28 jan 2012

Vôlei Futuro vence UFJF por 3 sets a 1 em Araçatuba



Araçatuba (SP), 30 de janeiro de 2012

Terminou em Araçatuba: Vôlei Futuro 3×1 UFJF pela primeira rodada do returno da Superliga. Parciais: 25/19, 25/21, 23/25 e 25/16. Piá recebeu o troféu VivaVôlei como destaque da partida. Na quarta-feira, o Toque de Bola transmite ao vivo UFJF x Sada Cruzeiro, direto do Tupynambás, a partir de 19h30.

Clique, abaixo, para conferir as estatísticas da partida, divulgadas pela CBV:

Vôlei Futuro x UFJF (CBV) – 28012012

 

  Complemento

No encerramento da primeira rodada do returno da Superliga masculina de vôlei 11/12, vitória do BMG/Montes Claros (MG). O time mineiro recebeu, nesta SEGUNDA-FEIRA (30.01), a Medley/Campinas (SP) e ganhou por 3 sets a 1 (25/15, 22/25, 25/21 e 25/22). A partida foi disputada no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros, e teve 3h07 de duração, em virtude das paralisações por causa das goteiras.

O ponteiro Ricardo Serafim, do BMG/Montes Claros, foi eleito o melhor jogador da partida e ganhou o Troféu VivaVôlei. Após o confronto, o atacante exaltou a importância da vitória. “As equipes estão brigando por um lugar entre os oito. Hoje, tivemos um pouco mais de eficiência no saque. Agora, encostamos no RJX. Vamos ver se beliscamos mais alguns pontos”, avaliou Serafim.

O saque foi o destaque da vitória do BMG/Montes Claros. Ao todo, o time mineiro marcou sete pontos neste fundamento, contra apenas um do adversário. Ricardo Serafim marcou quatro aces e o central Alberto, três.

O ponteiro Bruno Zanuto, da Medley/Campinas, e o oposto Pereyra, do BMG/Montes Claros, foram os jogadores que mais marcaram na partida. Cada atacante assinalou 16 pontos.

O próximo desafio do BMG/Montes Claros será na QUARTA-FEIRA (01.02), quando irá até o Rio de Janeiro para enfrentar o RJX (RJ). O duelo será no Maracanãzinho, a partir das 19h30. Já a Medley/Campinas duelará com a Cimed/SKY (SC), no mesmo dia e horário, no ginásio do Taquaral, em Campinas (SP).

O JOGO

A partida começou equilibrada até o placar marcar 8/8 no primeiro set. Depois de uma paralisação devido às goteiras, que caíram na quadra em razão da forte chuva, o BMG/Montes Claros voltou com força. Bem no saque e no bloqueio, o time da casa comandou o set até marcar 25/15. Já a Medley/Campinas não conseguiu se adaptar à força do saque adversário e também cometeu muitos erros (sete no total).

A Medley/Campinas deu o troco no segundo set. O time paulista não se intimidou com a derrota na primeira parcial. O BMG/Montes Claros não manteve o ritmo e cometeu falhas. Bem no bloqueio, a equipe dirigida por Cacá Bizzocchi dominou o placar, fechou em 25/22 e empatou o jogo em sets.

No terceiro set, o técnico Jorge Schmidt fez três modificações no time do BMG/Montes Claros que começou a parcial. Começaram jogando o oposto Pereyra, o central Silêncio e o levantador Rivoli. As mudanças surtiram efeito, a equipe da casa jogou melhor e abriu no placar: 16/13. A Medley/Campinas chegou a encostar no marcador (21/20), mas, depois de dois aces do central Alberto, a equipe mineira abriu novamente e fechou o set em 25/21.

O quarto set foi mais equilibrado. A Medley/Campinas abriu dois pontos (14/12). Mas o BMG/Montes Claro recuperou, empatou (14/14) e virou o placar (17/15). O equilíbrio foi a tônica da parcial. O time paulista após um bloqueio do oposto Bob, voltou a comandar o placar (18/17). Neste momento, as goteiras voltaram a paralisar a partida.

Depois de quase 50 minutos de paralisação, a partida foi retomada. A Medley/Campinas abriu três pontos, mas o BMG/Montes Claros conseguiu virar o jogo (22/21), com destaque para o ponteiro Ricardo Serafim. Na reta final, o time da casa administrou e fechou em 25/22, num ataque do argentino Pereyra.

EQUIPES

BMG/MONTES CLAROS – Rafa, Tuba, Ricardo Serafim, Willian Refatti, Alberto e Salsa. Líbero – Fabio

Entraram – Rivoli, Silêncio e Pereyra.

Técnico – Jorge Schmidt

MEDLEY/CAMPINAS – Rodriguinho, Bob, Zanuto, André Heller e Gustavão. Líbero – Lukinha

Entraram – Franco, Robinho, Aranha e Fidele

Técnico – Cacá Bizzocchi

 

Veja informações divulgadas pelo Portal durante a partida em Araçatuba:

UFJF diminui: faz o nono ponto, depois de ficar “estacionado” no oitavo ponto. Tapinha de Lorena: Futuro 17 a 9. UFJF não consegue mais reagir. Dezenove a dez.  UFJF diminui 19 a 11. Saque de Brasília, na sequência rede de UFJF: 20 a 11. Mais um do time da casa: 21 a 11. Lorena faz um ace: 22 a 11. Lorena saca na rede: 22 a 12. Hage ataca para fora. Vinte quatro a 13. Saque de Michael. Bola de segunda de Danilo Gelinski: 14º ponto da UFJF. Hage no saque, Ricardinho de segunda fica na rede: 15º ponto da UFJF. Ace de Hage: 16º ponto. No ataque de Bob, Futuro fecha o quarto set em 25 a 16 e define a vitória em 3 sets a 1.

Lorena bate, bloqueio e bola fora: Futuro 7 a 8. Reação: Futuro 10 a 8. UFJF não se acerta mais: Futuro 12 a 8, depois  14 a 8. Bob ataca: 15 a 8. Clinty para fora: 16 a 8.

Primeiro tempo técnico do quarto set: UFJF vence por 8 a 6.

UFJF abre 5 a 3 no quarto set.  Futuro diminui 4 a 5. UFJF retoma vantagem: 6 a 4. Jardel erra o saque: UFJF 6 a 5. Primeiro tempo técnico Vôlei Futuro 6×8 UFJF.

UFJF abre 5 a 3 no quarto set.  Futuro diminui 4 a 5. UFJF retoma vantagem: 6 a 4. Jardel erra o saque: UFJF 6 a 5. Primeiro tempo técnico Vôlei Futuro 6×8 UFJF.

UFJF vence o terceiro set: 25 a 23.

Futuro diminui, 20 a 21. Michael saca para fora: 20 a 22. Saque de Juliano. Bob ataca, tem bloqueio, tem rali e Lorena faz o ponto: 21 a 22. Clinty bloqueia Lorena: UFJF 23 a 21. Saca Folle. Vini ataca e diminui: 22 a 23. Bob no serviço. Clinty põe mais uma no chão: 22 a 24. Tempo para técnico Cesar Douglas, de Vôlei Futuro. Set point: saque na rede de Danilo, 23 a 24. Vini no saque. Tempo para UFJF. Jardel crava: UFJF vence o terceiro set e diminui a vantagem para 2 a 1.

Jardel erra o saque: 19 iguais. Piá saca. UFJF ataca e faz 20 a 19. Saque bem feito da UFJF, que abre 21 a 19.

Ginásio Dr. Plácido Rocha, em Araçatuba.

Vôlei Futuro  faz 16 a 15. Tempo técnico. Na volta, Jardel empata em 16. Vini saca para fora: 17 a 17. Hage ataca e faz 18 a 17 para a UFJF. Ricardinho levanta e Michael empata em 18.  Ataque de Hage: 19 a 18.

Terceiro set em andamento: Vôlei Futuro 19×19 UFJF.

No saque de Bob, Vôlei Futuro vira: 10 a 8. Ataque de Clinty: 10 a 9. Vini saca, contra-ataque de Clinty: Vôlei Futuro 11 a 10 UFJF.  Clinty no saque. Piá ataca e faz 12 a 10. UFJF diminui em 12 a 11. Jardel no serviço. Erra o saque: 13 a 11. Hage ataca e diminui: 13 a 12. Vantagem vai se mantendo em um ponto. Folle ataca: Vôlei Futuro 14 a 13. Largada de Folle: 15 a 14. Empate em 15 a 15.

Primeiro tempo técnico do terceiro set: Vôlei Futuro 7×8 UFJF.

Início novamente equilibrado: 4 a 4. UFJF 5 a 4. Depois, empate em 6 a 6. Hage explora o bloqueio e faz 7 a 6 para UFJF. Empate em 7 a 7. Ricardinho saca e Clinty faz o ponto: UFJF 8 x 7.

Final do segundo set: Vôlei Futuro 25×21 UFJF.

Segundo tempo técnico do segundo set: Vôlei Futuro 16 x 12.

Depois do primeiro tempo técnico, UFJF reagiu e fez 9 a 8.

UFJF seguiu bem, fez 11 a 10.

Ponto de Vini: 11 a 11.

UFJF fez 12 a 11, mas parou na sequência de saques de Vini. Vôlei Futuro abriu 16 a 12.

Primeiro tempo técnico do segundo set: Vôlei Futuro 8×6 UFJF.

Equipe juiz-forana geralmente começa bem o set. Abriu 4 a 3. Depois, empate em 5 a 5. Erro de saque de Jardel, ataque para fora de Léo, Vôlei Futuro 7 a 5.  Diminuiu para 7 a 6. Largada de Michael definiu 8 a 6.

Placar do primeiro set: Vôlei Futuro 25×19 UFJF.

Com 20 a 16, depois de um bloqueio juiz-forano, Vôlei Futuro pediu tempo.

Placar do segundo tempo técnico do primeiro set: Vôlei Futuro 16×10 UFJF.

Com 14 a 9, o treinador juiz-forano Maurício Bara pediu tempo.

Placar do primeiro tempo técnico do primeiro set: Vôlei Futuro 8×6 UFJF.

Jardel, graças a efeito suspensivo, começa jogando. UFJF escalada com Jardel, Léo, Clnty, Digão, Daniel Brasília, Folle e o líbero Baroni.

Outros resultados da rodada: encerrados, RJX 1×3 Sesi-SP, Vivo/Minas 3×0 São Bernardo, Sada Cruzeiro 3×0 Volta Redonda e  Cimed 3×0 Londrina/Sercomtel; Na segunda-feira, 18h30, Montes Claros x Campinas.

SUPERLIGA MASCULINA 11/12 – PRIMEIRA RODADA DO RETURNO

27.01 (SEXTA-FEIRA) – RJX 1 x 3 Sesi-SP (18/25, 25/17, 22/25 e 21/25), em 1h56, no Maracañazinho, no Rio de Janeiro (RJ)

MAIOR PONTUADOR: Wallace (Sesi-SP), com 22 pontos

TROFEÚ VIVAVÔLEI: Lucianinho (Sesi-SP)

 

28.01 (SÁBADO) – Sada Cruzeiro 3 x 0 Volta Redonda (25/18, 25/11 e 26/24), em 1h14 de jogo, no ginásio da Contagem, em Riacho (MG)

 

MAIOR PONTUADOR: Wallace (Sada Cruzeiro), com 18 pontos

 

TROFÉU VIVAVÔLEI: William (Sada Cruzeiro)

 

28.01 (SÁBADO) – Vôlei Futuro 3 x 1 UFJF (25/19, 25/21, 23/25 e 25/16), em 1h44 de jogo, no Plácido Rocha, em Araçatuba (SP)

 

MAIOR PONTUADOR: Lorena (Vôlei Futuro), com 24 pontos

 

TROFÉU VIVAVÔLEI: Piá (Vôlei Futuro)

 

28.01 (SÁBADO) – Vivo/Minas 3 x 0 BMG/São Bernardo (25/23, 25/20 e 27/25), em 1h28 de jogo, na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG)

 

MAIOR PONTUADOR: Renan (BMG/São Bernardo), com 19 pontos

 

TROFÉU VIVAVÔLEI: Otávio (Vivo/Minas)

 

28.01 (SÁBADO) – Cimed/SKY 3 x 0 Londrina/Sercomtel (25/15, 25/13 e 25/21), em 1h11 de jogo, no ginásio Capoeirão, em Florianópolis (SC)

 

MAIOR PONTUADOR: João Paulo Tavares (Cimed/SKY), com 16 pontos

 

TROFÉU VIVAVÔLEI: Renato (Cimed/SKY)

 

30.01 (SEGUNDA) – BMG/Montes Claros 3×1 Medley/Campinas, às 18h30, no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG)

Veja matéria enviada pela assessoria do vôlei da UFJF:

A UFJF começou o 2º turno com uma nova postura. Mostrando concentração, estudo do adversário e acima de tudo muita dedicação, a equipe enfrentou o líder Vôlei Futuro de igual para igual em praticamente toda a partida fora de casa, em Araçatuba/SP. O ritmo só baixou durante 5 minutos, em uma sequência de saques do levantador Ricardinho. Foi o suficiente para o time local abrir vantagem e vencer o 4º set e o jogo em 3×1 (parciais de 25/19, 25/21, 23/25 e 25/16). Agora, a Federal vai com tudo contra o Cruzeiro na próxima quarta-feira (01), às 20h, na Arena “Eu sou UFJF”, no ginásio do Tupynambás.

O jogo

A UFJF começou a partida procurando forçar o saque e direcionar as ações do Vôlei Futuro. O jogo seguiu equilibrado até o primeiro tempo técnico, quando os paulistas marcaram 8×6. A partir daí, o bloqueio do Vôlei Futuro entrou no set e, mesmo com boas viradas da Federal, abriu em 16×10 no segundo tempo técnico. A diferença chegou a sete pontos, mas a UFJF reagiu e encostou novamente em 22×18. O saque adversário continuou complicando a defesa e o ataque do time, que perdeu o set em bloqueio para fora de Clinty (25/19 em pouco mais de 23 minutos).

No 2º set, a Federal manteve a pegada da parcial anterior e chegou a estar vencendo por 11×10. Mas novamente uma seqüência de saques, de Vini, deu vantagem ao Vôlei Futuro em 16×12. Até o final do set, com ritmo ditado por Ricardinho e graças à atuação do ponteiro Piá (eleito o melhor do jogo), o time da casa administrou o placar até fechar em 25×21, em 28 minutos.

A reação no fim do primeiro set e o equilíbrio do segundo revelaram uma UFJF em alto nível no 3º set. Controlando o placar desde o início e com atuações seguras do levantador Brasília, dos meias Jardel e Folle, do ponteiro Clinty (maior pontuador da equipe na partida) e, sobretudo, após as entradas do ponteiro Hage e do oposto Pedrinho, a Federal variou jogadas, vibrou e espantou a sina de perder ritmo após os 20 pontos. Foi justamente após este placar que a equipe jogou mais, fechando o set em 25×23, em 29 minutos, com bola de Jardel.

No 4º e decisivo set, a UFJF manteve a postura agressiva até o primeiro tempo técnico, quando comandou o placar em 8×6. Começava, então, o momento chave do jogo. Ricardinho pegou a bola para sacar e, em uma seqüência de serviços táticos, desequilibrou a defesa da Federal e fez com que o Vôlei Futuro fizesse nove pontos consecutivos. Com 16×8 de dianteira, coube ao líder do campeonato levar o jogo até fechar em 25×16, vencendo o jogo em 1h44.

5 minutos de desatenção

O técnico Maurício Bara ressaltou a mudança de atitude da equipe: “O time não se abateu com a derrota nos dois primeiros sets. Equilibramos o jogo e acabamos perdendo em uma passagem de saque. Foram cinco minutos de desatenção em quase duas horas de partida”. Ele destacou a evolução do time em relação ao primeiro jogo contra o Vôlei Futuro, na estreia da Superliga em dezembro. “Mostramos crescimento em relação ao jogo do 1º turno. Vamos confiar nisso como um bom indicativo para o returno”, avaliou.

O ponteiro Hage gostou da agressividade da UFJF, que segundo ele foi para cima do Vôlei Futuro durante todo o jogo. O jogador, que entrou no 3º set e não saiu mais, elogiou o grupo: “É uma equipe que dá este conforto para quem está fora entrar e jogar bem. É claro que ninguém gosta de perder, mas hoje jogamos em um nível muito bom. Agora é manter isso para os próximos jogos”.

A UFJF entrou com Brasília, Digão, Clinty, Leo, Folle e Jardel, com Baroni de líbero. Durante a partida, entraram ainda Danilo, Pedrinho, Juliano e Hage.

Os ingressos para o jogo contra o Cruzeiro estão sendo vendidos nas lojas Vanille (Rua Braz Bernardino, Independência Shopping, Shopping Alameda e Centro de Vivência da UFJF). Desde esta segunda-feira, eles também poderão ser adquiridos na ETC Comunicação (sala 10, 2º piso – Shopping Bom Pastor).

Patrocínio: Rodoviário Camilo dos Santos

Apoio: Cesama, Ortra, Gsport e Victory Suítes

Foto: ETC

Textos: ETC, Toque de Bola e site da CBV


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


24 abr 2018
Copa Prefeitura Bahamas de Futsal: resultados do Boletim 7

24 abr 2018
Série C: Tupi perde seis posições e recebe Operário-PR sábado

24 abr 2018
Mais uma do Toque de Bola: baixe o seu wallpaper do acesso do Baeta!

23 abr 2018
Simão revela que Ademilson não disputaria Módulo 2 e garante artilheiro na Primeira

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.