15 out 2011

Vôlei da UFJF e handebol masculino e feminino estão na final do JIMI



Patos de Minas (MG), 15 de outubro de 2011

A equipe de vôlei da UFJF quebrou neste sábado, 15, em Patos de Minas, mais um tabu. Jogando pela semifinal da fase estadual dos Jogos do Interior de Minas (Jimi 2011), o time venceu pela primeira vez a equipe de Uberlândia. A vitória se deu por incontestáveis 3 sets a 0, com parciais de 25 a 17, 25 a 17 e 25 a 22. Com a vitória, Juiz de Fora se classificou para a grande final da competição, que será jogada neste domingo, 16, quando poderá acabar com um jejum de 25 anos sem título da cidade na modalidade.

Handebol nas finais

A Associação Desportiva Juiz de Fora (ADJF/Vianna Júnior, no handebol, classificou as duas equipes juiz-foranas para as finais. O time feminino venceu Sete Lagoas por 24 a 16 e enfrenta Ipatinga. O masculino conquistou a vaga com um 31 a 30 sobre Ipatinga, e encara Jequitinhonha. O basquete feminino – Projeto Basquetebol do Futuro (PBF/Olímpico) – perdeu para Uberaba por 52 a 34 e vai disputar o terceiro lugar contra Sabará.

Futsal (Sirius) e basquete masculino (Vianna Jr.) não chegaram às semifinais

Nas outras modalidades com participação juiz-forana, o atletismo, que conquistara nove medalhas na sexta, faturou mais seis neste sábado, sendo cinco com a equipe do projeto Visão no Esporte e uma medalha de bronze com o atual líder do ranking de corridas de rua, Jocemar Fernandes. A natação garantiu 12 medalhas. O judô, cinco. O taekwondo, três. A ginástica de trampolim (Recrear/Clube Bom Pastor) de Juiz de Fora ficou em segundo lugar por equipe.

Vôlei

De acordo com o técnico Maurício Bara, tão importante quanto a passagem para a final foi a confiança conquistada pela equipe ao derrotar Uberlândia. Em agosto, a UFJF perdeu para o mesmo time, em Juiz de Fora, por 3×2, na fase classificatória da Liga Nacional. Bara credencia a vitória à dobradinha saque/ataque executada com competência pela equipe. “Sacamos muito bem, limitando as ações de Uberlândia. O saque/ataque funcionou com perfeição”, analisou.

Neste domingo, a UFJF – que representa Juiz de Fora no JIMI – enfrenta Buritizeiro, que venceu a equipe de Três Corações na outra semifinal por 3 sets a 1. A final está marcada para 10h30. Desde 1986, a cidade não vence a modalidade. “Temos que partir para cima desde o início”, antecipou Maurício Bara. É desta fase que saem os representantes de Minas nos Jogos Abertos Brasileiros. A partir de dezembro, a UFJF estréia na elite do vôlei nacional, disputando a Superliga de Vôlei.

Texto e informações: assessoria vôlei UFJF e Professor Jarbas Duque, da Secretaria de Esporte e Lazer da PJF


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


22 nov 2017
Basquete dos Intercolegiais: conheça todos os atletas campeões e veja as avaliações dos professores

22 nov 2017
JF Vôlei receita “foco e determinação” para buscar reação contra dois adversários diretos na pontuação

20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.