28 jan 2012

Efeito suspensivo libera Jardel para enfrentar Vôlei Futuro. Venda de ingressos para próximo jogo no Baeta começa neste sábado



Juiz de Fora (MG), 28 de janeiro de 2012

A equipe de vôlei da UFJF vai contar um importante reforço para a primeira partida do returno da Superliga. A Justiça Desportiva acatou o pedido de efeito suspensivo feito pela UFJF relativo à punição de três jogos aplicada ao central Jardel em razão de uma discussão com dirigentes do Volta Redonda, em 19 de dezembro. O jogador, que já cumpriu duas partidas, retorna em um momento importante. O adversário deste sábado, 27, é o Vôlei Futuro, líder da Superliga. A partida está marcada para as 18h, no Ginásio Plácido Rocha, em Araçatuba (SP).

De acordo com a assessoria de imprensa da equipe, o pedido de efeito suspensivo foi acatado na quinta-feira, 26. Novo julgamento, que ainda não foi marcado, vai definir a situação do jogador.

  Capacidade reduzida

Atendendo mais uma vez aos pedidos da torcida, a direção do Vôlei UFJF se reuniu com representantes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e da Prefeitura para deliberar sobre a capacidade do ginásio do Tupynambás.

Leia também: UFJF perde por 3 sets a 0 para Vivo Minas em BH e termina primeiro turno em 11º. Veja resultados e classificação

Após manifestações dos torcedores, ficou decidido que, para o próximo jogo da Universidade em casa, quarta-feira, 1º de fevereiro, contra o Sada Cruzeiro, serão colocados à venda 1.500 ingressos. A decisão repercutiu em apoio nas redes sociais, com congratulações pela resolução.

Os quatro primeiros jogos da equipe juiz-forana na Superliga foram realizados no ginásio da Faculdade de Educação Física da UFJF, com carga máxima de 700 ingressos, e casa cheia nas quatro oportunidades. No último sábado, 21, pela primeira vez a partida foi disputada no ginásio do Tupynambás (UFJF x Cimed). O público anunciado foi de duas mil pessoas, mas houve reclamações quanto ao conforto e a acomodação no ginásio do centenário clube do bairro Poço Rico.

A reunião foi solicitada pela UFJF para oferecer melhores condições e mais segurança para torcida, primeira colocada entre todas as equipes da Superliga em número de votos no site www.voleinarede.com.br .

  Venda de ingressos

Os ingressos para o jogo contra o Sada Cruzeiro estarão à venda a partir das 10h deste sábado, 28, nas lojas Vanille (Rua Braz Bernardino, Centro de Vivência da UFJF, Independência Shopping e Shopping Alameda). A partir de segunda-feira (30), as entradas também poderão ser adquiridas na ETC Comunicação (Avenida Rio Branco, 3925 – sala 10/2º piso). Na quarta-feira, às 20h, o caldeirão do Baeta vai ferver novamente, com segurança.

O site da Confederação Brasileira de Vôlei destaca nesta sexta-feira o duelo entre Vôlei Futuro e UFJF, sábado, como a disputa entre os melhores bloqueios da competição.

 Veja, abaixo, a íntegra do texto:

Vôlei Futuro (SP) e UFJF (MG) traçaram caminhos opostos no primeiro turno da Superliga masculina de vôlei 11/12. A equipe de Araçatuba terminou a metade inicial da competição na liderança, enquanto o time da Zona da Mata mineira ocupa a 11ª colocação. Adversários na primeira rodada do segundo turno, em confronto marcado para as 18h deste SÁBADO (28.01), no ginásio Plácido Rocha, os times têm um fator em comum: o grande poderio de bloqueio.

Com 22.49% de aproveitamento e 112 pontos marcados através de seu bloqueio, o Vôlei Futuro tem o melhor desempenho da Superliga no fundamento. A UFJF, que marcou 91 pontos e tem 20.92% de eficiência, ocupa a segunda posição nas estatísticas. A equipe mineira tem ainda os dois melhores bloqueadores da competição, os centrais Jardel (27.84%) e Folle (24.14%).

Com 25 pontos conquistados em 11 vitórias e três derrotas, o Vôlei Futuro chega para o duelo embalado por duas vitórias consecutivas, contra Sesi-SP e Volta Redonda (RJ). A UFJF perdeu seus quatro últimos jogos, contra Medley/Campinas (SP), BMG/Montes Claros (MG), Cimed/SKY (SC) e Vivo/Minas (MG) e soma 10 pontos, com três resultados positivos e oito negativos.

Na primeira rodada da Superliga, na partida que marcou a estreia da UFJF na história da competição, o Vôlei Futuro levou a melhor, vencendo por 3 sets a 0, em Juiz de Fora. Técnico do time paulista, Cezar Douglas espera um confronto mais equilibrado neste sábado.

“A UFJF evoluiu bastante desde a primeira rodada, principalmente no que diz respeito à consistência. Estão cometendo menos erros e, por isso, nos exigirão mais paciência. Eles vêm tendo grande eficiência no bloqueio e estamos nos preparando para enfrentá-los. A cada jogo, procuramos acrescentar uma nova variação ao nosso sistema ofensivo e, também por isso, temos o melhor ataque da competição. Estamos muito bem também no bloqueio e isso mostra que a equipe tem sido bastante equilibrada”, diz o treinador.

Além de líder da Superliga, o Vôlei Futuro tem mostrado também bom desempenho nas estatísticas. O time de Araçatuba lidera o ranking de ataque, com 38.18%, é o segundo na recepção, com 51.95%, e o terceiro na defesa, com 10.87%. Individualmente, o oposto Lorena, maior pontuador com 216 pontos, o ponteiro Camejo, segundo no ataque, com 44.87%, e o ponteiro Bob, segundo na recepção, com 56.08%, são os destaques.

“Fizemos um ótimo primeiro turno e estou feliz pelos resultados e por termos conseguido terminar na primeira posição. O objetivo é fechar a primeira fase entre os dois primeiros, pois isso representará uma vantagem nos playoffs. Tivemos algumas oscilações e acho que, assim como nós, todas as equipes ainda podem evoluir”, acredita Cezar.

A UFJF, além do bloqueio, aparece bem colocada também no saque, que é o sétimo mais eficiente, com 4.62%. O central Jardel, oitavo no saque, com 8.33%, o levantador Brasília, oitavo no levantamento, com 30.50%, e o líbero Juliano, nono na recepção, com 49.50%, aparecem entre os 10 melhores nestes fundamentos.

“Temos tido um desempenho bom no bloqueio, mas acredito que, fazendo uma comparação, o Vôlei Futuro tem sido mais eficiente do que nós, principalmente por ter sacado melhor. Precisamos melhorar neste fundamento para fortalecer nosso sistema defensivo. Também temos consciência de que a equipe não está tão equilibrada quando gostaríamos nos outros fundamentos e estamos tentando melhorar isso aos poucos, principalmente a recepção e o ataque”, diz o técnico da UFJF, Mauricio Bara, que sabe das dificuldades que terá contra o Vôlei Futuro.

“Será um jogo dificílimo. Jogar conta o líder da competição sempre gera uma expectativa muito grande”.

O técnico do time estreante na Superliga diz que a UFJF está aproveitando a oportunidade e que espera melhorar no segundo turno para buscar a classificação à segunda fase.

“Está sendo uma experiência muito boa para toda a equipe. A Superliga é uma competição muito intensa. Costumo dizer que não há muito tempo para comemorar uma vitória ou lamentar uma derrota, pois o pensamento precisa estar sempre na partida seguinte. Nosso desempenho está próximo do que esperávamos. Fizemos bons jogos contra adversários diretos, mas tivemos oportunidade de estar numa condição melhor da que estamos e não conseguimos aproveitar. Temos que melhorar no segundo turno”, alerta.

   Sábado tem outras três partidas

O segundo turno da Superliga masculina começou nesta SEXTA-FEIRA (27.01), com a partida RJX (RJ) 1×3 Sesi-SP, às 21h, no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ).

Veja como foi esta partida em: Superliga: Sesi-SP volta a vencer e alcança o Vôlei Futuro

No sábado, o primeiro confronto do dia será Vivo/Minas (MG) x BMG/São Bernardo (SP), às 11h, na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG). A partir das 17h, em Contagem (MG), o Sada Cruzeiro (MG) enfrentará o Volta Redonda (RJ), no ginásio Poliesportivo do Riacho. Fechando a programação do dia, a Cimed/SKY (SC) receberá o Londrina/Sercomtel (PR) às 20h, no ginásio Capoeirão, em Florianópolis (SC).

Na SEGUNDA-FEIRA (30.01), BMG/Montes Claros (MG) e Medley/Campinas (SP) complementarão a rodada. O duelo entre as equipes será realizado às 18h30, no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG), e terá transmissão ao vivo do canal Sportv.

SUPERLIGA MASCULINA 11/12 – PRIMEIRA RODADA DO SEGUNDO TURNO

27.01 (SEXTA-FEIRA) – RJX 1×3 Sesi-SP, às 21h, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ). SPORTV e ESPORTE INTERATIVO

28.01 (SÁBADO) – Vivo/Minas x BMG/São Bernardo, às 11h, na Arena Vivo, em Belo Horizonte (MG)

28.01 (SÁBADO) – Sada Cruzeiro x Volta Redonda, às 17h, no ginásio Poliesportivo do Riacho, em Contagem (MG)

28.01 (SÁBADO) – Vôlei Futuro x UFJF, às 18h, no ginásio Plácido Rocha, em Araçatuba (SP)

28.01 (SÁBADO) – Cimed/SKY x Londrina/Sercomtel, às 20h, no ginásio Capoeirão, em Florianópolis (SC)

30.01 (SEGUNDA-FEIRA) – BMG/Montes Claros x Medley/Campinas, às 18h30, no ginásio Tancredo Neves, em Montes Claros (MG). SPORTV

Textos: Thiago Stephan, ETC, com informações complementares do Toque de Bola, e site da Confederação Brasileira de Voleibol

Foto: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 fev 2018
Baeta perde na estreia do Módulo 2

17 fev 2018
Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa

16 fev 2018
Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT

13 fev 2018
Brilho de Léo Santana na seleção emociona JF. Veja depoimentos exclusivos

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse