01 mar 2012

Câmara sanciona Lei que aumenta verba do Tupi



Juiz de Fora (MG), 1º de março de 2012

Foi sancionada nesta quarta-feira, dia 29, pela Câmara Municipal, a Lei nº 12.489, que altera os procedimentos para patrocínio e auxílio às equipes de futebol de Juiz de Fora. O texto estipula o valor mensal de R$ 30 mil às equipes que estiverem disputando campeonatos de futebol profissional e um auxílio de R$ 150 mil ao Tupi Foot-Ball Club, a fim de viabilizar a participação do time no Módulo I do Campeonato Mineiro.

Segundo o secretário de Esporte e Lazer, Renato Miranda, nos últimos anos a Prefeitura tem se empenhado ao máximo em apoiar o Tupi. “Com a criação da secretaria, a administração municipal investiu na estrutura do estádio e na mobilização de patrocinadores. Agora com a lei, o futebol na cidade terá um incentivo a mais”, disse.

Anteriormente, a Lei nº 11.427, de 2007, previa que os repasses ocorreriam somente durante a disputa dos campeonatos da primeira divisão, o que acabava inviabilizando a participação em campeonatos de outras divisões. O valor estipulado era de R$ 30 mil, sendo R$ 22,5 mil para equipes profissionais e R$ 7,5 mil para juniores, ambos concedidos apenas durante a disputa da primeira divisão dos campeonatos Brasileiro, Mineiro (módulo I) e Taça Minas. Para as equipes que disputassem o Módulo II da primeira divisão do Campeonato Mineiro o valor repassado era de R$20 mil.

Já para as que disputassem a segunda divisão do Campeonato Mineiro o valor era de R$ 15 mil. O auxílio ao Tupi também sofreu reajustes, passando de R$ 50 mil para R$ 150 mil. Dessa forma, o pagamento dos patrocínios não fica restrito à primeira divisão o que, por consequência, impedia a ascensão à elite do esporte brasileiro. O atual valor previsto na lei será repassado ao time juiz-forano em iguais parcelas de R$ 30 mil, durante cinco meses.

Para o diretor de futebol do Tupi, José Roberto Maranhas, os recursos previstos em lei vão possibilitar um Carijó ainda mais forte. “Esses recursos representam a possibilidade de continuidade do time, tanto no Mineiro quanto na Série C. Sem esses recursos, não conseguiríamos fazer uma equipe em condições razoáveis”, disse.

 Texto com informações da Assessoria de Comunicação da SEL


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 jan 2018
Tem de 10 a 16 anos e que jogar futebol? É levar a chuteira e conferir a agenda da semana na Faefid-UFJF

21 jan 2018
Virose no Carijó? Dirigente admite possibilidade, mas não quer usar como desculpa

19 jan 2018
Futebol do Baeta apresenta Comissão Técnica para Módulo 2 e admite que está atrasado

18 jan 2018
Próximo adversário do Tupi, Uberlândia perde em casa. Veja como começou o Estadual

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse