17 jan 2012

Determinação, treinamento, disciplina. É JF na ultramaratona



Juiz de Fora (MG), 17 de janeiro de 2012

Gerson está otimista com a equipe do 4º GAC

Determinação, treinamento, disciplina… Estas são palavras que não podem faltar no dicionário de um ultramaratonista. Elas fazem parte do dia-a-dia de um trio que tem suado muito para competir em alto nível em uma prova especial. Juiz de Fora terá um ultra-time na BR 135 Ultramarathon, uma das corridas mais difíceis do mundo. Seu conceito é inspirado na Badwater, prova realizada no deserto do Vale da Morte, nos Estados Unidos. Vão ser 217 km de percurso saindo de São João da Boa Vista (SP) até Paraisópolis (MG), percorrendo a Estrada da Fé.

Apenas 10 km são asfaltados. O restante do percurso será em estradas de chão, com previsão de barro, atoleiros e córregos transbordando, como ocorreu na edição de 2011. Esse é o desafio que Gerson Silveira, Vanderson Souza e Roni Vieira terão pela frente a partir das 8h da próxima sexta-feira, 20.

Apoio da UFJF

Os três atletas juiz-foranos foram recebidos na manhã desta terça-feira, dia 17, pelo secretário geral da UFJF, Basileu Tavares, que anunciou o apoio da Universidade aos competidores.

Equipe confiante

Gérson é o mais experiente da equipe nesta prova. Em 2012, ele vai participar da BR 135 Ultramarathon pela quarta vez. Vanderson e Roni estréiam na competição. Entretanto, isso não quer dizer que ambos sejam novatos no esporte. Muito pelo contrário. Vanderson é o atual campeão brasileiro de ultramaratonas, enquanto Roni foi o segundo lugar geral nas 12 horas da Aman de 2011.

“Estamos confiantes, pois nossa equipe [4º GAC] vem treinando junto e tivemos grandes resultados em 2011. Já participei dois anos no solo [individual], tendo como melhor resultado o 10º lugar geral em 2009. Em 2010, terminei 15º. No ano passado, acabei em 4º lugar nas duplas – única mista na prova. Esperamos concluir o percurso abaixo de 27 horas. Caso o terreno esteja seco, cada atleta correrá duas horas e descansará 4 horas, ficando, no final, uma média de 72 km para cada atleta. Cabe ressaltar que a prova é praticamente toda subindo e descendo”, comentou Gerson.

A preparação

Imagine correr 25 km todos os dias (são, aproximadamente, 11 voltas no campus da UFJF). Essa é a rotina que o grupo adotou como preparação para a BR 135. O detalhe é que a distância é percorrida em morros e estradas de chão de Juiz de Fora, quando muito na BR-040, sentido Santos Dumont.

Texto: Thiago Stephan

Foto Gerson: Divulgação

Foto e informações UFJF: Alexandre Dornelas e Secom UFJF


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


25 abr 2018
Copa Prefeitura Bahamas de Futsal: resultados do Boletim 7

24 abr 2018
Série C: Tupi perde seis posições e recebe Operário-PR sábado

24 abr 2018
Mais uma do Toque de Bola: baixe o seu wallpaper do acesso do Baeta!

23 abr 2018
Simão revela que Ademilson não disputaria Módulo 2 e garante artilheiro na Primeira

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.