxima SEXTA-FEIRA (30.04), às 21h, no ginásio Capoeirão, em Florianópolis (SC)

O outro play-off também está indefinido. Na segunda partida entre Sada Cruzeiro (MG) e BMG/São Bernardo (SP), destaque para os centrais do time paulista. Isac foi o melhor no bloqueio e Luizinho no saque. A partida decisiva será no SÁBADO (31.03), às 10h30, no Riacho, em Contagem (MG).

MELHOR JOGADOR: Lorena (Vôlei Futuro) – segundo no bloqueio, quinto no saque e sexto no ataque

MAIOR PONTUADOR: Rivaldo (Cimed/SKY), com 27 pontos

MELHORES

Ataque: Rivaldo (Cimed/SKY)

Bloqueio: Isac (BMG/São Bernardo)

Saque: Luizinho (BMG/São Bernardo)

Defesa: Alan (RJX)

Levantamento: Bruno (Cimed/SKY)

Recepção: Renato (Cimed/SKY)

Líbero: Alan (RJX)

 Texto e informações: site da CBV

Foto: Arquivo Toque de Bola

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.