20 dez 2011

UFJF faz 3 a 1 no Volta Redonda e conquista três primeiros pontos na Superliga. Veja como foi a rodada



Volta Redonda (RJ), 20 de dezembro de 2011 

Depois de três derrotas e todas por 3 sets a 0, a UFJF (MG) alcançou a primeira vitória na história da Superliga masculina de vôlei 11/12. O time mineiro foi até a cidade de Volta Redonda (RJ), onde superou os donos da casa por 3 sets a 1 (25/20, 24/26, 25/19 e 25/23), em 1h58 de jogo, no ginásio da Ilha São João.

O levantador da UFJF Brasília, que já havia vestido a camisa do Volta Redonda, foi o destaque da partida e ganhou o Troféu VivaVôlei. O maior pontuador do duelo foi o oposto Léo, do time mineiro, com 17 acertos.

“Esta vitória é do grupo. Tivemos uma dificuldade enorme nos três primeiros jogos. Jogar contra a ex-equipe e vencer tem um gosto especial. O time, a UFJF e a cidade de Juiz de Fora merecem esta vitória”, avaliou Brasília.

Do lado do Volta Redonda, o ponteiro Sérgio lamentou o resultado. “Temos que trabalhar mais. Uma hora vamos ter que ganhar. Estamos beliscando, beliscando, mas não sei o que está faltando para chegarmos a esta vitória”, disse o atacante, autor de 11 pontos. O maior pontuador do time de Volta Redonda foi o central Maurício, com 14 acertos.

A UFJF fará sua última partida em 2011 na próxima QUINTA-FEIRA (22.12). O time mineiro receberá o RJX (RJ), a partir das 19h, no ginásio da Universidade Federal de Juiz de Fora.

Os ingressos para a partida desta quinta, em Juiz de Fora, começaram a ser vendidos no início da tarde desta terça e já estão esgotados, assim como ocorreu nas duas primeiras partidas na cidade, UFJf diante de Vôlei Futuro e Sesi-SP.

O Volta Redonda tentará se recuperar na SEXTA-FEIRA (23.12), quando jogará contra o BMG/São Bernardo (SP), no ginásio Poliesportivo, em São Bernardo do Campo (SP), a partir das 18h30, com transmissão ao vivo do canal Sportv.

O jogo

A partida começou equilibrada. O Volta Redonda foi para a segunda parada técnica com um ponto de vantagem (16/15). O set seguiu ponto a ponto até o final. Com dois erros seguidos de ataque do Volta Redonda, a UFJF abriu dois pontos (22/20). Com dois pontos de bloqueio do ponteiro Clinty, os visitantes fecharam a primeira parcial em 25/20.

O Volta Redonda sacou bem no segundo set e abriu dois pontos (5/3) no início da parcial. Mesmo assim, o time da casa não venceu a parcial com facilidade. A UFJF se utilizando dos erros dos adversários empatou a parcial. A entrada do oposto Jamelão e do levantador Leandro no Volta Redonda deu uma nova dinâmica ao jogo e o time do Sul Fluminense fechou o set em 26/24.

A UFJF não deixou a derrota no set anterior abater a equipe. O time voltou com gás para a terceira parcial. Até o sexto ponto, o placar ficou equilibrado. A partir daí, o time mineiro dominou e abriu oito pontos no marcador (20/12). O Volta Redonda cometeu muito erros na recepção e no ataque. Já a UFJF apresentou uma boa qualidade na definição dos pontos e não encontrou dificuldade para fechar a parcial em 25/19 e virar o jogo.

A UFJF começou bem o quarto set e chegou a abrir dois pontos (12/10). Mas o Volta Redonda virou o placar. Com um bom trabalho no bloqueio, os donos da casa abriram 17/13. Mas o adversário reagiu. Com uma boa atuação do levantador Brasília, a UFJF marcou 25/23 e fechou a partida.

EQUIPES

VOLTA REDONDA – Everaldo, Jamelão, Ezinho, Sergio, Aureliano e Giovanni. Líbero – Daniel

Entraram – Jônatas, Leandro, Fábio e Mudo.

Técnico – Sérgio Negrão

UFJF – Brasília, Léo, Clinty, Digão, Jardel e Folle. Líbero – Juliano

Entraram – Gelinski, Pedrinho e Baroni

Técnico – Maurício Bara

A repercussão

Depois do início complicado na competição, em que perdeu para as três equipes mais fortes até o momento (Vôlei Futuro, Sada Cruzeiro e Sesi-SP), a vitória em Volta Redonda foi estratégica para o grupo. “Vivemos um momento muito difícil nos três primeiros jogos. É sempre bom jogar contra um ex-time e estou muito feliz com o troféu Viva Vôlei. Dedico essa vitória à Universidade Federal de Juiz de Fora”, comemorou Brasília. Léo Rodrigues também mostrou toda a sua felicidade pela conquista: “Muito bom ajudar a equipe nessa vitória. Era uma partida muito importante para nós, pois é um adversário direto. Foi uma partida que aumentou a nossa confiança”.

O técnico Maurício Bara comemorou a vitória sem medo do próximo jogo: “Conseguimos estudar bastante o adversário e poderíamos ter fechado por 3×0. Estamos evoluindo e essa vitória tira uma carga nossa. Agora vamos com tudo para cima do RJX. Temos que buscar pontuar, mesmo com times grandes”.

 Outros resultados da rodada

 RJX supera a Cimed/SKY (3 a 1). Sesi-SP perde para o BMG/São Bernardo. Sada Cruzeiro e Vôlei Futuro são os únicos invictos

Dois invictos caíram na quarta rodada da Superliga masculina de vôlei 11/12. Depois do Sesi-SP, foi a vez de a Cimed/SKY (SC) sofrer a primeira derrota na competição. Nesta TERÇA-FEIRA (20.12), Em Florianópolis, o RJX (RJ) venceu, de virada, o time tetracampeão, por 3 sets a 1 (23/25, 25/20, 25/21 e 25/18), em 2h02 de jogo, no ginásio Capoeirão.

Esta foi a segunda vitória consecutiva do RJX. O time dirigido por Marcos Miranda tinha conquistado o primeiro resultado positivo na última rodada ao superar o Volta Redonda (RJ), por 3 sets a 2.

“Este início de Superliga está sendo difícil. São jogos muito difíceis e fora de casa. O pouco tempo que temos estamos aproveitando os treinamentos e o time está melhorando a cada dia”, avaliou Marcos Miranda, técnico do RJX.

Com os resultados da rodada, apenas Sada Cruzeiro (MG) e Vôlei Futuro (SP) ainda não perderam na competição. O time paulista não jogou na rodada. O confronto entre Vôlei Futuro e Medley/Campinas (SP) será disputado no dia 30 de dezembro, às 21h, no ginásio Plácido Rocha, e marcará o encerramento da rodada.

O Troféu VivaVôlei para o melhor jogador da partida foi para o central Ualas, que recebeu elogios de Marcos Miranda. “Ele foi efetivo no ataque e eficiente no que mais sabe fazer, o bloqueio”, afirmou o treinador.

Contente com o primeiro Troféu VivaVôlei da temporada, Ualas festejou o crescimento da equipe. “Este começo está sendo complicado. Tivemos dificuldades contra o Sesi-SP, o BMG/Montes Claros e o Volta Redonda. Mas a evolução começou a aparecer hoje. Agora, tem que sair disso para melhor”, disse o central.

O maior pontuador da partida foi da equipe do RJX. O ponteiro Lipe marcou 21 pontos, 16 de taque, três de bloqueio e dois de saque. Pela Cimed/SKY, o oposto Rivalo marcou 16 pontos, um a mais do que o ponteiro João Paulo.

Do lado da Cimed/SKY, o ponteiro João Paulo lamentou a primeira derrota, mas já pensa à frente. “Nunca queremos perder. Mas temos que encarar cada jogo como uma final. Hoje não rendemos bem. A partir do segundo set, nosso ritmo caiu e não conseguimos colocar a cabeça no lugar e voltar para a partida. Mas perdemos para um grande time, um dos favoritos ao título. Precisamos nos ajustar e pensar que sexta-feira temos um clássico contra o Vivo/Minas. Esse é só o começo da Superliga”, destacou João Paulo.

 Próximo desafios

O RJX continuará jogando fora de casa. Na próxima rodada, na QUINTA-FEIRA (22.12), o time carioca enfrentará a UFJF (MG), a partir das 19h, no ginásio da Universidade Federal de Juiz de Fora (MG).

Já a Cimed/SKY enfrentará um dos seus históricos rivais: o Vivo/Minas (MG). O duelos dos dois times mais vitoriosos da Superliga – cada equipe tem quatro títulos – será na SEXTA-FEIRA (23.12), às 21h, no Capoeirão, em Florianópolis. O confronto terá transmissão ao vivo do canal Sportv.

 Sada Cruzeiro passa sufoco, mas segue sem perder

Invicto na Superliga masculina 11/12, o Sada Cruzeiro (MG) teve dificuldades para chegar à quarta vitória consecutiva na competição. De virada, o time mineiro superou o Londrina/Sercomtel (PR) no tie-break, com parciais de 23/25, 25/18, 23/25, 25/23 e 15/09, em 2h02 de jogo, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG).

O destaque da vitória do Sada Cruzeiro foi o oposto Wallace. Com 19 pontos, o atacante foi eleito o melhor a partida e recebeu, pela primeira vez nesta edição, o Troféu VivaVôlei. Pelo Londrina/Sercomtel, o ponteiro Bruno também marcou 19 vezes.

Na próxima QUINTA-FEIRA (22.12), o time mineiro viajará até Campinas (SP), onde enfrentará a Medley/Campinas (SP), a partir das 19h30, no ginásio Taquaral. Já o Londrina/Sercomtel receberá, no mesmo dia, às 20h, o Sesi-SP, no ginásio Moringão, em Londrina (PR).

 BMG/São Bernardo quebra a invencibilidade do Sesi-SP

Atual campeão da Superliga masculina, o Sesi-SP foi surpreendido pelo BMG/São Bernardo (SP). No ginásio do Sesi, na Vila Leopoldina, em São Paulo, o time dirigido pelo técnico Giovane Gávio foi derrotado pela equipe do técnico Rubinho por 3 sets a 1 (23/25, 25/16, 23/25 e 23/25), em 1h47 de jogo.

O maior pontuador da partida foi o oposto Wallace. Mas, nem mesmo os 29 pontos do atacante do Sesi-SP, foram suficientes para evitar a derrota. Do lado do BMG/São Bernardo, o oposto Renan prevaleceu. Com 23 pontos, o atacante foi eleito o melhor jogador da partida e ganhou o Troféu VivaVôlei.

“É assim que sabemos jogar. Hoje foi muito bom, conseguimos acertar em tudo. Deixamos de errar principalmente nos finais de set, e conseguimos ter paciência para definir os pontos”, comemorou Renan.

O técnico Rubinho, do BMG/São Bernardo, destacou o poder de reação da equipe no quarto set. “Estávamos com cinco pontos de desvantagem, mas conseguimos manter o foco e concentração para fechar o jogo. Essa vitória foi importante não só pelos três pontos, mas para valorizar tudo aquilo que o time vem trabalhando”, finalizou o treinador.

Na próxima rodada, o BMG/São Bernardo jogará no Rio de Janeiro. O time paulista viajará até Volta Redonda, onde enfrentará os donos da casa na SEXTA-FEIRA (23.12), a partir das 18h30, com transmissão ao vivo do canal Sportv.

Já o Sesi-SP buscará a recuperação fora de casa. A equipe de Murilo e cia. irá até o Paraná, onde, na QUINTA-FEIRA (22.12), jogará contra o Londrina/Sercomtel (PR), a partir das 20h, no ginásio Moringão, em Londrina.

EQUIPES

CIMED/SKY – Bruno, Rivaldo, Renato, João Paulo, Renato Felizardo e Éder. Líbero – Badá.

Entraram – Caio, Murilo e Gustavo.

Técnico – Marcos Pacheco

 

RJX – Marlon, Théo, Lipe, Dante, Lucão e Ualas. Líbero – Alan.

Entraram – Thiago Sens, Paulo Victor, Guilherme e Riad.

Técnico – Marcos Miranda

 

SUPERLIGA MASCULINA 11/12 – QUARTA RODADA DO TURNO

20.12 (TERÇA-FEIRA) – Vivo/Minas 3 x 0 BMG/Montes Claros (25/21, 25/20 e 25/19), em 1h23, na Arena Vivo, em Belo Horizonte.

MAIOR PONTUADOR – Lucarelli (Vivo/Minas), com 13 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI – Marcelinho (Vivo/Minas)

 

20.12 (TERÇA-FEIRA) – Cimed/SKY 1 x 3 RJX (25/23, 2025, 21/25 e 18/25), em 2h02 de jogo, no ginásio Capoeirão, em Florianópolis.

MAIOR PONTUADOR – Lipe (RJX), com 21 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI – Ualas (RJX)

 

30.12 (SEXTA-FEIRA) – Vôlei Futuro x Medley/Campinas, às 21h, no ginásio Plácido Rocha, em Araçatuba. SPORTV

 

20.12 (TERÇA-FEIRA) – Sada Cruzeiro 3 x 2 Londrina/Sercomtel (23/25, 25/18, 23/25, 25/23 e 15/09), em 2h02 de jogo, no ginásio do Riacho, em Contagem (MG).

MAIORES PONTUADORES – Wallace (Sada Cruzeiro) e Bruno (Londrina/Sercomtel), com 19 pontos cada

TROFÉU VIVAVÔLEI – Wallace (Sada Cruzeiro)

 

20.12 (TERÇA-FEIRA) – Sesi-SP 1 x 3 BMG/São Bernardo (23/25, 25/16, 23/25 e 23/25), em 1h47 de jogo, no ginásio Vila Leopoldina, em São Paulo (SP).

MAIOR PONTUADOR – Wallace (Sesi-SP), com 29 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI – Renan (BMG/São Bernardo)

 

20.12 (TERÇA-FEIRA) – Volta Redonda 1 x 3 UFJF (23/25, 26/26, 19/25 e 23/25), em 1h58 de jogo, no ginásio Ilha São João, em Volta Redonda (RJ).

MAIOR PONTUADOR – Léo (UFJF), com 17 pontos

TROFÉU VIVAVÔLEI – Brasília (UFJF)

 Textos e informações: site da CBV e assessoria vôlei UFJF

Foto: arquivo Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


14 dez 2017
JF Vôlei recebe Corinthians-Guarulhos pela última rodada do turno. Veja panorama completo da Superliga

13 dez 2017
Confira o ranking atualizado da Copa Prefeitura Bahamas de Futebol Amador

11 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora: resultados e galeria de fotos

09 dez 2017
Copa Zico Verão Juiz de Fora é atração no Centro de Futebol Zico. Com novidades extra-campo!

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse