01 nov 2011

Juiz-forano Thiagus, prata no handebol do Pan: `Uma medalha muito difícil de receber´



Juiz de Fora (MG), 1° de novembro de 2011

O juiz-forano Thiagus Petrus defendeu a seleção brasileira de handebol, que conquistou medalha de prata nos Jogos Pan-Americanos, no México. Veja reportagem publicada nesta terça-feira, 1°, pela Tribuna de Minas, repórter Renato Salles:

 

Thiagus, em lance de partida da seleção brasileira nos Pan-Americanos do México

O esporte é algo que mexe com as emoções de adeptos e atletas. Muitas vezes, o que é motivo de orgulho também é razão para resignação. Sentimentos díspares se misturam em um só momento. No último dia 24, o juiz-forano Thiagus Petrus viveu exatamente isso nas quadras mexicanas. Armador esquerdo da Seleção Brasileira de handebol, o local subiu no pódio dos Jogos Pan-Americanos 2011, viu a bandeira verde e amarela ser içada e colocou a medalha de prata no peito. Honraria ao mesmo tempo doce e amarga. “Foi uma medalha muito difícil de receber. É a mais importante da minha carreira, e a mais triste. Queríamos o ouro. Mais até pela vaga nas Olimpíadas, no ano que vem (o campeão garantia vaga nos Jogos de Londres).”

 

O sentimento dúbio de Petrus talvez se justifique pela forma como a medalha foi conquistada. Nos esportes coletivos, a prata vem com a derrota no jogo mais aguardado pelos atletas: a finalíssima. É ainda pior quando o revés no confronto decisivo acontece diante da Argentina, que bateu o Brasil por 26 a 23 na final, vingando-se das derrotas de 2003 e 2007, quando o ouro pan-americano ficou com o time verde-amarelo. “Estávamos prontos para conquistar o título, que, infelizmente, não veio. Em 2007, houve uma briga na final contra a Argentina. O clima estava bastante tenso, e os árbitros tiveram que ser bastante enérgicos para manter o controle do jogo. A rivalidade é grande, o que faz com que a derrota seja mais dolorosa”, desabafa o armador.

Na semana passada, Petrus desembarcou em Juiz de Fora para visitar a família e os amigos. “A visita estava programada, já estava de passagem comprada. É muito tempo longe de casa. A família e os amigos ajudam a recuperar as energias. Após uma derrota, é um conforto a mais.” No sábado, o jogador seguiu para São Paulo, onde cumpre contrato com o Pinheiros até o fim da temporada, que será de agenda cheia. “Daqui a duas semanas estarei em Campinas para participar do JUB’s (Jogos Universitários Brasileiros), pelo Unip (Universidade Paulista). Em seguida, tem as finais da Liga Nacional, pelo Pinheiros. Já que não veio o ouro no Pan, quero buscar estes títulos e terminar bem 2011.”

O armador já traça os planos para a próxima temporada. O principal deles, integrar a Seleção Brasileira que irá tentar no ano que vem mais uma vez a vaga em Londres-2012, no Pré-Olímpico Mundial. “Se tudo der certo, quero disputar as Olimpíadas.”

Texto: Renato Salles – www.tribunademinas.com.br;

Foto: Site Tribuna/Vipcomm

Thiagus, em lance de partida da seleção brasileira nos Pan-Americanos do México

 

 


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

14 nov 2017
Goleiro-artilheiro Edson tem domingo único e Passo da Pátria é campeão da zona rural da Copa Prefeitura Bahamas

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.