23 out 2011

Tupi enfrenta o Anapolina em Juiz de Fora na quarta-feira



Juiz de Fora (MG), 24 de outubro de 2011

O Tupi vai enfrentar o Anapolina na quarta-feira, 26, 20h30, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, pelas quartas-de-final da Série D. O adversário foi conhecido na tarde deste domingo, quando o Anapolina perdeu por 2 a 1 para o Villa Nova, em Nova Lima, mas se classificou pelo gol marcado como visitante – a partida em Goiás foi vencida por 1 a 0 pelo Anapolina.

Quem se sair melhor nos dois confrontos entre Tupi e Anapolina estará classificado para a Série C de 2012. O jogo de volta está marcado para domingo, 30.

Na primeira fase, as duas equipes já se enfrentaram em ida e volta. No turno, o Tupi em casa venceu por 3 a 1. Já no campo do adversário deu Anapolina 2 a 1. Se os dois resultados se repetirem, dá Tupi, pelo saldo de gols.

  Clique aqui para lembrar como foi Tupi x Anapolina no turno da primeira fase.

Clique aqui para lembrar como foi Anapolina x Tupi no returno da primeira fase.

 

Ingressos à venda

Já estão à venda os ingressos para a partida Tupi x Anapolina (GO), pelas quartas-de-final da Série D do Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira (26/outubro), às 20h30, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio. Além dos pontos tradicionais (Santa Terezinha, sede social do Clube – Rua Calil Ahouagi, 332 – e Calçadão da Rua Halfeld) os bilhetes estão disponíveis em seis lojas da rede de supermercado Bahamas, nos bairros Benfica (Rua Martins Barbosa, 738), Centro (Rua Marechal Floriano Peixoto, 270 – esquina com Avenida Getúlio Vargas), Jóquei Clube (Rua Antonio Weitzel, 669), Manoel Honório (Avenida Rio Branco, 700), Santa Luzia (Rua Ibitiguaia, 551) e São Pedro (Rua José Lourenço, 710).

Os ingressos custam R$ 10 e R$ 5 (para estudantes com a devida carteirinha 2011, maiores de 60 anos e menores de até 12 anos) e podem ser adquiridos No dia e no local do jogo serão disponibilizados, na entrada principal do Estádio, uma bilheteria e uma roleta exclusivas para os idosos. Menores de 14 anos precisam estar acompanhados de pais ou responsáveis e portar documentos.

Treino noturno não teve Allan e Denilson

O Tupi realizou nesta segunda-feira, 24, um treinamento noturno (o primeiro desta temporada neste horário) visando o jogo de quarta-feira (26/outubro), contra o Anapolina (GO) – primeira partida do confronto que pode dar ao Galo a tão sonhada vaga na Série C, em 2012. Na atividade, o técnico Ricardo Drubscky só não pode contar com o volante Denilson (com uma virose) e o atacante Allan (ainda se recuperando da amigdalite sofrida no final da semana passada). Por conta dessas duas pendências, ele não definiu a equipe que pega os goianos.

Na preleção antes do treino, o comandante Carijó pediu aos atletas que tenham em mente a classificação épica, contra o Volta Redonda (RJ) – quando o Galo perdia de 2 a 1, precisava de três gols em pouco mais de 30 minutos e conseguiu. “Foi uma grande vitória dentro das nossas características adquiridas nos treinamentos. Contra o Anapolina é uma decisão, em dois tempos de 90 minutos, mas nem por isso vamos sair do nosso estilo de jogo”, disse Drubscky.

Nesta terça-feira, 25, mais um treino, recreativo, às 10h, em Santa Terezinha, antes da concentração no Hotel Ritz.

Arbitragem

A CBF publicou, em seu portal, o trio de arbitragem para Tupi x Anapolina.

Árbitro: CLEBER WELINGTON ABADE.

Auxiliares: LILIAN DA SILVA FERNANDES BRUNO e ANDREA I M MARCELINO DE SÁ.

Quarto Árbitro: EMERSON DE ALMEIDA FERREIRA

Gols no primeiro tempo

Precisando vencer para reverter o placar adverso da primeira partida, o Villa Nova começou o jogo pressionando e o primeiro gol não demorou a sair. Aos quatro minutos, o meia Léo Salino pegou a bola no meio-campo, foi para a linha de fundo e cruzou para área. O atacante Luizinho apareceu entre os zagueiro do Anapolina e cabeceou para abrir o placar em Nova Lima.

O time de Anápolis, apesar de estar jogando fora de casa, não se abateu com o gol sofrido e saiu para o jogo. Aos dez minutos, após cobrança de falta de Valdanes, o meia Jacó subiu para cabecear e deixar o placar tudo igual e eliminando qualquer possibilidade de o jogo ir para disputa de pênaltis.

Apesar do jogo equilibrado, o Anapolina teve um boa chance de virar a partida aos 31 minutos. Valdanes desceu pela esquerda, entrou na área, dividiu com a zaga e a bola sobrou para Jadilson que bateu forte, por sobre o gol do Villa.

O Villa Nova, sabendo que precisava de gols para avançar na série D, foi para cima e chegou ao segundo gol aos 40 minutos. Robson desceu pela esquerda, sem marcação, cruzou na área e Luizinho, livre de marcação, só escorou para fazer o segundo dele no jogo.

 Anapolina avança…

Os times voltaram sem modificações para a segunda etapa, porém o Villa Nova retornou com uma postura mais ofensiva e correndo atrás do prejuízo. Logo aos dois minutos, o lateral Alex roubou a bola de Potita, entrou na área e bateu. O goleiro Edinho fez grande defesa, evitando o terceiro gol do time mineiro.

O Anapolina respondeu aos 11 minutos. Após bola cruzada da esquerda, o atacante Nona apreceu livre de marcação para cabecear. A bola foi por cima do gol, para alívio do goleiro Fred.

Na sequência o jogo seguiu equilibrado, com os dois times tendo chances de marcar, sempre em lances de bolas paradas, mas o placar não foi alterado e o Anapolina comemora a vaga nas quartas-de-final da Série D. Agora o time goiano vai a Juiz de Fora (MG) enfrentar o Tupi, na próxima quarta-feira, às 20h30.

 Texto da partida: www.futebolinterior.com.br


Voltar

Deixe uma resposta

Notícias


20 nov 2017
Com títulos e recordes, CRIA-UFJF brilha nos Jogos Escolares da Juventude

17 nov 2017
Rodrigo Rezende é 27º lugar no Mundial de Ginástica de Trampolim na Bulgária

16 nov 2017
Saiu a tabela! Tupi encara Cruzeiro e América fora de casa logo no início do Campeonato Mineiro

16 nov 2017
Intercolegiais: professor Tidinho comemora brilho do Jesuítas no vôlei. Veja fotos e nomes de todos campeões

+ notícias

Toque de Bola

O primeiro portal exclusivo de esportes de Juiz de Fora cresceu rápido! Lançado oficialmente em janeiro de 2011, o Toque de Bola conquistou milhares de seguidores também nas redes sociais. Estamos no Instagram, no face, no Twitter. Informação dinâmica, com credibilidade e agilidade.


Acesse

error: Conteúdo protegido.