07 jan 2012

RJX x Minas no Maracanãzinho. Veja tudo sobre a rodada da Superliga



Rio de Janeiro, 7 de janeiro de 2012 

Após cinco jogos fora de casa, o RJX (RJ) fará sua estreia pela Superliga masculina de vôlei 11/12 no ginásio do Maracanãzinho. E o adversário será um dos maiores vencedores da competição: o Vivo/Minas (MG), dono de quatro títulos. O confronto, pela sexta rodada do turno, será neste SÁBADO (07.01), às 18h30, com transmissão do canal Sportv, e contará com grandes estrelas do voleibol brasileiro.

O Toque de Bola vai transmitir, a partir de 18h30, no Toque TV, UFJF x BMG/São Bernardo, direto do Ginásio da Faefid, na UFJF, com participação do jornalista Thiago Stephan e do ex-craque e atual treinador José Eduardo Bara.

Pelo lado do RJX, quatro jogadores de seleção brasileira, um em cada posição: o ponteiro Dante, o levantador Marlon, o oposto Theo e o central Lucas. Eles e toda a equipe chegam entusiasmados após a conquista do título do Campeonato Estadual, na última QUINTA-FEIRA (05.01), sobre o Volta Redonda.

“Depois da parada no campeonato, para as festas de fim de ano, a final do Estadual foi muito boa. Além do título, claro, que foi muito importante, conseguimos buscar o ritmo de jogo novamente. Sabemos que o Vivo/Minas, teoricamente, é um time mais forte e a final do Carioca serviu para que a nossa equipe entrasse de novo no ritmo necessário para enfrentá-los”, detalha Lucão.

O central do RJX, que espera um jogo difícil neste sábado, pretende contar com o apoio da torcida. “O Vivo/Minas é uma equipe forte, que faz confronto direto com o nosso time e, por isso, precisamos da vitória. Convocamos a torcida, pois a ajuda do público sempre é importante. Já tivemos um bom número de torcedores no Maracanãzinho na decisão do Carioca e espero que na Superliga seja ainda melhor”, diz Lucão.

 Henrique a um ponto do ace de número 300

Pelo lado do Vivo/Minas, jogadores experientes como o central Henrique, o levantador Marcelinho e o oposto Anderson, todos que já defenderam a seleção, além do retorno de Samuel Fuchs, também representam garantia de uma boa partida.

Henrique, aliás, é destaque não só no time, como em todo o campeonato. O central é o maior sacador da história da Superliga e falta apenas um para chegar ao ponto de número 300 neste fundamento. Henrique também é o maior bloqueador, com 654 pontos.

“Estamos treinando forte, focados na vitória, já que, contra a Cimed/SKY, não conseguimos apresentar o padrão de jogo que sabemos que podemos jogar”, afirma Henrique, lembrando o último jogo da equipe mineira, no dia 23 de dezembro, quando o time foi superado pelos catarinenses por 3 sets a 0.

A preocupação, agora, é com o próximo adversário. “O RJX é muito forte e temos que entrar com um espírito diferente daquele último jogo. A equipe carioca tem atletas de seleção brasileira e temos que estar muito atentos nessa partida. Além disso, é preciso entrar em quadra com muita vontade para conquistarmos a vitória”, garante Henrique.

Na classificação geral do campeonato, melhor para o Vivo/Minas, que ocupa a quinta colocação, com nove pontos. O RJX está na sétima posição, mas apenas com um ponto a menos. O Vôlei Futuro (SP) é o único invicto e lidera a competição, com 15 pontos.

 Dante em clima de recomeço

As boas atuações do ponteiro da seleção brasileira e do RJX, Dante, são justificadas. O jogador reflete, em quadra, a boa fase que atravessa na vida e na carreira. Na Superliga, Dante é o terceiro melhor jogador na defesa, o nono melhor no ataque e o décimo maior pontuador, com 63 pontos (49 de ataque, 11 de bloqueio e três de saque).

“A motivação é total. Joguei muitos anos fora e, depois de 10 anos sem jogar a Superliga, poder retornar e fazer o primeiro jogo em casa, depois de um título conquistado, sem dúvida, tem um sabor especial”, diz Dante, ansioso pela estreia em casa na principal competição do vôlei brasileiro.

“Todo o time está nesta expectativa de como vamos nos comportar nesse primeiro jogo da Superliga no Maracanãzinho. E vai ser uma estreia contra um adversário tão difícil, um time de tanta tradição. Sabemos que vai ser preciso jogar muito bem nessa estreia de alto nível”, afirma Dante.

 Vôlei Futuro defende invencibilidade

Outros cinco jogos formam a sexta rodada da Superliga masculina. Destaque para Vôlei Futuro e Cimed/SKY (SC). O time de Araçatuba é o único invicto do campeonato e está no topo da tabela, com 15 pontos. A equipe de Florianópolis sofreu apenas uma derrota e é a terceira colocada, com 11 pontos. A partida será às 18h, no ginásio Plácido Rocha, no interior de São Paulo, e marca o encontro do time de melhor ataque e saque (Cimed/SKY), com o de melhor bloqueio e defesa (Vôlei Futuro).

Ainda será realizado o clássico mineiro entre Sada Cruzeiro (MG), que está na quarta posição na tabela e é a equipe com melhor levantamento do campeonato, e BMG/Montes Claros (MG), o oitavo colocado. O confronto será às 17h, no ginásio Riacho, em Contagem (MG).

O atual campeão da Superliga, Sesi-SP, time de melhor recepção do campeonato, enfrentará a Medley/Campinas (SP) às 15h30, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP). A partida terá transmissão ao vivo do canal Esporte Interativo.

O Volta Redonda (RJ) ainda recebe o Londrina/Sercomtel (PR) no ginásio Ilha de São João, às 19h, enquanto, no mesmo horário, a UFJF (MG) enfrenta o BMG/São Bernardo (SP) em casa, no ginásio da UFJF, em Juiz de Fora (MG).

 SUPERLIGA MASCULINA 11/12 –  SEXTA RODADA DO TURNO

07.01 (SÁBADO) – RJX x Vivo/Minas, às 18h30, no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ)

07.01 (SÁBADO) – Vôlei Futuro x Cimed/SKY, às 18h, no ginásio Plácido Rocha, em Araçatuba (SP)

07.01 (SÁBADO) – Sada Cruzeiro x BMG/Montes Claros, às 17h, no ginásio Riacho, em Contagem (MG)

07.01 (SÁBADO) – Sesi-SP x Medley/Campinas, às 15h30, no ginásio da Vila Leopoldina, em São Paulo (SP)

07.01 (SÁBADO) – Volta Redonda x Londrina/Sercomtel, às 19h, no ginásio Ilha de São João, em Volta Redonda (SP)

07.01 (SÁBADO) – UFJF x BMG/São Bernardo, às 19h, no ginásio UFJF, em Juiz de Fora (MG)

CLASSIFICAÇÃO APÓS A QUINTA RODADA:

1)   Vôlei Futuro – 15 pontos (cinco vitórias)

2) Sesi-SP – 12 (quatro vitórias e uma derrota)

3) Cimed/Sky – 11

4) Sada/Cruzeiro – 11

5) Vivo/Minas – 9

6) BMG/São Bernardo – 9

7) RJX – 8

8) BMG/Montes Claros – 5

9) Medley/Campinas – 5

10) UFJF – 3

11) Volta Redonda – 1

12) Londrina-Sercomtel 1

 

 

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


21 maio 2018
Após assinar com ArcelorMittal, JF Vôlei estuda parceria diferente com Sada

21 maio 2018
Acabou o amor? Torcedor cobra reforços e qualidade em derrota do Tupi

20 maio 2018
Que fase! Tupi perde a quarta na Série C

19 maio 2018
Missão cumprida! Tupi Futsal traz a vaga e pega o Corinthians

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.