23 jan 2012

Mesmo com ginásio lotado, Cimed supera UFJF: 3 a 0. Bruninho é destaque da rodada



Juiz de Fora (MG), 23 de janeiro de 2012

O caldeirão foi montado e o time honrou os torcedores que estiveram no ginásio do Tupynambás neste sábado. Pela frente, a UFJF tinha o todo-poderoso Cimed, de Bruninho, Gustavo, Éder e Giba – que não veio devido à contusão. O jogo foi disputado do começo ao fim, mas não deu para o time juiz-forano, que perdeu por 3 sets a 0.

Veja super galeria de fotos Toque de Bola do jogão pela Superliga.

 

Veja em nosso canal de TV entrevistas exclusivas com Renan (Cimed) e Jardel (UFJF).

Com o resultado e a vitória do Volta Redonda, a UFJF perdeu uma posição na tabela, caindo para a décima colocação.

Veja, clicando abaixo, a nova classificação, após a disputa da décima rodada do primeiro turno da Superliga Masculina 2011/12:

Superliga – Classificação – 22012012

 

  Jardel

A prioridade agora nos bastidores vai ser conseguir trazer Jardel de volta. A principal contratação da UFJF recebeu uma suspensão de três jogos pelo STJD da Confederação Brasileira de Vôlei, e já cumpriu uma partida neste sábado. Embora não comentem abertamente o fato, até para não correr o risco de nova advertência, a forma como a punição ocorreu provocou grande revolta entre dirigentes, Comissão Técnica e elenco da equipe juiz-foranas.

A suspensão foi fruto de uma discussão entre Jardel e um dirigente do Volta Redonda, um dia antes da partida entre as duas equipes, em Volta Redonda. Foi um fato isolado, que não teve qualquer interferência na realização ou andamento do jogo, que teve, inclusive, transmissão ao vivo pelo SporTV. O dirigente fez um Boletim de Ocorrência, e somente a versão do dirigente teria sido considerada, sem possibilidade de defesa do atleta local. Como a punição foi anunciada na semana passada, depois do jogo em Montes Claros,  a UFJF ainda tentou um efeito suspensivo, mas foi prejudicada porque na sexta-feira era feriado municipal no Rio de Janeiro, dia de São Sebastião.

Em entrevista ao canal de TV do Toque de Bola, na cabine do ginásio do Tupynambás, antes da partida, Jardel se mostrou contrariado. “Acho importante me manifestar. Tive, sim, uma discussão com esse dirigente mas em nenhum momento houve agressão. E o próprio Boletim de Ocorrência teve o texto alterado. Primeiro disseram que eu dei dois socos nele, em outro momento que foram dois empurrões. Acredito que o fato de a UFJF ter iniciado bem a Superliga possa estar incomodando, e como o Volta Redonda é um adversário que deve brigar com a UFJF por posições na tabela isso deva estar ocorrendo. Tenho confiança que o efeito suspensivo será obtido, para que eu já possa voltar na próxima partida”, definiu, ao Toque de Bola.

  Leia também: Jardel pega três jogos de suspensão e desfalca a UFJF. Vôlei Futuro assume liderança

O jogo

No primeiro set, a Federal começou arrasadora. Com o apoio da arquibancada e melhor na partida que o adversário, a UFJF chegou a abrir 5 a 1 no placar. Durante o set as equipes ficaram empatadas. Era ponto de um lado, ponto do outro. Brasília e Bruninho fizeram disputa à parte. Foram bolas de segunda, aces e levantamentos tirando do bloqueio. No final, a equipe catarinense fechou em 26 a 24, em 32 minutos.

No segundo set a tônica da partida se confirmou. Bruninho abusou das bolas pelo meio, principalmente com Éder e João Paulo (troféu Viva Vôlei como melhor do jogo), que marcaram 11 e 15 pontos, respectivamente. A UFJF não conseguia parar os ataques do adversário, mas a torcida não desanimou. Mesmo perdendo por 18 a 25, apoiou o time até o final.

O terceiro set era decisivo para a UFJF. O Cimed implementou um ritmo intenso. Sacando muito bem e contando com bolas de meio, ponta e de segunda de Bruninho, a equipe chegou a abrir 18 a 12. A UFJF não se entregou. Mas a sorte não estava do lado do time juiz-forano. Na última bola do jogo, o juiz decidiu para o lado dos catarinenses, para a revolta dos torcedores: UFJF 19 x 25 Cimed. Mesmo com o 3 a 0 no placar, a torcida gritou o nome do time ao final, que agradeceu o apoio.

Clinty, ponteiro da UFJF, analisou o resultado: “O Cimed teve muito mérito. Eles sacam muito forte, e desde o início foi assim. A partir do segundo set eles sacaram ainda mais forte e aí foi ficando difícil pra nós”. Para a próxima rodada, Clinty comentou: “Os jogos são em sequência grande. No meio de semana já temos outro jogo e não podemos nem lamentar muito a derrota e nem valorizar muito a vitória. Pegamos uma sequência de times grandes, mas temos que manter a cabeça erguida e buscarmos uma nova vitória”.

Bruninho ficou admirado com a torcida. Ao final do jogo, ele mandou um recado: “Queria parabenizar a torcida que compareceu, engrandeceu e valorizou ainda mais a nossa vitória”. O levantador da seleção brasileira elogiou o projeto e o time da UFJF: “Fico muito feliz com novos projetos no vôlei e quero parabenizar a iniciativa da Universidade de montar uma equipe e espero que ela perdure por muito tempo”.

A Universidade entrou em quadra com Brasília, Clinty, Digão, Léo, Folle, Diego e Juliano (líbero). Entraram Gelinski, Pedrinho, Sílvio, Baroni e Hage. Na próxima quarta-feira, 25, a UFJF vai a Belo Horizonte enfrenta o Minas, às 19h30.

Bruninho é o melhor jogador da 10ª rodada

Além da vitória sobre a UFJF (MG) por 3 sets a 0, a Cimed/SKY (SC) tem outro motivo para comemorar. O levantador Bruninho foi eleito o melhor jogador da décima rodada do turno da Superliga masculina 11/12. O atleta teve o melhor saque e foi o mais eficiente na sua posição.

O Vôlei Futuro (SP), que venceu o Sesi-SP por 3 sets a 1, assumiu a liderança da competição e teve três atletas entre os destaques da rodada. O líbero Mário Jr foi o líder na recepção, além de ter sido o mais eficiente na sua posição, ao lado do líbero Felipe, do BMG/São Bernardo. Felipe ainda teve a melhor defesa da rodada.

Já os opostos Lorena, da equipe de Araçatuba, e Jamelão, do Volta Redonda (RJ), foram os maiores pontuadores, com 23 acertos.

O ponteiros Bob, do Vôlei Futuro, e Fábio, do Volta Redonda, tiveram os melhores ataques da rodada.

Apesar da derrota para o Volta Redonda por 3 sets a 0, o Vivo/Minas teve um atleta entre os destaques. O central Henrique foi o líder no bloqueio.

 SUPERLIGA MASCULINA 11/12 – MELHORES DA DÉCIMA RODADA

MELHOR JOGADOR – Bruninho (Cimed/SKY) – primeiro no saque e no levantamento

MAIORES PONTUADORES – Jamelão (Volta Redonda) e Lorena (Vôlei Futuro), com 23 pontos

ATAQUE – Fábio (Volta Redonda) e Bob (Vôlei Futuro)

BLOQUEIO – Henrique (Vivo/Minas)

SAQUE – Bruninho (Cimed/SKY)

DEFESA – Felipe (BMG/São Bernardo)

LEVANTAMENTO – Bruninho (Cimed/SKY)

RECEPÇÃO – Mário Jr (Vôlei Futuro)

LÍBERO – Mário Jr (Vôlei Futuro) e Felipe (BMG/São Bernardo)

Texto principal: ETC

Texto Jardel: Toque de Bola

Texto Bruninho destaque: CBV

Classificação Superliga: site da CBV

Fotos: Rogério Caetano


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 fev 2018
Tupynambás estreia no Módulo 2 fora de casa

16 fev 2018
Com Leão ainda treinador interino, Tupi visita URT

13 fev 2018
Brilho de Léo Santana na seleção emociona JF. Veja depoimentos exclusivos

11 fev 2018
Tupi termina a rodada em nono. Leão e jogadores destacam entrega

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse