07 nov 2011

Sport vence Boa Esperança com direito a gol cheio de ginga



Juiz de Fora (MG), 5 de novembro de 2011

O jogo caminhava para o apito final. O placar apontava a vitória do Sport sobre o Boa Esperança (equipe de Ibirité que manda seus jogos em Sarzedo, na Grande BH) por 1 a 0, no Estádio Procópio Teixeira. Final da manhã de sábado, 5, pela quarta rodada do hexagonal decisivo do estadual de futebol juvenil.

Depois de suportar a pressão do adversário em busca do empate, o Sport contra-ataca. A bola é lançada na direita, em velocidade. Dentro da área, o camisa 17, Thomas Marley, faz o que todo centroavante com “cheiro de gol” precisa fazer. Acompanha a jogada com atenção máxima e se posiciona na área, na “linha de tiro”. A bola da direita é defendida parcialmente pelo goleiro Vítor. Na sobra, Thomas Marley marca o segundo gol, o Sport vence por 2 a 0 e tome comemoração com muita dancinha no estádio alviverde.

Que dança foi essa, afinal, Marley? “Foi a dança do Tamborzão, em homenagem ao Jonas, pai do João, meu parceiro dentro da equipe. A família dele veio inteira de Vitória, no Espírito Santo, e eu resolvei dedicar a dança do moleque, do Tamborzão, para o seu Jonas, representando a família do João, que não fez gol hoje e por isso queria prestar a homenagem”. João, inclusive, foi o autor da jogada do primeiro gol do Sport, aos 31 minutos do primeiro tempo. Também como no segundo gol, Vítor defendeu parcialmente e Tiago Inácio emendou para a rede.

Thomas Marley contou ao blog que tem 16 anos e está há um ano no clube da Avenida Rio Branco. Destacou o seu bom aproveitamento no jogo deste sábado. Entrou aos 15 do segundo tempo, e marcou o gol que sacramentou a vitória e a recuperação da equipe na competição. “Essa vitória foi muito boa para nós”, definiu o Marley Tamborzão.

O resultado deixa o Sport com sete pontos em quatro jogos no hexagonal final – duas vitórias consecutivas, um empate e uma derrota. No final do turno, o desafio será o Atlético Mineiro, já na quarta-feira, 9, em Matozinhos.

Avaliação do treinador

Após a partida, o técnico Ronaldo Augusto ponderou sobre a importância da vitória neste sábado. Para ele, o triunfo abre novas perspectivas para o Verdão no Mineiro. Mas isso só ocorreu por que os jogadores assimilaram a proposta de jogo passada no vestiário momentos antes de a bola rolar. “Conversei muito com eles, ressaltando que era uma partida de seis pontos. Seria importante vencer para recuperar os pontos perdidos para o América em casa. O time deles é muito habilidoso e acho que foi prejudicado pelo nosso campo. Marcamos muito bem e fizemos igual time grande: tivemos duas chances e aproveitamos”, analisou.

Ele espera nova batalha diante do Galo da capital. Para o jogo, o Sport não poderá contar com dois de seus principais jogadores: o centroavante João Pedro e o zagueiro Charles Henrique receberam o terceiro cartão amarelo e estão suspensos. “Vai ter que ser na superação de novo”, enfatizou Ronaldo.

O Sport derrotou o Boa Esperança com os seguintes jogadores: Pedro Henrique; Ewald, Charles Henrique, Luiz Felipe e Vitor Albano; Daniel, Afrânio, Ricardo e Tiago Inácio (Léo); João Pedro e Vitor Coradini (Thomas).

Apuração e foto: Toque de Bola


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

14 nov 2017
Goleiro-artilheiro Edson tem domingo único e Passo da Pátria é campeão da zona rural da Copa Prefeitura Bahamas

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.